De Quem é a Mão que Embala a Ota?

| Partilhar
«No estudo existem mais factores críticos a favor de Alcochete do que da Ota, sem contudo haver uma clara preponderância de uma localização sobre a outra, disse ao Expresso um responsável técnico [do LNEC].» [Expresso]

Parece não haver grandes motivos para continuar a apostar na Ota. A não ser que haja uma mão invisível a teimar naquela localização...

3 comentários:

  1. O olho que tudo vê paira por aí, circunscrito num triângulo...


    Estranhos ventos sopram dos do Bairro Alto... Há muitos a usar o avental por agasalho...

    ResponderEliminar
  2. como em tudo, em portugal, também a Ota tem uma mãozinha...

    porque será que a saúde está como está? Há quem diga que os bancos e seguradoras investiram muito dinheiro. Será que o querem perder? Quem sairá a perder com esta política de saúde e também com a política de "povoamento"? Os ministro e restantes políticos não serão com certeza...

    ResponderEliminar
  3. Se Alcochete já não tem o problema que todas as outras localizações da Margem Sul tinham: arruinar completamente a água da região; não vejo por que não prevaleça.

    O único senão, à partida, será a tal questão da ponte e a ligação com o TGV. Por muito que digam que são autónomas... o trajecto do TGV vai ser uma cagada monumental, com o aeroporto em Alcochete. Mas isso será outra discussão para daqui a algum tempo.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores