Grupos ou Comportamentos de Risco? (II)

| Partilhar
HIV_USA
© CDC, Race/ethnicity of persons living with HIV in USA, 2003

Apesar de tudo o que foi escrito por João Miranda, está por demonstrar que a classificação das pessoas em grupos de risco é mais significativa, mais informativa e mais precisa do que a análise dos seus comportamentos. Além do mais, a segmentação da população tem consequências sociológicas nefastas como a segregação de grupos sociais e o perigo de se alimentar a ideia errada de que os elementos não pertencentes aos grupos de risco estão imunes à transmissão da doença.

Estivéssemos nós em 1950 e andaríamos a discutir se os negros deveriam ser considerados como um grupo de risco. Hoje, porém, os complexos, as manias e as obsessões são outros.

2 comentários:

  1. consequências socias e nunca consequências sociológicas. É incorrecto o que disseste.

    HA

    ResponderEliminar
  2. ridículos estes gráficos. mostram uma imagem completamente detorpada...

    concordo plenamente com a questão dos grupos de risco, que me interessa a mim se há mais SIDA nos "back" ou nos "white"? o que interessa é que ela existe e que tem de ser combatida!

    [http://oafilhado.blogspot.com]

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores