Minhotos Seguem em Frente

| Partilhar
Chaves Roman Bridge
© adilson faltz

O Sporting de Braga segue em frente na Taça de Portugal depois de vencer o Desportivo de Chaves pela margem mínima, num jogo disputado numa casa muito difícil. Vitória inteiramente justa do Braga que marcou de penalti depois do defesa flaviense Ricardo Rocha jogar a bola com a mão no interior da grande área.

Em Barcelos, foi o Gil Vicente que fez a festa da Taça ao eliminar com justiça o Rio Ave. Depois de um empate a duas bolas no tempo regulamentar, os barcelenses acabaram por marcar o terceiro golo no prolongamento, seguindo em frente na Taça de Portugal. Igual sorte teve o Valdevez ao bater o Olhanense de Jorge Costa no desempate por grandes penalidades.

Já em Guimarães, o Vitória local cumpriu ao vencer o União de Lamas da terceira divisão nacional por 4-2. Ainda mais expressiva foi a vitória do Vizela que bateu o Estoril por três golos sem resposta.

11 comentários:

  1. Ai Pedro Pedro... Já reparaste que para além de ti o único que diz que foi penalti é o Jesus...?

    Hoje não te serves dos jornais? Pois, não convém... Está bem está.

    ResponderEliminar
  2. lembram-se do penalti marcado a favor do belenenses na meia final há 2 épocas? e do penalti do abel xavier no euro?

    Foi igual. O jogador amplia a área do corpo com a mão. É penalti claro.

    Só os cegos não vêm!

    ResponderEliminar
  3. Claro e só por mera curiosidade os não cegos são todos do Braga...

    ResponderEliminar
  4. Claro.
    É a coerência dos donos da verdade.
    Metem-me nojo estes sujeitinhos que vomitam perseguições contra o clube deles mas depois escondem-se que nem ratos nos seus buracos.

    ResponderEliminar
  5. Eu não tenho a mais pequena dúvida de que foi penalty. Não percebo porque é que têm tanto ódio ao Braga... Sempre que ganhamos vêm aqui dar para trás e sempre que perdemos vêm aqui gabar-se.

    Deixem o Braga ganhar em paz.

    ResponderEliminar
  6. Uma participação muito positiva dos clubes do Minho!

    ResponderEliminar
  7. Parece é que fomos esmagados pelo Chaves e principalmente tivemos um pingo de sorte...
    Finalmente!Já não era sem tempo!
    Agora na Quinta Feira com os ingleses o empate no minimo, senão...

    ResponderEliminar
  8. Não falo do penalty. Cito apenas o que ouvi na Antena1:

    "critérios a prejudicar quase sempre o Chaves".

    Parece que afinal a "pressão resolve".

    ResponderEliminar
  9. "Vitória inteiramente justa do Braga que marcou de penalti depois do defesa flaviense Ricardo Rocha jogar a bola com a mão no interior da grande área".

    Imparcialidade não é contigo...a arbitragem beneficiou o Braga claramente, nem falo do só do lance do penalty (do outro lado n era marcado), falado de faltinhas arranjadas, e algumas que ficaram por marcar sempre em prejuizo do desportivo de Chaves. Depois dizeres vitória inteiramente justa, vou considerar que não viste o jogo, nem sequer o resumo, nem tão pouco leste os jornais desportivos nacionais, o Chaves mereceu claramente a passagem à fase seguinte, a única oportunidade do Braga foi um remate do meio da rua do Vandinho, o GDC teve 4/5, uma delas foi ao poste. Abre os olhos, e pára de enganar os teus leitores!

    ResponderEliminar
  10. Sou um leitor assíduo deste blogue, e acho que um post sobre o (mais uma vez elevado) preço dos bilhetes para o jogo com o Portsmouth vinha mesmo a calhar..
    Acho que com um grupo bastante forte como este, um estádio cheio seria sempre um alento extra, e com estes preços, 8/9 mil será uma sorte.
    ou então a direcção está a aproveitar para encher depressa os cofres, com o receio da eliminação após a fase de grupos.

    Continuação de bom trabalho, e obrigado por este blogue.

    João Costa

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores