Um Caso de Estudo

| Partilhar
«But, beyond that, it’s hard to find a pattern to explain this success. Unless you turn to the one constant at the club: António Salvador, their wheeler-dealer president. [...] Yet the Braga case suggests that money and coaches — two supposedly indispensable building blocks — may not be as crucial to success as we may think. Equally, the importance of strong leadership at club level and a clear long-term blueprint, independent of who is actually coaching the club, too often gets underappreciated.» [Gabriele Marcotti, no Times]

6 comentários:

  1. convém não esquecer a aliança estratégica, proveitosa para ambos, com o FC Porto. entretanto preparai-vos para o vosso "apito" porque não é impunemente que se atrevem a interferir na disputa dos lugares na chanpions podendo desse modo causar a falência do benfica. nesse dia, finalmente, vcs perceberão alguma coisa de política... perdão,...futebol

    ResponderEliminar
  2. Quando o reconhecimento interno escasseia...

    ResponderEliminar
  3. No SCBraga encontra-se uma mesma forma de gerência interna, como a do FCPorto, á peças que não vão embora, pode-se mudar tudo mas essas peças ficam! É denominado por alguns como sendo a "ala dura" ou o "tribunal", que tem em comum um projecto a longo prazo, que nunca muda de rota, para alem disso e como é claro, o que essas pessoas dizem, escreve-se, evitando escândalos e polémicas, e afastando por inércia mau estar dentro do clube.

    ResponderEliminar
  4. Vitória de Setúbal
    Estrela da Amadora
    Sporting Clube de Portugal

    Que amiguinhos do FCP que são... Vejam o que lhes aconteceu.

    Quando o Salvador puxar o tapete... vão dizer dele o que não disseram do Jesus.

    ResponderEliminar
  5. Parece que quem escreveu esse artigo descobriu a pólvora. Ao fazer o racíocinio inverso, temos o exemplo do Real Madrid, do Benfica e Liverpool, PSG, Bayern(Chelsea nos últimos anos)que investem milhões e os resultados não são os desejados. Caso provado há alguns anos. Quem escreveu esse artigo ignora completamente o trabalho de outras pessoas. O Braga tem um senhor chamado Carlos Freitas que orienta todo o futebol do clube. Como o Salvador há muitos, creio também ter sido esse sr. que cometeu a proeza de dispensar o Jesualdo, enfim.

    É mais uma face da liderança camarária, gerente ou Presidente da Britalar, cujos negócios têm sido amplamente satisfeitos e incrementados desde a chegada à presidência do enorme.

    É bom o Sporting Clube de Braga ser falado no estrageiro e ter reconhecimento. Caso de estudo são certas negociatas de cargos.

    João Rodrigues

    ResponderEliminar
  6. E continuam os comentários ressabiados daqueles que tem saudades de um passado não muito longínquo em que se vendiam (ofereciam) jogadores ao Benfica por truta e meia, recebendo em troca Mawetes e outros que tais, se jogava para não descer de divisão e se tinham salários em atraso. Que há muita gente em Brga que deseja a degraça do maior clube da cidade já se sabe desde há muito tempo, basta ver as assitências do AXA com a equipa no primeiro lugar, que curiosamente desceram. Agora tentar desvalorizar o trabalho de António Salvador e querer atribuir os méritos do crescimento do clube a uma aliança estratégica como FC Porto só por má fé.
    E já agora, não está o mundo cheio de exemplos das mais variadas alianças para se atingir um determinado fim? Aliados Vs Alemanha nazi; PSD+CDS+BE+PCP vs Sócrates; Benfica+Guimarães vs Porto; Portugal+Inglaterra vs Napoleão...
    Deixem o Braga em paz. O vosso incómodo, traduzido em comentários depreciativos a tudo que é notícia sobre o Braga, já tresanda

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores