Da Degradação da Vida Política | 2

| Partilhar


Mais um momento verdadeiramente lamentável da vida política nacional a demonstrar que se perdeu a noção do limites.

16 comentários:

  1. os palhaços são nómadas.com tamanha "palhaçada" seria bom que estes senhores fossem pregar para outra freguesia, vulgo país.foi, uma vez mais, um insulto a todos os portugueses (palhaços incluídos).

    João Rodrigues

    ResponderEliminar
  2. é este o resultado do voto útil tão falado durante a campanha eleitoral.
    Os eleitores que elegeram estes dois deputados podem dormir descançados???

    ResponderEliminar
  3. Caro Jorge,

    Durmo mais descansado do que tendo votado noutros partidos cujos reais objectivos permanecem por revelar.

    ResponderEliminar
  4. Eça de Queiroz teria tanto para escrever nos dias que correm...
    Fiel retrato deste triste e condenado país de futuro sombrio´.
    É para isto que serve uma Assembleia?

    ResponderEliminar
  5. Comichões para lamentares.

    ResponderEliminar
  6. Eu conheço relativamente bem (quando falo relativamente a outros deputado) o deputado Ricardo Rodrigues. Tem normalmente intervenções acesas e contundentes, mas claro é hóme de sangue quente e não mede muito bem o que diz - é do Norte, carago - tanto é que podia ter tido uma réplica de melhor nível.

    Agora a Dra: Nogueira Pinto, tem o semblant conhecido de alguma arrogância política, moral e blá blá blá, uma elitista daquela aristocracia intelectual onde cabe pulidos valentes e gente com o mesmo asco carlino à piolheira - nisso concordo com o deputado socialista.

    Agora também gostava de saber o contexto desta situação para medir o propósito de tanto palhaço ser evocado, e em vão se calhar. De qualquer modo, não admira, face ao aquecimento global do clima de crispação entre governo e oposição.

    ResponderEliminar
  7. Isto não é razão bastante para demissão? Ou tinham de fazer corninhos?

    ResponderEliminar
  8. Parece-me que tão palhaços como estes dois "deputados" são todos aqueles que tentam justificar este tipo de comportamentos.

    Já não chegava serem todos sem excepção incompetentes e corruptos e ainda proporcionam este espectáculo nos seus horários laborais PAGOS POR TODOS NÓS!

    Tenho vergonha deste país

    ResponderEliminar
  9. Caro Luís Fernandes, o melhor seria encerrar o parlamento de vez. Com as novas tecnologias, devia ser cada um a eleger ideias e não deportados.

    ResponderEliminar
  10. O deputado não se chama Ricardo Gonçalves???

    ResponderEliminar
  11. Sim, tens razã Francisco, é Ricardo Gonçalves. Peço desculpa pelo lapso.

    ResponderEliminar
  12. Estes pseudo-deputados que Portugal tem são a mais completa vergonha para qualquer português..uma amostra de tudo aquilo que existe de mau em Portugal..de muito mau.

    Recordo que a missão dos "senhores deputados" é transmitirem a voz da população..que população é que tem este tipo de comportamentos?

    Este sistema está feito de forma a situações destas ocorrerem, e assim será até o mudarem..essa ideia do voto directo do povo seria de facto muito mais directa e de certeza que não presenciariamos tanta coisa triste. Não seria perfeito, mas seria bem mais justo do que o actual circo que é montado regularmente no hemiciclo.

    ResponderEliminar
  13. Também conheço o Ricardo Gonçalves. Tem um estilo próprio, contundente, com sentido de humor. Tem, inclusive, anti-corpos internos por isso mesmo. Mas é, indiscutivelmente, um tipo culto e de ideias claras e coerentes. A dita senhora, enfim, tem de facto complexo "urbano-depressivo"!

    Pedro Costa

    ResponderEliminar
  14. Adorei e só é pena que o espectáculo não se repita amiudadas vezes.E um remédio eficaz para acabar com o stress cá do povo.Palhaços ao poder,já.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores