CDS-PP: O Voto Inútil Para a Região

| Partilhar
O CDS-PP quer eleger 2 deputados pelo círculo eleitoral de Braga. Se tivermos em conta que nas últimas eleições o CDS ficou a mais de 7500 votos da eleição do segundo deputado e que é mais do que certo um aumento de votação da Missão Minho [comparação com PND em 2005], parece evidente que o desejo de eleger esse tal segundo deputado não passa de um sonho muito muito distante.

Em síntese e dado que Telmo Correia não passa de um representante da política instalada em Lisboa, sem qualquer ligação com o distrito e sem o necessário conhecimento dos seus reais problemas, votar CDS no distrito de Braga não é mais do que expurgar este círculo de deputados de direita.

8 comentários:

  1. Sabendo que Braga tem (X) lugares para ocupar na Assembleia da Républica, não podemos esquecer que para além do Manuele Monteiro (Missão Minho) também os MEP E MMS vão buscar na sua maioria votos à direita.
    Se juntarmos o BE que tem vindo a crescer e foi o que mais perto esteve de eleger um deputado nas ultimas lesgislativas, vamos concerteza ter algumas surpresas.
    Aguardemos.

    ResponderEliminar
  2. Mais do mesmo, com todo o respeito que os candidatos merecem, permitam.me conclua, Não faz qq sentido esta gente ser eleita por terras, onde só passam em campanha, pior as suas políticas obedecem aos partidos, sendo mais coisas do sistema, que pessoas a pensar e agir em prol dos cidadãos que os elegem.Chega de ser representante do partido e dizer que representa o povo que os elegeram...isso é ridículo.Temos bons políticos, mas depois esquecem-se e tornam-se meros instrumentos das Direcções partidárias,ás vezes para continuarem a fazer parte das listas...vejam como eles se guerreiam à procura duma cadeira vazia.

    ResponderEliminar
  3. Agostinho Lopes o único candidato do Minho.
    Mas como é do PCP já não vos interessa.

    ResponderEliminar
  4. Estamos a brincar...não questionar nomes é decepcionante!Qualquer um entra na Política...diz sim a tudo que os lideres mandam e tem trabalho garantido até á Reforma e com pensão choruda.Admite-se uma vida inteira sem ter profissão, vivendo de promessas! Vejam qual a Pensão dum Deputado e comparem com as dos trabalhadores...se calhar 20 vezes mais e não precisam de esperar pelos 65 Anos! Por isso todos querem estar nas listas...é o principio.

    ResponderEliminar
  5. É verdade que hoje alguns Políticos e mesmo Sindicalistas, deixaram de saber o que é trabalhar à muitos Anos, que têm das maiores reformas do País, que se limitam a bater palmas na AR quando fala um colega de bancada,mas não têm culpa, foram eleitos e cumprem o seu papel.Lá que vale a pena, se dúvidas ouvesse íamos ver a guerra de lugares nas listas...depois diz-se que ganham pouco porque só os melhores se candidatam ou devem aceitar tais lugares! Um trabalhador, normal, trabalhando em média 9 horas por dia, ao fim de 42 Anos de descontos, reformou-se com penalização e 360E de pensão.Enfim apenas um exemplo.

    ResponderEliminar
  6. Concordo com quase todos os comentários, efectivamente conheço pessoas quase sem dentes e míopes que nunca trataram dos seus problemas por falta de dinheiro.Também sei muitos nunca fizeram férias pelo mesmo motivo. Quanto a comptar livros... isso é difícil, eu mesmo já raramente o faço, enquanto à 20 Anos comprava um por semana, hoje compro em média um por trimestre.Jornais e revistas então raramente o faço.Lamento porque entendo devemos ler e procurar comparar informação e opinião.

    ResponderEliminar
  7. Deixem os Sindicalistas a tempo inteiro em Paz, deixem os Politicos em PAZ...isto se assim não fosse não tinha graça nenhuma.A gente paga eles ganham o deles e prometem fazer qualquer coisa.Os partidos gostam de comandar de fora as Centrais Sindicais, para isso nas listas infiltram os seus filiados.Depois é uma questão de tempo para pôr a máquina a obedecer.O mesmo sucede nas listas para a AR, eles terão de obedecer depois de eleitos, aos seus dirigentes Politicos...É um circulo e lá dentro o Povo vai girando ao som e voz de comando desses detentores temporários do poder.Votem em nós, porque cumprimos o que prometemos e olhamos por todos os cidadãos.Já viram tantos Democratas...

    ResponderEliminar
  8. Gostei de ler os textos e comentários, que são a imagem do próprio País, que vive já sem posses e não tem alternativa.Reformas de milhares de Euros são exemplo do desprezo de quem Governa pelo povo que vive na miséria.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores