Cronistas

| Partilhar
Bruno Gonçalves (Avenida Objectiva) é natural de Braga. Estudante de Arquitectura, colabora no Avenida Central pela objectiva da sua máquina fotográfica.

Bruno Simões (Avenida Local), natural e residente em Vila Nova de Famalicão, exprimiu desde cedo vontade de trabalhar com (e as) letras. No seu percurso escolar sempre se destacou em História, Português e Inglês. Na Universidade do Minho pôde dar forma ao sonho jornalístico no jornal ComUM, propriedade exclusiva dos alunos do curso de Ciências da Comunicação. É divertido, simpático e empreendedor. E muito pouco pontual.

Cláudia Rocha Gonçalves (Entre Avenidas) nasceu, viveu e cresceu na cidade de Barcelos. Aos dezanove anos muda-se para o Porto para estudar Arquitectura. Dez anos passados e muitas casas e cidades depois, muda-se definitivamente para Braga, onde trabalha, vive, descansa, passeia, discute, observa e fotografa. Às vezes também escreve um crónica neste blogue.

Dario Silva (Passageiros da Avenida) é natural de Braga e um amante dos comboios. Escreve regularmente no Avenida Central.

Eduardo Jorge Madureira (Na Esquina da Avenida) é professor de Português e director do projecto Público na Escola. É promotor de várias iniciativas ligadas à educação e à cultura.

Francisco Sande Lemos (Avenidas do Passado) é o mais respeitado arqueólogo bracarense e um dos mais notáveis historiadores portugueses. Autor de inúmeras obras sobre História e Arqueologia, é um dos principais rostos do Programa de Salvação da Bracara Augusta, participando de forma verdadeiramente cidadã em todos os grandes debates sobre a protecção do património bracarense.

Gonçalo Cruz (Avenida Monumental) nasceu em 19 de Outubro de 1982 em Pinhel. Frequentou o curso de Arqueologia da Universidade do Minho, em Braga, onde vive desde 2000. Trabalha, como arqueólogo, na Sociedade Martins Sarmento, em Guimarães, e é membro da Assembleia Municipal de Pinhel desde 2005.

João Marques (Avenida Liberal) nasceu em Braga. É licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, tendo efectuado um estágio no Parlamento Europeu. Actualmente é advogado estagiário e Vice-Presidente da Secção Concelhia de Braga da Juventude Social Democrata (JSD).

João Martinho (Avenida Ideal) nasceu em Braga a 26 de Março de 1985. Licenciou-se em Sociologia pela Universidade do Minho. É sócio do Sporting Clube de Braga. Não tem qualquer filiação partidária.

Jorge Miguel Corais (Futura Avenida) é natural do Porto, mas sempre residiu em Braga. Licenciado em Economia, fez uma Pós-Graduação em Finanças e frequentou o Mestrado em Finanças (terminando a parte escolar) na Universidade Católica do Porto. Foi dirigente associativo e Presidente da Comissão Política da JS/Braga de 2005 a 2007. Actualmente é candidato a Vereador pelo PS, em 7º lugar, à Câmara Municipal de Braga. Profissionalmente trabalha numa instituição bancária desde 2003, tendo sido até 2007 Gestor de Empresas na zona do Minho e actualmente trabalha no Porto integrado numa área da Direcção de Empresas Norte. Anteriormente trabalhou em Auditoria numas das Big Five em Consultoria, no escritório do Porto.

Luís Carvalho Soares (Quinta Avenida), nascido em 8 de Julho de 1983, licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Advogado-Estagiário, exerce actualmente as funções de Director Executivo, da Cooperativa Municipal de Guimarães, Taipas Turitermas C.I.P.R.L, na Vila de Caldas das Taipas, de onde é natural. É autor do blogue causascomuns.blogspot, na blogosfera desde Junho de 2007, mas inactivo desde Março de 2009. Através desse blogue participou na Trio de bloguers, programa quinzenal da Rádio Clube do Minho.

Luís Tarroso Gomes (Projectar Avenidas) nasceu em Braga em Abril de 1977. Além de Braga, viveu alguns meses no Porto e em Madrid. É licenciado em Direito pela Escola de Direito da Universidade do Minho e exerce advocacia desde 2001 na cidade de Braga. É membro fundador e dirigente do ProjectoBragaTempo, movimento informal surgido em 2001 com o objectivo de discutir a qualidade de vida e a evolução da cidade de Braga. É também membro fundador da Velha-a-Branca - estaleiro cultural, cooperativa cultural bracarense independente e sem fins lucrativos que abriu portas em Outubro de 2004. Além de gostar de viajar e, em particular, de conhecer cidades, interessa-se por áreas muito distintas, entre elas história, urbanismo, planeamento urbano, transportes, fotografia antiga e edição em vídeo, actividades para as quais gostava de ter mais tempo.

Pedro Romano (Avenida Marginal).
"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores