Interrupção Voluntária da Gravidez

| Partilhar
Celebra-se hoje um ano sobre o dia em acordámos quase na mesma.
Mas, diga-se o que se disser, somos hoje um pouco melhores.

3 comentários:

  1. na altura era reclamada a defesa da mulher...
    hoje é chorada a morte do feto (embrião,....), pois como temia a IVG começa a ser usada como método de contracepção.

    ao contrário do que afirmas, Pedro, considero que hoje estamos um bocado piores, um bocado menos humanos e um bocado menos médicos.

    ResponderEliminar
  2. Concordo, infelizmente, a 100%.

    Mas muitos dirão que hoje, pelo menos somos "mais modernos".
    Salve-se isso....

    ResponderEliminar
  3. Talvez seja apenas reflexo da nossa educação...porque julgo hoje recorrem à IVG mesmo aqueles que disseram NÃO.Qualquer dia o problema será apenas o de IVG, se possível secretamente...Entre o direito a recorrer à IVG e o passado continuará a haver um " virar de página" rumo ao progresso...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores