Europeias no Reino Unido: actualização

| Partilhar
01h05m. Desde o final da primeira guerra mundial que o Labour não tinha um resultado tão dramático. Amanhã, devem-se conhecer os resultados oficiais e compreender quais as repercussões destas eleições.

00h43m.
Previsão BBC: Conservadores com 25 deputados, Independentes e Trabalhistas com 13, Liberais Democratas com 11, Verdes, BNP e SNP com dois cada.

23h55m.
A hipótese do Labour ficar em quarto lugar, com 16% é cada vez maior. O spin de que estas eleições são atípicas e que não se pode imputar responsabilidades políticas ao governo, já começou.

23h39m.
Confirma-se a eleição de um deputado para o BNP. Em Wales os Tories vencem. Desde 1918 que o Labour não perdia nesta localidade.

23h13m.
O BNP parece estar a caminho de eleger o líder e existe a possibilidade da eleição de um segundo eurodeputado.

22h48m.
Labour: 1999 - 28%; 2004 - 22,6%; Agora em 2009, fontes do Labour falam em 16 ou 17%.

22h35m.
Com 20% dos votos, o Labour parece arriscar ficar num quarto lugar.

21h00m.
Interessante. Alguns comentadores britânicos sugerem que Brown gostasse de um terceiro lugar atrás dos independistas que dos Liberais Democratas. Tudo por uma questão de spin, de como interpretar estas eleições e o seu contexto.

20h45m.
Não surpreende: Some Labour officials suggested tonight that the European figures could be "even worse" than the local ones.

20h43m.
Existem indicações que o Labour pode ficar em sexto em Cornwall, atrás dos Verdes e do Grupo Nacionalista Cornwall.

20h33m.
A dúvida persiste entre o terceiro e o quarto lugar do Labour, atrás certamente dos Liberal Democrats e a dúvida é com o UK Independence party. Há quem fale já em mais de um deputado para o BNP.

18h54m.
Basta um. Apenas um deputado do BNP (British National Party) eleito para o PE para que se inicie um terramoto no seio do governo Labour. Miliband, secretário dos negócios estrangeitos, descrevia ontem este cenário como vergonhoso. Será que se tal acontecer ele manterá o seu apoio a Brown como o fez até agora?

18h10m
. O Labour caminha para uma enorme derrota nestas eleições, mas Gordon Brown permanece resoluto em se manter como PM e voltou a garantir que não se irá demitir. Porém, já vários políticos dentro dos trabalhistas começam a questionar a necessidade de mudança de líder.

A ler: Brown stands firm as Falconer joins doubters, no Guardian; Gordon Brown facing big defeat in euro election, battered by Tories and UKIP, no Daily Telegraph. Lord Falconer says Labour 'probably' needs new leader, no Daily Telegraph.

1 comentário:

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores