EuroIdiotas

| Partilhar
Descontente com a opinião de José Saramago sobre a Bíblia, Mário David, um eurodeputado eleito pelo PSD, sugeriu ao escritor que renunciasse à nacionalidade portuguesa. Fica mais uma vez demonstrado que nem os eurodeputados estão imunes à idiotice. Antes pelo contrário.

A ler: Saramago e o taliban, por Rui Bebiano.

Adenda: Para memória futura, registe-se que há um eurodeputado português que entende que «se a outorga do Prémio Nobel o deslumbrou, não lhe confere a autoridade para vilipendiar povos e confissões religiosas, valores que certamente desconhece mas que definem as pessoas de bom carácter.» No fundo, para além de sugerir a expulsão de Saramago, o que Mário David diz é que as pessoas de bom carácter são aquelas que partilham os seus valores. Que grande vergonha a minha por estarmos tão mal representados no Parlamento Europeu.

38 comentários:

  1. Caro Pedro,
    Conhece todas as declarações do Saramago a respeito de Portugal e dos portugueses? Sabe que ele defende Portugal como uma província da Espanha?
    Depois dos dislates que o indivíduo profere, uns atrás dos outros, sobre tudo e sobre todos, cravado de presunção, chama "idiota" a quem lhe pede para desaparecer do país?
    Eu não peço... apesar da crise, pago-lhe a viagem. Sejamos razoáveis... o tipo por mais que se esforce não acerta uma!
    Hum! Acha que o Saramago respeita alguém? Há post's que ficavam tão bem nas cabecinhas dos posteiros...
    António Sousa

    ResponderEliminar
  2. Caro António Sousa,

    Já ouviu falar em liberdade de expressão? A solução é essa sempre que discordamos de alguém?

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  4. Faço tudo… por uma boa "gamela"… faço qualquer coisa!

    ResponderEliminar
  5. Se esse tipo "Saramago" não gosta de Portugal, que fique de vez pela Ilha.

    ResponderEliminar
  6. Bem isto está a ficar perigoso e pelo que leio aqui os idiotas não estou só no grupo parlamentar do PSD. Sugiro aos comentadores anteriores que escrevam lista de gente que gostavam de ver renunciar à nacionalidade. Imagino que seja extensa. Haja bom senso.

    ResponderEliminar
  7. Se este país fosse um país sério como noutros tempos, Saramago seria julgado por injúrias à Santa Mãe Igreja, fundadora do nosso país.

    Se este país fosse um país respeitador como noutros tempos, Saramago seria expulso por violentar a religião dos portugueses.

    Se este país fosse português como noutros tempos, Saramgo seria rejeitado por ofender o traço essencial da portugalidade que é o catolicismo.

    Se este país fosse nosso como noutros tempos, Saramago faríamos justiça pelas próprias mãos e ninguém compraria esse livro macabro.

    ResponderEliminar
  8. Um do tipo de pessoas que eu gostava de ver excluídas dos comentários são os anónimos.

    ResponderEliminar
  9. Se bem me recordo, o Saramago não é favorável à transformação de Portugal numa província de Espanha. Ele defende sim a Ibéria como nação única na Península. E isso é algo diferente.
    André

    ResponderEliminar
  10. Esta ideia de excluir o cidadão escritor do nosso convívio não agrada mesmo nada.
    Sei que ele não é um "Grande português" - mas grandezas dessas ficam para o António de Santa Comba - nem é bom ser assim tão grande...
    Mas apesar de tudo há uma evolução das mentalidades: já não se fala em auto-de-fé, homem e livros para a fogueira.
    Ao jovem eurodeputado do PSD recomendaria a leitura de autores do Iluminismo, como, por exempo, Voltaire.

    ResponderEliminar
  11. Cada um tem a sua opinião... Quem somos nós para julgar o que os outros pensam.

    ResponderEliminar
  12. Se ele é português não parece, muito sinceramente já o ouvi dizer tanta barbaridade sobre Portugal (muito provavélmente porque não conhece o país, porque não vive cá e nem sabe o que por cá se passa) que tanto me dá que seja portugês ou espanhol.
    Se ele tem o direito de dizer o que disse sobre a bíblia, porque não há-de ter o direito o Eurodeputado de dizer o que disse?
    A Liberdade de expressãonão é igual para todos Pedro? Pelo que percebo do post o Saramago tem mais que o Eurodeputado...
    Em que se baseou Saramago para falar da Biblia como um manual de maus costumes, se ele conseguir explicar isso a alguém decentemente,tudo bem... mas dúvido que o consiga!
    Para mim o único objectivo dele foi mesmo propaganda porque já sabia que a igreja não ia gostar das declarações... e assim passa-se uma semana a falar do livro! Publicidade gratuita!

    ResponderEliminar
  13. Eu não gosto do que o Cardeal Patriarca diz sobre as mulheres que abortam. Posso pedir para o expulsarem do país?

    ResponderEliminar
  14. O político que trate de defender os interesses de Portugal (e não os seus) na Eurolândia que já tem muito com que se entreter.

    ResponderEliminar
  15. "Se este país fosse nosso como noutros tempos, Saramago faríamos justiça pelas próprias mãos e ninguém compraria esse livro macabro."

    Guilherme, esse seu deus é tão vingativo… veja lá se ele não vem cá abaixo fazer justiça pelas próprias mãos. Isso vem na Bíblia, é?

    ResponderEliminar
  16. O Sr. Saramago é comunista daqueles a valer.. sp o assumiu. Por isso estas declarações, apesar de mostrarem o maior desrespeito por milhões de católicaos de todo o mundo que têm vivido ao longo de 20 séculos (devem ser todos uns totós e uns idiotas pois a bíblia afinal é um engodo, segundo o iluminado do Sr. Saramago) não deviam surpreender ninguém! Porquê tanto escândalo?
    Deixem o Sr. Nobel vender os seus livritos e q seja feliz à sua maneira.
    A missão da Igreja e o caminho de felicidade q nós os cristãos somos chamados a viver e a espalhar pelo mundo, exigem q respeitemos a sua pessoa, ainda q nos ataque ferozmente.
    Se perdoares àqueles que são teus amigos, que recompensa mereces?

    ResponderEliminar
  17. Quem foi que disse que a liberdade de expressão é boa para sabermos onde andam os idiotas????

    RD

    ResponderEliminar
  18. Bruno Almeida,

    Tem toda a razão. O Saramago é um desses infelizes que não consegue acreditar n'A Palavra de Deus transcrita na Bíblia pelos Profetas dos tempos. Ofender a Bíblia é ofender a Fé Cristã, regeneradora dos homens e salvadora do mundo.

    ResponderEliminar
  19. Uma pessoa não pode dizer que a Bíblia é idiota??? Sim, eu acho a Biblía estúpida, idiota e desprovida de qualquer realismo. E o pior é o que fazem em nome do que está escrito na Bíblia...

    ResponderEliminar
  20. "ofender a Fé Cristã, regeneradora dos homens e salvadora do mundo."

    Oh Guilherme, só é pena que a maioria do mundo não se reja pelos seus livros, como o Obama, o Preto infiel e sarraceno… vão arder todos no fogo dos infernos esses infiéis, esses idólatras.

    Como diz ali o Manuel, o pior é mesmo o que fizeram (a festa continua) em nome dos livros sagrados.

    ResponderEliminar
  21. Tenha cuidado, Manuel !
    Anda por aqui muito boa gente que ainda vai aconselhar a sua excomunhão.

    ResponderEliminar
  22. eu acho que o QI médio dos portugueses é muito baixo. este texto é a criticar um eurodeputado que se comporta como um taxista e aparecem logo uns quantos a pedir a excomunhão do saramago. vocês podem ser da religião que quiserem mas não nos obriguem a gostar dos mesmos livros que vocês.

    ResponderEliminar
  23. Luís Lopes,

    Alguma coisa contra os taxistas?

    ResponderEliminar
  24. Nada contra. Este tipo de mentalidade é demasiado pequenina para ser defendida por um deputado.

    ResponderEliminar
  25. "Depois vi um grande trono branco e aquele que nele estava assentado... Vi também os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono, e... os mortos foram julgados de acordo com o que tinham feito, segundo o que estava registrado nos livros". (Apocalipse 20:11, 12)

    Dario, Você goza muito mas a Verdade não cederá um milímetro às suas investidas ateistas.
    Caso não saiba, Obama é Cristão e há-de ser Católico se Deus Nosso Senhor quiser. E nesse dia arrepender-se-á das leis da morte que aprovou.

    Manuel, Deus tudo perdoa mas não é certamente insensível às suas ofensas.

    Luís, Baixo QI tem você para escrever essas atrocidades com erros de português ainda por cima.

    ResponderEliminar
  26. Se os "religiosos" que aqui tão bem falam se comportassem como Cristo, ao levar de um lado da face davam o outro lado da face também. Isso quereria dizer muito...

    ResponderEliminar
  27. Oh Guilherme,

    O senhor anda com alucinações? Deixe-me fora do seu barco, ok?

    ResponderEliminar
  28. O velhote está caquéctico...
    Ele nunca foi muito bom daquela "cabecinha" e a única coisa que impulsionou a sua carreira foi a sua cor... isto porque escritores como ele TEMOS MUITOS... MELHORES QUE ELE, OUTROS TANTOS só não têm metade da sua popularidade...

    ResponderEliminar
  29. O projecto de padre com gamela em Bruxelas (vice-presidente), podia era levar para lá o Shôr guilherme (outro projecto falhado)e sentavam-se os dois no trono branco até lhes passar os efeitos dos medicamentos... é que os dois acabam com os stocks de fármacos (e logo os bons, os que dão moca) e depois não ficam nenhuns para o saramago nobel.

    ResponderEliminar
  30. Meu Deus!O mundo anda louco e extremista.

    Novos desenvolvimentos:

    http://livros.sapo.pt/noticias/artigo/10446.html

    De referir que para além do que está escrito no artigo, Saramago acrescentou que é evidente que a bíblia não tem somente coisas más.

    Cada um tem direito a pensar da sua maneira.
    Se Portugal tivesse nas diversas áreas a genialidade do Saramago, era certamente um país de topo...
    João Rodrigues

    ResponderEliminar
  31. "Depois vi um grande trono branco e aquele que nele estava assentado... Vi também os mortos, grandes e pequenos, em pé diante do trono, e... os mortos foram julgados de acordo com o que tinham feito, segundo o que estava registrado nos livros". (Apocalipse 20:11, 12)

    Sim..eu também costumo vê-lo...senta-se num trono revestido a ouro, usa cachuchos nos dedos de milhões, usa aquelas vestes feitas pelo Armani, e Sapatos de marca a condizer e é eleito por fumo branco! Nas horas vagas reza pelos pobres, não os alimenta, mas reza, que é uma accão muito especial para quem passa fome! Ah, e também vive naquele espaço lá em Roma, que por acaso até é independente para o que lhe convém. nomeadamente para guardar e lavar o dinheiro dos crentes!! Isto vindo de uma religião que foi fundada na pobreza, só dá moral para falar bem deles! Os católico baseiam a fé no medo.. felizmente as pessoas, aos poucos, começam a libertar-se dos medos! Por isso é que as igrejas estão cada vez mais vazias e ninguém vos dá ouvidos!!
    Por fim, SIM, concordo com o Saramago! Podem-lhe chamar o que quiser, mas não deixa de ter razão no que diz!

    ResponderEliminar
  32. Este Saramago é castiço,é da malta,é camarada. Como só "vê" de um olho só consegue ver as religiões e "pensar" sobre elas.Seria interessante que ,também pensasse, se a doutrina por que se guia e que foi a de Marx,Lenine ,Estaline,etc.,não foi e é tão cruel e redutora da vontade e do pensamento dos povos.Sobre isto nunca opinou,não sabe nada,é cego.Como seria bom que o fizesse mas, moita caneco

    ResponderEliminar
  33. idiota (igreja incluida) é quem dá importância ao saramago. o homem tá velho, tá com medo de morrer, anda zangado com Deus, com o mundo e com a humanidade. mas já agora, se o saramago diz o que lhe apetece, porque raio o dePUTAdo não pode dizer o que lhe dá na corneta? ou a liberdade de expressão só se aplica a estalinistas laureados com prémios nobel?

    ResponderEliminar
  34. e já agora, a Bíblia dos cristãos, e não apenas dos católicos, que são os gajos que obedecem a um tipo que usa saias e mora em Roma divide-se em duas partes fundamentais: o velho testamento e o novo testamento. o velho, basicamente os livros sagrados judaicos, revela-nos um Deus tirânico, possessivo e até vingativo. estes livros foram escritos por homens e reflectem a humanidade e o seu tempo. são livros que superam os primórdios da civilização clássica, do neolítico, das cidades estado teocráticas, baseadas na submissão da maioria a uma elite de sacerdotes e militares, mas que ainda bebem muito nesses tempos em que a civilização era um magma em ebulição formativa. a segunda parte,o novo testamento, composta essencialmente pelos envangelhos, é diametralmente oposta. é uma mensagem de humanidade, tolerância, respeito pela diferença, defesa da vida e, acima de tudo, da paz, da não violência, é a mensagem de Cristo que redime os homens e, primordialmente, também Deus. mesmo eu, que não sou do tipo religioso, considero esta - a vida de Cristo - uma das mensagens mais notáveis que a humanidade conseguiu produzir. temos tido outras, como por exemplo Ghandi ou Mandela.

    ResponderEliminar
  35. e não esqueçam: saramago, no seu efémero (é sempre) exercício de poder (direcção do DN nos idos do PREC) saneou e impôs a censura. é um pândego :->

    ResponderEliminar
  36. "QUE DEUS PERDOE OS GAYS
    "Viado é tudo afeminado.
    Viado merece porrada.
    Viado merece morrer.
    Se eu tivesse um viado na minha família, dava uma surra nele.
    Puta e viado é tudo a mesmo merda.
    Prefiro ver um filho morto que um filho viado."

    Não se assustem… apenas citei um teocrata que me tem tentado converter à sua doentia defesa da "fé".

    ResponderEliminar
  37. Viram o título do livro destacado na apresentação?

    CAÍN (espanhol) e não CAÍM!!!

    ResponderEliminar
  38. Comentários desses a um livro com centenas de anos?!?!?!? ....Um Livro da Idade Média!

    Ainda não tem o sentido de analise necessário com esta idade?

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores