Não estamos nos nossos melhores dias...

| Partilhar
«O nosso maoísmo dos dias de hoje é, imagine-se, o glamour da monarquia. Não a inglesa, nem a sueca, nem a do Brunei, o que ainda se percebia, mas a dos Braganças, o que não se percebe de todo. Não, não estamos nos nossos melhores dias...

Numa daquelas reviravoltas que a moda faz à história, sim, que a história é muito de modas, passou-se da versão carbonária à versão ao modo do Senhor Dom Duarte Nuno. Tudo isto a propósito desse bom homem que matámos há cem anos, o Rei D. Carlos, agora o Senhor Dom Carlos, Rei de Portugal. Uma pequena multidão descobriu as maravilhas da monarquia, muda o nome de Ataíde para Athayde, de Rui para Ruy, passeia o seu blaser nos grandes escritórios de qualquer coisa burocrática que eles acham que não é burocrática, negócios, auditoria, advocacia, aconselhamento fiscal, project finance, com o emblema da Causa Monárquica na lapela, dobrando a voz todas as vezes que diz Senhor, como em Senhor Dom Carlos, indo a missas para esconjurar os jacobinos e os carbonários, convencidos de que os regicídas eram a encarnação da Al-Qaeda da época e que Portugal seria um grande país caso não houvesse aqueles tiros junto ao Tejo.» [JPP, Abrupto]

1 comentário:

  1. O texto lembra -me P.Pereira Jornal Público de 2008/02/09,"Não,não estamos nos nossos melhores dias...", porém estamos no bom caminho, naquele que os principais partidos têm defendido ao longo de décadas de governação e em campanhas, exemplos continuam a ser muitos...mais autoridades significa mais multas, resultados económicamente brilhantes, em 2007 renderam 75 milhões aos cofres do Estado, que gastou 213,5 milhões com carros do Estado.Fontes: Correio da Manhã de 15/02/08 e Sol " Confidencial" de 9/02/08. Entretanto continuamos a "gritar" vitória com resultados minimamente positivos na economia, mas abaixo da zona Euro e com um dos maiores desempregos da Europa.Vale a pena apenas sonhar e esquecer a política que por cá se faz.O povo um dis acordará e os "sonhos" serão realidades...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores