Braga Volta a Impor-se em Alvalade

| Partilhar
O Sporting de Braga repetiu a vitória da época passada em Alvalade, consolidando o primeiro lugar na Liga Sagres. Alan e Meyong foram os autores dos golos minhotos, numa partida marcada pelo domínio bracarense. Nota muito positiva para os mais de 2.000 adeptos do Sporting de Braga que apoiaram a equipa no jogo de Lisboa desta noite.

Apesar do remate à queima roupa, não seria escandaloso se tivesse sido assinalado um penálti a favor do Sporting nos primeiros minutos da partida. Nota negativa, ainda, para a dualidade de critérios em termos de cartões amarelos, sempre em desfavor do Sporting de Braga.

Adenda - Após o jogo de Florença, Paulo Bento poderá estar de saída de Alvalade, no Público; Um pé cheio de talento, n'O Jogo.

16 comentários:

  1. Penalti? Não vimos a mesma jogada! As regras são claras: não há qualquer hipótese do jogador do Braga recolher o braço àquela distância.

    ResponderEliminar
  2. parabéns ao braga. o meu sporting não ía lá nem com esse penalti que aceito que não tenha sido marcado.

    ResponderEliminar
  3. Sim, senhor, gostei da menção ao possível penalti. Fora isso, o Braga ganhou bem.

    ResponderEliminar
  4. um suposto penalty igual e não assinalado a semana passada no jogo benfica-maritimo não teve metade do destaque. o braga mereceu ganhar sem qualquer dúvida

    ResponderEliminar
  5. não me parece penalty. ganhou, e bem.

    só que o sr paciência ainda não me convence, mas deve ser mania minha...

    ResponderEliminar
  6. Creio ter havido um Pnalti por assinalar para cada lado.Jogou quase bem o SCB, porém convenhamos o Sporting esteve mal por culpa própria na segunda parte.Ao Braga pede-se um pouco mais de garra na procura de recuperação das bolas no meio campo.Mas isto ainda é a segunda jornada...vamos ver o que vem a seguir.

    ResponderEliminar
  7. E a falta sobre o meyong dentro da área???? Penalty claríssimo.

    ResponderEliminar
  8. "Não seria escandaloso"?? eheheheh
    Escandaloso foi não ter sido marcado.

    Qualquer outra "opinião" não é séria.
    Penalty claríssimo, sem qualquer semelhança com o lance do Benfica - Marítimo, esse sim, sem qualquer falta.
    O Braga tem mérito na vitória, atenção. Assim como o Sporting muito demérito como permite aquele segundo golo, que só nos juvenis.

    Fica a dúvida sobre que rumo teria o jogo caso se tivesse assinalado aquele penalty e o Sporting se adiantasse no marcador...
    Mas igual, não seria certamente.

    GS

    ResponderEliminar
  9. GS, e o penalti da semana passada no Benfica - Marítimo, foi bem marcado? E o que ficou por marcar, a remate do Weldon, devia ter sido marcado?

    Só para tirar umas dúvidas.

    ResponderEliminar
  10. Também me pareceu claro penalti sobre o Meyong. Na reportagem da rtp é referenciado e também no jornal abola.

    ResponderEliminar
  11. Senhores Comentadores...o que aí vai, estamos no segundo jogo e tanto foguetório!Vejamos o Braga em Alvalade, jogou com o sistema de Jesus e com parte da equipa por ele construída. Receio Paciência não faça aí grande coisa.Quanto a Adriano...cuidem-se, não parece ser exemplo e o balneário pode ficar complicado.Cuidado com os empréstimos, pode ir um bom jogador e vir um complicativo.Também o jogo não foi grande espectáculo, tempo útil de jogo apenas 50 minutos.Paciência e Prudência nesta Romaria que ainda só está no princípio.

    ResponderEliminar
  12. Pedro Morgado,

    Qual falta sobre Meyong? É que não existe nenhuma. Ou está a falar daquele lance em que ele, vendo que é impossível chegar à bola, que se esgueira pela linha final, faz com que chocar com o defesa do Sporting?
    Pelo amor de deus, aquilo é penalty??? Esse truque de tentar equilibrar um erros grave de arbitragem que beneficia a nossa equipa com outro suposto erro já é velho, mas tem que existir...

    Qt aos "penaltys" do Benfica - Marítimo, foram correctamente ajuizados os dois lances: falta no 1º e nada a assinalar no 2º (como é óbvio uma vez que o jogador do Marítimo já tinha o braço no chão, para se apoiar, qd o Weldon chutou a menos de meio metro dele...).

    O que é interessante verificar é que, nesta jornada, os 3 grandes tiveram todos lances para grande penalidade por mão na bola, uns mais evidentes que outros, mas apenas o do Sporting (com 0-0 no resultado e respectivo amarelo para Moisés por mostrar), o mais evidente de todos, não foi assinalado...
    O Olarápio Benquerença tem destas coisas...

    Saudações,
    GS

    ResponderEliminar
  13. Claro...todos falam, por favor esperem só mais três semanas...depois queria que comentassem o que hoje dizem.

    ResponderEliminar
  14. Caro GS

    o penalty sobre o Meyong é claro, só você não vê! No lance da mão do jogador do Braga não se vê qualquer intenção do jogador jogar a bola com a mão e o remate é à queima. Daí considerar que o árbitro agiu em conformidade.

    Saudações braguístas.

    ResponderEliminar
  15. CAro anónimo,

    Não vejo eu (suposto penalty sobre Meyong) nem ninguém que não seja "cego", passe a ironia da expressão.

    "No lance da mão do jogador do Braga não se vê qualquer intenção do jogador jogar a bola com a mão e o remate é à queima".

    Bem, pensava que essa ideia da intenção já tinha passado à história, além do que aquilo que você vê não é o mesmo que eu vejo.

    Por isso há leis, e apesar desta não ser completamente clara, existe uma recomendação que dita que quando o braço altera a trajectória da bola dentro da área, é grande penalidade.

    Ora, é evidente que o braço do Moisés altera a trajectória da bola, que se encaminhava para a baliza e ninguém pode dizer que não seria golo.

    Acresce a isto, o facto da bola não ir tão à queima roupa como diz e o Moisés faz-se ao lance com os braços bem abertos.

    Grande penalidade inequívoca e, pelo que tenho lido, opinião unânime de todos os especialistas na matéria.

    Cumprimentos,
    GS

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores