Orçamento Participativo 2009

| Partilhar
A Câmara Municipal de Braga lançou a edição 2009 do Orçamento Participativo, convidando todos os bracarenses a participar no site Braga com Todos. Segundo o Presidente do Município, a iniciativa pretende «reforçar a participação dos cidadãos na definição de prioridades para o contínuo desenvolvimento da qualidade-de-vida no concelho

A iniciativa é muito positiva, mas para que se assuma como estruturante, serão necessárias três garantias: 1) a garantia de que os contributos serão efectivamente relevados na elaboração do Orçamento de 2009; 2) a garantia de que os dados serão apresentados com total transparência, divulgando-se integralmente o conteúdo das participações; 3) a garantia da veracidade dos dados tornados públicos, onde se incluiu a garantia de que os sindicatos de interesses na submissão de contributos foram devidamente vetados.

Cumpridas as três premissas enunciadas, o Orçamento Participativo será uma mais valia para a consolidação da democracia e para o incremento da participação cívica da sociedade civil na tomada das decisões mais importantes para o futuro do nosso concelho.

WWW.BRAGACOMTODOS.NET
:: Município de Braga
Orçamento participativo na net :: Correio do Minho
El Ejemplo Inovador de Braga :: Morrazo Tribuna
Lançamento do Site do Orçamento Participativo :: RUM
Orçamento Participativo :: O Futuro Passa Por Aqui

4 comentários:

  1. Caro Pedro, a sua boa vontade é "comovente" mas se a CMB está de boa fé porque recusou o PS na AM a proposta do Bloco de ser constituída uma comissão de acompanhamento ao OP?

    ResponderEliminar
  2. Sei lá para evitar a politização de algo que é para os munícipes? Comissões, comissões afinal para que servem?

    Estou a gostar desta coisa do OP e espero os resultados. Ver para querer.

    João Delgado, gostei de ler sobre o abandono *muito democrático* da ultima assembleia municipal do BE e do PCP, quando um cidadão se dirigiu à mesma.

    ResponderEliminar
  3. Sei lá para evitar a politização de algo que é para os munícipes? Comissões, comissões afinal para que servem?

    Estou a gostar desta coisa do OP e espero os resultados. Ver para querer.

    João Delgado, gostei de ler sobre o abandono *muito democrático* da ultima assembleia municipal do BE e do PCP, quando um cidadão se dirigiu à mesma.

    ResponderEliminar
  4. Não foi um cidadão que se dirigiu à AM, foi um politico que percorre o distrito numa atitude fraudulenta, desenvolvendo a teoria de que são necessárias 20 mil assinaturas para ser candidato, que os partidos não o deixam candidatar-se, etc.
    Convém não esquecer também que o período destinado ao público tem como objectivo a colocação à apreciação dos deputados de assuntos do interesse do concelho.
    Acresce que Manuel Monteiro se dirigiu aos deputados da esquerda de modo provocatório, afirmando de forma sarcástica que não ia ali para "falar da CGTP".
    O BE abandonou a sala em sinal de protesto e voltaria a fazê-lo em iguais circunstâncias. Para nós a democracia não é ritual, é praxis. E quem está a atacar a democracia, mentindo e manipulando, é Manuel Monteiro, bem amparado pela comunicação social regional e nacional.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores