Mundial de Futebol em Braga?

| Partilhar
Bulgaria 0-3 Denmark, Estádio Municipal de Braga 18-6-2004
© Jorge-11

Sem qualquer discussão pública, a Câmara Municipal de Braga anunciou recentemente a intenção de integrar a proposta de candidatura ibérica ao Campeonato Mundial de Futebol 2018. Contudo, num momento em que ainda se desconhece o balanço entre os custos finais da construção do Estádio Municipal para o Euro 2004 e os reais benefícios que este evento trouxe para a cidade e o país, a proposta não pode deixar de ser vista com enormes reservas.

Afinal, quanto custou o Estádio Municipal de Braga? Qual é o preço da ampliação para 44.000 lugares, lotação manifestamente desnecessária para na sua utilização regular? Qual é o benefício estimado para a economia local? Não será mais barato apoiar a construção de uma academia de alto rendimento que permita o desenvolvimento de jovens talentos e a instalação de uma selecção nacional durante o evento?

Estas são algumas das perguntas que gostava de ver respondidas antes da decisão final.

16 comentários:

  1. Se não houvesse agora eleições eu propunha precisamente a criação do CAR para o andebol.

    ResponderEliminar
  2. As "tuas" propostas são do ricardo rio.
    Pelo menos sê honesto ao citares as pessoas.
    Eu preferia saber porque é que um clube privado joga de borla nunm estádio municipal?
    Porque não os outros clubes da terra também?

    ResponderEliminar
  3. O Estádio Municipal custou 139.870.880€. Segundo a auditoria, do tribunal de contas:
    http://www.tcontas.pt/pt/actos/rel_auditoria/2005/audit-dgtc-rel037-2005-2s-v2.pdf

    Sabendo que as bancadas removíveis do Estádio do Algarve tiveram um custo na ordem dos 6M€ com capacidade para 9.500 lugares.
    Podemos estimar um custo de 10M€ caso sejam precisos 40.000 lugares ou 15M€ caso sejam precisos 44.000 lugares.

    Tendo em conta que em 2018/22 os Estádios já não estarão propriamente actuais (14/18 anos), veja-se actualmente o exemplo dos Estádios do Itália 90 (19 anos), a precisarem de requalificação.
    Um investimento na modernização do estádio associado ao custo de 15M€, poderá implicar talvez um custo total a rondar os 30M€.

    Tendo em conta que ser uma cidade anfitriã de jogos, projecta internacionalmente a cidade e acarreta um afluxo enorme de turistas à cidade com o intuito de assistir aos jogos da fase de grupos, coisa que não acontecerá em qualquer outro cenário.

    Penso que será necessário estar na posse dos projectos e dos respectivos estudos antes de se tomar qualquer posição definitiva.

    As bancadas removíveis podem ser retiradas e o Estádio pode voltar à situação inicial, caso se entenda ser essa a melhor solução.
    A adicionar a este facto, essas bancada removíveis podem ser concebidas por forma a poderem ser utilizadas nos mais diversos eventos, podendo ser vendidas/cedidas/alugadas às diversas entidades que realizem espectáculos do género, e podendo ser uma mais valia para os eventos realizados no município que necessitem duma infraestrutura móvel do género.

    Em Espanha 22 cidades querem participar, parece-me muito negativo que a terceira cidade Portuguesa perca esta possibilidade de internacionalização, numa altura em que o Turismo surge cada vez mais como um mercado a explorar por Braga, que devia procurar classificar o seu património, e aproveitar estas oportunidades quase únicas para o divulgar.

    ResponderEliminar
  4. Caro Carlos,

    Custou 139.870.880€. E os juros?

    ResponderEliminar
  5. Completamente de acordo com o Carlos Santos.

    ResponderEliminar
  6. Completamente de acordo com o Carlos Santos.

    ResponderEliminar
  7. Penso que é um assunto que deve ser debatido. Nesse aspecto penso que o Pedro toca na ferida. Independentemente de se ser a favor ou contra é preciso conhecer os dados todos e então decidir.

    ResponderEliminar
  8. por favor mais dinheiro para aquele estádio.... Não obrigado.

    ResponderEliminar
  9. Aviso: por mim, escusam de ampliar os lugares no estádio. Não faço conta de lá pôr os meus sapatos.

    Fora isso, acho que CMB faz muito empenhar-se até ao pescoço para modernizar o estádio, ou até mesmo fazer outro ou vários, um em Lamaçães, outro dentro do rio Este, outro em Nogueira, um em Fraião e mais outro junto à Sé.
    Depois, se ainda não for suficiente para internar toda a gente, fazem-se mais dois estádios, um em Gualtar e o outro em Frossos, também podia ser em Panóias ou mesmo Padim da Graça.

    ResponderEliminar
  10. O quê, construir mais um estádio?
    Sim porque este de estádio nada tem, mais perece um SAMBÓDROMO...
    Chamar estadio á pedreira, é um verdadeiro atentado ao bom gosto arquitectónico!
    1º. de Maio, (re)aparece, estás perdoado...

    ResponderEliminar
  11. Não percebo e muita gente vai começar a não perceber e quem sabe a revoltar-se (quando tanta gente esta no desemprego) porque de apenas investirmos em futebol, ok todos adoram futebol neste país e ter equipas em braga a jogar ajuda a economia local, mas e depois disso? não seria mais compreensível investir em algo para a população e de utilidade que provoque também um crescimento na economia local que seja continuado de forma gradual em vez de termos um boom da economia no verão e depois voltar tudo ao mesmo?

    ResponderEliminar
  12. Juntando-se três factores:
    -existencia de um investimento de 140M€
    -a realização de um Mundial em Portugal (que ocorrerá talvez à frequência de 1 em cada 100 anos)
    -necessidade de um investimento reduzido (~30M€)

    Parece-me que se existe melhor forma de combater o desemprego, é precisamente internacionalizar Braga, divulgar o seu património, divulgar o turismo rural da região, divulgar o turismo cultural,..., e oferecer a esta região que num futuro próximo não terá possibilidade de competir em muitas das áreas em que se inserem grande parte das suas empresas (visto que nos "países em desenvolvimento" os trabalhadores não têm qualquer protecção, e como será óbvio as empresas continuarão a ser deslocalizadas para esses países se quiserem sobreviver), esta é uma forma de "transformar", e desenvolver uma nova forma de empregabilidade na região.

    Oferecer um centro de estágio para uma selecção em nada se compara com receber jogos, receber os 80.000 adeptos dos 2 jogos, a comunicação social mundial, desses grande parte ficarão hospedados no município e na região, a receita directa e o proveito retirado da divulgação é totalmente díspar.

    Braga e o Minho têm que estar presentes, parece-me impensável estar fora.

    Como é óbvio temos que esperar pelos estudos, pelos projectos para se saber ao certo quais os valores envolvidos, e decidir em conformidade, mas figura-se à partida bem mais rentável do que o euro.

    P.S. Isto não deve ser visto como um mero investimento num recinto de Futebol, é um investimento para o desenvolvimento, divulgação e internacionalização de Braga e da região.

    ResponderEliminar
  13. Gostaria de saber o benefício geral para a cidade de Braga que teve o Euro2004. se alguém souber que o diga aqui. Os custos do estádio municipal, ou melhor do estádio do SCB, e já agora o que foi gasto por turistas em Braga.

    Também se pode falar da taxa de ocupação do estádio municipal, aliás, estádio do SCB...que deve ser miserável.

    Se querem falar de internacionalizar o nome de Braga, talvez fosse bom começar pelo que realmente importa. A qualidade de vida na cidade, a mais do que urgente requalificação das dezenas, ou centenas de casas degradadas no centro da cidade, a criação de um real parque verde na cidade, que outrora existiu em lamaçães...
    Pensemos na actual situação dos bairros sociais da cidade...
    Pensemos no triste abandono nocturno do nosso centro histórico, salvo duas ou três excepções...
    Pensemos na inexistente política de transportes públicos na nossa cidade/região. Isso sim, mereceria um investimento de largos milhões de euros. Nunca em uma ou duas bancadas amovíveis. Haja paciência...
    Eu proponho a demolição do estádio municipal, ou melhor do estádio do SCB, e a construcção em seu lugar de um belo jardim zoológico, esse sim, muito mais interessante que um estádio desagradável, mal situado, desnecessário, e pouco rentabilizado.

    Não sei mesmo qual é o benefício a longo prazo de haver em Braga um ou dois jogos de um mundial. Alguém se lembra das cidades que acolheram um mundial? ou os estádios? Não creio...tirando os estádios mais conhecidos de grandes clubes, que não é o caso.
    Qual é a influência de um ou dois jogos de um mundial, em Braga, para que novas empresas ou indústrias se estabelecerem na nossa região? Penso que nenhuma...

    Gostaria também de saber se a cidade receberia alguma percentagem dos multimilionários contratos de transmissão televisiva dos jogos aqui realizados. Ou é só a FIFA a encher os bolsos?

    ResponderEliminar
  14. Com 139.870.880€, e contas por alto, dá para trazer o comboio de Guimarães a Braga e servir directamente 250.000 pessoas por dia.

    Mas vós quereis é a bola a rolar no estádio...

    ResponderEliminar
  15. Benha lá u metro de superfice a ligar braga a guimarãrs e a passar por barselos...
    o money do mundial deve xigar pra isso...

    ResponderEliminar
  16. Conde de Monte Crasto5 de agosto de 2009 às 00:23

    Mais "guito" naquela caixa de ferramenta?Oh,não.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores