Lei das Relações Sexuais Fortuitas?

| Partilhar
Confesso que, estando fora do país, ainda não consegui perceber se este texto do Pedro Lomba se baseia em factos reais ou se se trata de pura ficção. Legislar sobre relações sexuais fortuitas é um devaneio verdadeiramente inacreditável. Por este andar, ainda veremos o legislador, certamente preocupado com o conteúdo das relações sexuais fortuitas, editar o livro de instruções das ditas relações fortuitas. Como diz o outro, valha-nos Santo Bentinho da Loja Aberta!

Adenda - O texto do Pedro Lomba é uma sátira.

5 comentários:

  1. Caros Leitores deste Blog,

    Depois de ler o que Li, deparo-me com uma estupefacção pelo que é discutido e legislado na assembleia de Portugal e aquilo que devia ser não o é feito, por falta de vontade politica ou por simplesmente não o saberem.
    Como é possível perdemos tempo em legislar actos que pertencem em risco e vontade ás pessoas envolvidas. Deixemos de nos meter na consciente das pessoas, impondo regras e deveres a Pessoas que não conhecem os "seus próprios limites", o risco esta inerente ao seu exercício de loucura, por isso é assumido por essas pessoas, que não reclamam dos seus próprios actos.

    ResponderEliminar
  2. A melhor parte do texto é: "novo regime das escapadelas ao almoço"... Já estou como o Pedro Morgado, será uma brincadeira para rir ou para chorar?? Nunca se sabe!!
    Já agora, por onde anda o Pedro? Veja se no local onde está também existe uma lei destas! LOL

    Cumprimentos,

    Ana

    ResponderEliminar
  3. É claro que ele está a gozar - e bem - com a lei das uniões de facto, onde o legislador, mal, está a interferir na vida de quem escolheu não casar, nem buscar nenhum reconhecimento legal, apesar do legislador o impor.

    Os únicos que se podem queixar da falta de direitos e deveres das uniões de facto são os casais homossexuais, a quem o casamento está vedado. Mas esse problema não se resolve mexendo nas uniões de facto, mas sim no casamento.

    ResponderEliminar
  4. O alarme que esta sátira provocou é um bom indicador da falta de humor de certos progressistas.
    O Victor Pimenta devia tentar perceber como se escreve sem inteligência sem precisar de insultar. Interessante criada entre este post e um outro anterior. Sendo que o interessante é não perceber qualquer ligação entre eles.
    Fantástico, ainda, é ler os comentários que gerou. Há muita gente que deve andar envergonhada. Já houve um que era mais rápido que a própria sombra, agora há muitos que são mais rápidos que o raciocínio.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores