Ó Malhão, Malhão

| Partilhar
Isto de blogar tem um ambiente concorrencial tremendo,uma vez que ganha na posta quem mais cedo se lembra de largar a piada. Ou isso ou inventa outra. O Pedro Vieira já se adiantou a ilustrar o ministro na ideia que me veio logo à cabeça. Mas deturpo e dou a volta ao sentido literal, ignorando a restante epístola de Santos Silva aos camaradas. Até porque não há nada mais fácil que malhar nos políticos - estranhamente quase e desde sempre os mesmos.

Pois é, sr. ministro, no previsível ciclo da política alterna, é assim: malha-se na Oposição para definir os abdominais da retórica, mas no poiso do poder cresce a barriga com a inoperância. Se entrasse então pelo precedente inaugurado pela terminologia, corrido o dicionário popular com os seus sinónimos, posso imaginar na letra f, o que fica reservado aos portugueses.

0 Comentários

Enviar um comentário

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores