Participação Cívica Independente

| Partilhar
O grupo missão da Guimarães Capital Europeia da Cultura continua o seu precioso trabalho rumo a 2012. O dossier final da candidatura já foi remetido à Comissão Europeia. O jornal online Guimarães Digital destaca que foram realizadas «33 reuniões, envolvendo 162 instituições e 288 pessoas» e que «foram recebidos 30 contributos individuais em papel ou pela Internet

Quando nos confrontamos com estes dados, temos noção do embuste montado pela Câmara Municipal de Braga a propósito do orçamento participativo. Relembro que a autarquia anunciou ter recebido mais de 5.000 participações, um número que só os mais incautos podem aceitar sem reservas.

Parece que a Câmara de Braga está a especializar-se no fabrico de participações cívicas independentes. Ricardo Rio denuncia o envolvimento do Gabinete de Apoio às Freguesias na recolha de assinaturas para abaixo-assinados contra as propostas da Coligação. A explicação do Presidente (disponível em audio) também só convence os mais anjinhos...

34 comentários:

  1. Tudo mas mesmo TUDO que vier da parte da actual câmara de Braga não merece qualquer credibilidade.

    ...Não fiquem a pensar que sou um laranjinha da oposição, pois o meu partido até sempre foi o da rosinha....

    ResponderEliminar
  2. Não consigo entender por que razão se insiste SEMPRE em comparar Guimarães com Braga.

    Será que Guimarães é assim tão bom exemplo?

    Ou estaremos a todos a ser iludidos por sofisticadas operações de Marketing deste Município?

    ResponderEliminar
  3. Crie-se o grupo missão para a gestão da Câmara Municipal de Braga.
    Toninho Regadas

    ResponderEliminar
  4. Mais um rico exemplo de parolismo bacoco. Comparar Guimarães a Braga. Como se comparam os incomparáveis?
    Obviamente que estamos perante mais um trabalho de marketing vimaranense. Agora que a imprensa começa a anunciar e se apronta para acompanhar a Cimeira Ibérica de Braga, aqueles parolos lá têm que vir a público dizer que também vão ter uma coisa importante daqui a uns anos.
    Tínhamos um arcebispo, quiseram um rei; tínhamos um paço, quiseram um castelo; tínhamos um polícia negro, quiseram um sinaleiro; tínhamos montes de hipermercados, quiseram um shopping...
    Ah, eu também sou amigo da Rosinha, a minha vizinha.

    ResponderEliminar
  5. É só para enfatizar que sou muito amigo da Rosinha, a minha vizinha.
    E aproveitar para lembrar que da Capital Europeia da Cultura de 2001, o que me ficou na memória foi a Casa da Música, inaugurada em... 2006.
    Ora, Guimarães lá vai ter a sua Cimeira Ibérica em 2012. Perdão, a sua Capital da Cultura.
    Entretanto, Braga vai avançando com a Cimeira Ibérica 2008, com o Instituto Internacional de Nanotecnologia, com o Centro de Ciência Viva, com o mais premiado estádio do país (logo acabado, logo monumento nacional),com um complexo de piscinas olímpicas, com novas praças, novos centros comerciais, novos parques de diversões, mais parques urbanos, mais população... Há até quem diga que vamos ter uma Penha... Devem ter confundido com o Bom Jesus!!!
    Assim damos azo ao parolismo de quem já foi importante há 800 anos.

    ResponderEliminar
  6. Se a Câmara de Braga mente por sistema, está apenas a ser fiel à forma de fazer política nesse país. De qualquer maneira, para que serve uma Capital Europeia da Cultura?

    ResponderEliminar
  7. A atitude da Câmara Municipal de Braga é vergonhosa. Organizar recolhas de assinaturas contra propostas da coligação já era ridículo. Agora até já o fazem contra debates organizados pela coligação Juntos por Braga (ver bracara2009.blogspot.com). Caiu-se no absurdo ao achar que um convite aos presidentes de junta era uma tentativa de sedução! Já agora cheios de promessas desta autarquia já estamos fartos. Já esperamos à demasiados anos pelos prometidos espaços verdes, parques urbanos, etc. Agora gostava de saber em que é que a cidade beneficiou em ter um estádio municipal (ou será Axa) que é monumento nacional, mas que é pouco ou nada funcional. Em que é que vamos beneficiar com a abertura de mais centros comerciais? Já não há que cheguem? E do comércio tradicional esta autraquia lembra-se?

    ResponderEliminar
  8. É deveras impressionante como sempre que alguém faz comparações entre Guimarães e Braga nas quais Guimarães fica a ganha, nem que seja ligeiramente, vem logo alguém dizer, que é um comentário de um vimaranense com dor de cotovelo. Caro psousa, fique com a sua cidade, com o seu estádio, com os seus centros comerciais, Cimeira Ibérica, centro de Nanotecnologia e demais apetrechos. Nós vimaranenses ficamos com o que temos. Vivemos bem e adoramos a nossa cidade, e pelo menos não temos a tristeza de a ver sufocada pelo cimento!

    ResponderEliminar
  9. É pá, assim à partida, 5000 participações serão um embuste. Mas 30 é estupidamente pouco. Algo deprimente mesmo.

    ResponderEliminar
  10. Outra coisa: Ricardo Rio (e tu) chocam-se com alegado envolvimento do GAF.

    Mas o que é verdadeiramente deprimente é eles (segundo alega Ricardo Rio) terem assinado sem ler (ele diz que terão sido "enganados", mas isso, na verdade, significa "sem ler").

    Independentemente da legitimidade da alegada conduta da vereadora, há que ver as coisas em perspectiva. Será também muito deprimente se eles assinara, sem ler; ou se lerem e tiveram a vontade de assinar, não será só deprimente, mas altamente desrespeituoso, o Ricardo Rio fazer tal sugestão (que roça a acusação).

    Mas isto sou só eu a tentar ver as coisas em perspectiva... Compreendo que o Ricardo Rio, na ânsia de atacar o executivo, não olhe a meios. Afinal, o seu objectivo é precisamente esse.

    ResponderEliminar
  11. Caro Jam,
    O "Ricardo Rio" olha a meios.
    A sua sugestão já teve o meu comentário onde a deixou.
    Mas ainda em relação a este abaixo assinado de 2007, acha normal que Presidentes de Junta rejeitem em Braga receber as competências que andavam a exigir em todo o País?

    ResponderEliminar
  12. Caro Pedro Morgado,

    Contráriamente ao que afirma, a Câmara Municipal de Braga não montou qualquer embuste a propósito do orçamento participativo.

    De facto, foram registadas 5.085 participações, conforme se pode confirmar no artigo da pág.26 da última edição da revista UK Football, sob o título «Good Vibrations».

    ResponderEliminar
  13. Para bem da verdade a Câmara deveria tornar publica a lista de participações.

    Se não o fizer só comprovará que os 5.055 registos de participação foram introduzidos por alguém.... dos muitos dos “seus” gabinetes.

    ResponderEliminar
  14. Martin «PSousa» King10 de janeiro de 2008 às 23:48

    I have a dream,

    Que um dia a minha cidade também há-de ser Berço de qualquer coisa, nem que seja de uma Nação;

    Que um dia a minha cidade também há-de ser Património de qualquer coisa, nem que seja da Humanidade;

    Que um dia a minha cidade também há-de ser Capital de qualquer coisa, nem que seja da Cultura;

    Que um dia a minha cidade também há-de ser modelo de Qualidade em qualquer coisa, nem que seja de Urbanismo;

    Que um dia o clube da minha cidade também há-de sentir a Paixão dos seus adeptos, nem que eles sejam Espanhóis.


    Mas isto é apenas um sonho parolo...

    ResponderEliminar
  15. Braga está "sufocada em cimento"?

    Então e Guimarães?

    Nessa cidade concentrou-se no mesmo local o Shopping, a Central de Camionagem, o Hospital e o Estádio.

    Resultado: A confusão nesses arruamentos é tão grande que se houver uma calamidade ninguém consegue aceder ao hospital.

    Não será esse um dos maiores exemplos a nível nacional de falta de planeamento e de sufoco em cimento?

    Poderiamos falar também do bairro da quintã, da encosta nascente da cidade, dos mamarrachos na envolvente ao Pólo da UM...

    Ou da falta de planeamento e destruição de património rural nas freguesias do concelho vimaranense...

    ResponderEliminar
  16. Então os presidentes de junta são um bando de macacos não pensantes, que seguem o que a camara diz, mas em outros momentos quando criticam a camara já são dotados de capacidades unicas, e merecedores de respeito.
    Nem me parece que o assunto tenha merecido o gastar de tempo pela CMB, especialmente quando parte da coligação esta que de ideias novas e alternativas apenas apresenta a de provedores para as pessoas com deficiencia, provedores para a juventude...
    Acha respeito pelos Presidentes de Junta....

    ResponderEliminar
  17. anónimo das 10:47:

    Nunca disse que Guimarães era perfeito mas a nível de conservação de património leva claramente vantagem relativamente a Braga. Se aqui se destrói património, então em Braga não falemos! E não sou eu que o digo, são os próprios bracarenses! E relativamente a essa confusão de que fala, acha que é substancialmente pior do que aquela que se vive em outras cidades, em determinadas zonas? Já andou no Porto? E em Lisboa? Tente chegar do pólo da UM em Gualtar ao hospital de S. Marcos em hora de ponta!! E depois diga se Guimarães é um dos piores exemplos a nível nacional!

    ResponderEliminar
  18. As Folhinhas, Os Concursos de Ideias para tudo e para nada -aproveitando a ideia do Porto, Provedores para tudo e para nada -aproveitando a ideia do Porto, animam a actividade da Coligação PPD/PSD e CDS-PP em Braga, liderado por esse profissional da escrita bloguista e das colunas de imprensa tambem sobre tudo e sobre nada, Sr. Ricardo Rio, que de estar em tudo que é jornal, blog e radio, não deve fazer mais nada da vida, se não receber os dinheirinhos da Camara da Povoa de Lanhoso, sem se saber bem porque...

    Onde estão as ideias inovadores e implementaveis para o concelho e para os seus municipes. Vide o Plano e Orçamento de 2008, e as obras que se fazem no terreno. Pelos visto a nova area pedonal já arranca hoje.

    ResponderEliminar
  19. O único bom exemplo de património cuidado em Guimarães é o seu Centro Histórico.

    No resto do concelho tem sido o que se sabe, veja-se, até no caso do Centro Cultural Vila Flor aquando da sua recuperação, foram destruídos azulejos de enorme valor à marretada.

    Em Braga critica-se e denuncia-se, em Guimarães tudo está sempre bem e sempre bonito.

    ResponderEliminar
  20. Se têm dúvidas das ideias da coligação Juntos por Braga poderão, sempre se quiserem, consultar o seu programa eleitoral, ou em alternativa consultar o blog bracara2009.blogspot.com. Mas o que me parece é que o interesse não é muito, não passam de peoes do regime que criam perfis para criticar somente a oposiçao. Como tal posso enumerar algumas prospostas como o apoio a todas as colectividades e clubes com formaçao desportiva atraves da elaboraçao de um criterio igual para todos e nao como actualmente em que somente alguns sao beneficiados; criaçao de um protocolo com centrais de taxis para o periodo nocturno (ver http://geracaobraga2009.blogspot.com/2007/12/taxi-bus.html); criaçao de um gabinete europeu de apoio aos jovens onde poderão ter acesso a todas as oportunidades criadas pela UE; revitalização do parque da ponte; criação de um cartao regional e politica regional de cultura (para todos os cidadaos e nao so para alguns); uma verdadeira politica de urbanismo. Como vêm há propostas em todas as áreas e para todos os gostos. Chega ou é preciso continuar, é que se for existem muitas mais propostas que esta autarquia continua a chumbar sempre que sao levadas as reunioes de camara. Quanto à concretização das opcoes do plano, à tantos anos que estamos sempre à espera das mesmas promessas...

    ResponderEliminar
  21. Sera que nos taxista, as praças de taxis existentes não terão ja analisado e verificado esse interesse? O gabinete europeu, vamos replicar o que já existe, e para alem disso simplesmente ignorar que temos sede em Braga da Agência Nacional para a Gestão do Programa Juventude em Acção, e os Ponto Já! E chamam a isso ideias??? Essas sao as prioridades da Juventude? Realmente têm muito a aprender só lendo o plano da juventude para 2008 da CMB, que o Ricardo Rio tão bem elogiou.

    E não se trata de "peoes do regime", nem "peoes da oposição" trata-se de posicionamentos face à politica de Braga, uma credivel e outra fantoche, propagandistica e sem base - basta ler o blog do Ricardo Rio que tão bem referênciou. Quantas ideias com vista à real satisfação de necessidades e previsão do futuro encontra ai?
    Por alguma razão preferiu sequer falar dos provedores, ele é para a deficencia, outro para a juventude... seria um caos se alguma vez o Sr. Ricardo Rio tivesse sentado na cadeira que ele quer a todo o custo, e inicia-se a implementar as "ideias" que defende.

    ResponderEliminar
  22. Eu só o vejo a criticar as posiçoes e propostas da oposiçao e do Dr Ricardo Rio (para quem nao tem propostas, não vejo qual é o incomodo que lhe causa). Realmente quase que concordamos num ponto. Há sim uma política e ideias reais e credíveis para Braga e outra posiçao que é tudo menos credivel e que tem destruido a nossa cidade. Posiçao essa que é tao dificil de defender e proclamar que so atraves de perfis obscuros, são capazes de o fazer. Eu nao tenho medo de afirmar o que defendo e de me identificar contra esta autarquia. Porque não faz o mesmo? Não pode? Termino assim a minha participaçao neste post, porque entendo que não é util para ninguem estar aqui a discutir com fantasmas...

    ResponderEliminar
  23. Caro Anónimo..

    Sim, em Braga critica-se e denuncia-se... deve ser por isso que têm o mesmo presidente de câmara há tantos anos e passam a vida a dizer mal dele! azulejos destruídos? Não sei se isso é verdade, aliás duvido! Mas mesmo que seja, bem se tivesse sido em Braga tinham pura e simplesmente demolido o palácio! Aposto que não em pelos arredores de Guimarães muitas vezes! Os de Braga também estão cuidadinhos não é?!

    ResponderEliminar
  24. E para rematar esta discussão... (Que ninguém de Guimarães começou), se Guimarães é assim tão inferior a Braga porque é que ainda se dão a tanto trabalho de criticar??

    ResponderEliminar
  25. Eu não costumo fazer comentários nos blogs de Guimarães...

    ResponderEliminar
  26. ..."azulejos destruídos? Não sei se isso é verdade, aliás duvido!"

    Duvida? Olhe que isso foi testemunhado por muita gente da vizinhança...

    ResponderEliminar
  27. Alguma vez entrou no centro Vila Flor? Já deu uma olhadela aos painéis de azulejos que estão lá em exposição?? Olhe que nem tudo o que a vizinhança vê corresponde à verdade!

    ResponderEliminar
  28. Já visitou o entulho da obra? Olhe que se calhar não estão lá todos...

    ResponderEliminar
  29. Acho impressionante que estas conversas sobre Braga e Guimarães acabem sempre num clima crispado. Já não há paciência para este bairrismo anacrónico.

    Será que é difícil perceber que todos têm a peder se cada um continuar a puxar para o seu lado, em vez de se apostar em projectos mais globais?

    Não pode Braga tirar partido da Capital Europeia da Cultura? Não pode Guimarães tirar partido do Instituto Ibérico?

    Porque é que a vitória de um tem de ser a dorrota do outro? Porque é que a vitória de um não pode ser a vitória de todos e a derrota de um a derrota de todos?

    Em relação à cultura, ela é cada vez mais importante, mesmo a nível económico, já que esta parece ser a única linguagem que muita gente compreende. Por isso, não me parece certo desvalorizar a importância de uma capital europeia da cultura.

    Será que a ideia que existe de Guimarães é fruto de uma estratégia de marketing? Então, mérito o deles. Os outros que sigam o mesmo caminho.

    Sobre os azulejos de Vila Flor, para quem já não se lembra, aqui ficam os links de duas notícias que saíram sobre o assunto.

    Azulejos destruídos
    http://jn.sapo.pt/2004/10/26/minho/azulejos_destruidos.html

    Autarquia admite erros na remoção dos azulejos
    http://jn.sapo.pt/2004/11/05/minho/autarquia_admite_erros_remocao_azule.html

    ResponderEliminar
  30. Ó Lois Lane és tão inocente...

    ResponderEliminar
  31. "Será que a ideia que existe de Guimarães é fruto de uma estratégia de marketing? Então, mérito o deles. Os outros que sigam o mesmo caminho."

    Sabe que quando o produto é bom, pouco marketing é necessário.

    Mas quando o produto é fraco...

    ResponderEliminar
  32. Chegamos à parte das frases de sentido duvidoso. Não tarda vêm os insultos directos. Enfim, é triste quando os argumentos não dão para mais!

    Parabéns pela tentativa Lois Lane, mas não vale a pena. Esta extensa lista de comentários já deu o que tinha a dar.

    ResponderEliminar
  33. "Esta extensa lista de comentários já deu o que tinha a dar."

    Sendo V. Ex.ª das pessoas que mais contribuiu para esta "extensa" lista de comentários, admira-me agora a sua postura inocente...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores