Do Silêncio ou da Falta Dele

| Partilhar
Em 25 de Junho passado, a líder do PSD afirmou que iria «rasgar e romper com todas as soluções que têm estado a ser adoptadas em termos de política económica e social». Menos de um mês volvido, Manuela Ferreira Leite diz agora que «nunca disse que rasgaria as políticas sociais do Governo» e completou afirmando que «não há nenhuma medida anunciada por este Governo com a qual eu discorde».

Num ápice, Manuela Ferreira Leite desbaratou a margem de manobra mediática que havia conquistado com a vitória do PSD nas Europeias e voltou a confirmar a profunda inabilidade política. Bem escreveu João Miguel Tavares quando, há um ano, disse que o problema de Ferreira Leite era, precisamente, falar.

3 comentários:

  1. Esta" madame" é mais do mesmo.Basta consultar, os jornais da época,e ver que esta senhora foi um desastre como ministra da educação e na economia,sabe deus.A filosofia ultra liberal deste PSD,é a mesma que defende os disponíveis e em que os lugares de topo são ocupados pelos compadres(a maioria incompetentes).Maiorias,nunca mais.

    ResponderEliminar
  2. Esta situação ocorre não é por falar, ou falar de mais mas sim por estar sempre a querer dizer-se mal, o de querer estar sempre contra o que os outros propõem.
    Se fizerem este exercicio com outros politicos que pretendem ser governo passa-se o mesmo, basta relembrar as promessas eleitorais que não são compridas ou as propostas que são apresentadas e que não são concretizadas.
    Por isso defendo uma politica que construa pontes entre diferentes opiniões e ideias.

    ResponderEliminar
  3. Excelente constatação. Tinha-me passado a primeira afirmação de há um mês. Será sinal da "Política de Verdade" anunciada?

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores