Da Selecção Artificial

| Partilhar
Anti-fascism
© dacruz33

A notícia de que um casal foi impedido de adoptar devido à obesidade do marido é o capítulo mais recente dessa cruzada dos nossos dias a que metaforicamente chamaram «ecologia do homem». Os sinais de avanço das teorias eugenistas são tremendamente inquietantes. Grande é o equívoco dos que pensam que uma sociedade de heterossexuais brancos e esbeltos sem acne nem celulite seria melhor.

4 comentários:

  1. Grande é o equívoco dos que pensam que uma sociedade de heterossexuais brancos e esbeltos sem acne nem celulite seria melhor.

    -Certamente também não fumadores nem consumidores de alcool, e daqui a uns anos com pensamentos política e socialmente correctos, segundo a normalização em vigor.

    ResponderEliminar
  2. Exactamente: querem a harmonia na uniformidade, nunca na diversidade porque aqui teria de ocorrer dialéctica e isso desestabilizaria.
    Aliás, isso só vingaria se estivessemos calados.
    Portanto, é melhor começar-lhes a bater o pé e a quebrar-lhes os dedos quando pisarem a linha...

    ResponderEliminar
  3. Podemos começar por mencionar o elevado potencial de risco dos hábitos sociais/alimentares se reflectirem em igual doença na criança. Excluindo isso, obesidade mórbida é um impedimento fisico a vários níveis. Obesidade está associada a problemas cardiorespiratórios. Um obeso mórbido não deve ser autorizado a adoptar uma criança do mesmo modo que um narcoléptico não deve ser autorizado a conduzir na via pública.

    O politicamente correcto de alguns comentários exteriores induzem vómitos.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores