A Noite Negra do Cavaquismo

| Partilhar
Quero ver que desculpa vai ter Manuela Ferreira Leite para não se demitir hoje, e Cavaco Silva amanhã.

9 comentários:

  1. Manuela Ferreira Leite disse que o PSD teve um importante papel nas eleições na medida em que impediu que o PS tivesse maioria absoluta... Aí tens uma desculpa!

    ResponderEliminar
  2. Imperou a lógica e o bom senso. Não faria sentido Manuela Ferreira Leite apresentar qualquer demissão. Faria lógica aquilo que fez. Assumir, pessoalmente, uma grande derrota e tentar mobilizar as forças do partido para as eleições autárquicas daqui a 15 dias. O futuro do partido deverá discutir-se depois, nunca nesta altura. Abrir disputas internas iria apenas desviar as atenções daquilo que importa para o partido, manter a hegemonia do poder local. Depois sim, será razoável que Manuela Ferreira Leite retire as suas ilações, bem como todos os dirigentes do partido e perceber de que modo o PSD se pode assumir como uma oposição responsável.

    ResponderEliminar
  3. Nas autárquicas MFL pode ser um empecilho. Imaginam um candidato a presidente da Câmara confortável ao lado da líder que perdeu em toda a linha na noite de hoje?

    ResponderEliminar
  4. Parece-me, Samuel, que seria bem pior se o partida entrasse em disputas internas nesta altura. MFL pode sempre, em determinadas circunstâncias, primar pela ausência se achar que de algum modo a sua presença for desconfortável para os candidatos.

    ResponderEliminar
  5. Fernando Reis, em Barcelos, espera que MFL não venha cá... nas europeias nem ao comício em Bcl apareceu ao lado da líder, nas legislativas já deu um apoio (ainda que muito discreto) pq o seu filho eleito por Braga. Mas agora?? MLF em Bcl?? Humm... vou esperar para ver! Mas não me parece que Reis queira algo com ela!

    ResponderEliminar
  6. acabaste de meter o dedo na ferida...

    agora o que vai ser de nós???

    ResponderEliminar
  7. Ao contrário do que dizem, Cavaco Silva é um dos vencedores deste acto eleitoral. Sempre queria ver como é que ele assegurava a reeleição com a Manuela no governo e a crise a arrastar-se - e vai arrastar-se, não tenhamos dúvidas. Do resto ele safa-se com uma perna às costas - e não esqueçamso que a última palavra sobre o escândalo das escutas é dele, e será quando, como, onde e se ele quiser.

    Estou, por isso, em completo desacordo com esta análise, na parte que toca a Cavaco.

    Mas, se quiserem, podem ver aqueles que foram para mim "os mais, os menos e os mais ou menos" das legislativas 2009 em http://ruadosouto.blogspot.com/2009/09/legislativas-2009-os-mais-os-menos-e-os.html

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores