Não Reeleição do Presidente?

| Partilhar
"É um programa para as eleições de 27 de Setembro, mas é um programa que eu acho programa que me parece pensado para a hipótese possível, plausível, de sair um Governo minoritário e de haver novas eleições dois anos depois", sublinhou. [i]

Se a eleição de um governo minoritário é perfeitamente plausível, o que é notável nesta previsão do Marcelo Rebelo de Sousa é que, efectivamente, prevê que vai haver uma razão forte para o governo cair daqui a dois anos. Uma razão que não terá a ver com a má governação, pois revela plena fé em que o PSD vai ganhar estas eleições e as que imagina que vão decorrer daqui a dois anos. Então só há uma hipótese: a previsão de que Cavaco não vai ser reeleito. Se isso é possível, a previsão é ainda mais corajosa: o novo presidente vai forçar eleições antecipadas, derrubando um bom governo.

Estou estupefacto. A esta distância, chamar a este cenário rebuscadíssimo uma hipótese plausível?

2 comentários:

  1. A explicação mais simples e plausível é que MRS fez mais uma previsão daquelas que não tem pés nem cabeça.

    ResponderEliminar
  2. Será que finalmente iremos ter a formula mais liberal depois do 25 de Abril, num momento de fracasso internacional do modelo que conduziu à presente crise mundial?
    Isto é "Um Parlamento, um Governo , um Presidente"?
    Já não digo nada...
    Desde que vi um porco a andar de bicicleta...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores