Sócrates é anti-Norte

| Partilhar
«Vigo no será, finalmente, la sede del secretariado técnico de la Unión Europea (UE) que debe gestionar los programas de cooperación transfronteriza entre España y Portugal entre 2007 y 2013, incluidos los que pongan en marcha Galicia y la Región Norte de Portugal. Badajoz se ha impuesto finalmente a la candidatura gallega, en parte gracias al interés del Gobierno portugués en desincentivar iniciativas que puedan alentar cualquier afán autonomista en torno a Oporto. La Xunta ofrecía como sede parte de las instalaciones del Centro Tecnológico del Mar.»

Depois de se continuar a afundar economicamente e dos sucessivos cortes em investimentos, o Norte conhece mais um espinho da política de José Sócrates. O que motivará esta postura do Governo?

4 comentários:

  1. Precisa-se urgentemente de Regionalização.

    ResponderEliminar
  2. Eu penso que Sócrates e qualquer Governante que lhe suceda ou que lhe tenha antecedido são pressionados pela agenda espanhola. Estes são extremamente incomodados com qualquer tentativa de reaproximação entre o Norte e a Galiza. Basta ver a estranheza com que a candidatura conjunta destas regiões em elevar o seu património cultural e tradicional a estatuto da UNESCO lhes foi recusada. Assim como o acordo linguístico que, ao regulamentar o uso do galego, o aproximou, irremediavelmente, do castelhano. A "Galécia" está a sofrer um culturocídio!

    ResponderEliminar
  3. pura demagogia.. a notícia já é velha e o governo já desmentiu. Foi Madrid, e era a Madrid que competia escolher.

    ResponderEliminar
  4. "al interés del Gobierno portugués en desincentivar iniciativas que puedan alentar cualquier afán autonomista en torno a Oporto"

    Pá, que imprudência colocar esta notícia. Então isto tem algum significado concreto? O Porto, ou mesmo o Norte, alguma vez tiveram aspirações autonómicas? Vê-se mesmo que foi escrito por um galego fanático que não conhece minimamente a realidade portuguesa.

    Regionalização? SIM, obviamente.

    Autonomia? NÃO, evidentemente.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores