Viana, Meca da Arquitectura

| Partilhar
Axis Viana Hotel (3)
© Pedro Manuel Monteiro

A conferir, no Jornal de Notícias e no suplemento Fugas do Público.

11 comentários:

  1. Este edifício é um atentado para um sismo de não muita intensidade! Mas não deixa de ser bonito! As forças horizontais chamam-lhe um miminho para a rotura!

    ResponderEliminar
  2. Viana é a meca.

    Mas nós temos obras publicas ganhas sempre pelas "empresas amigas", ao preço da "uva mijona".

    Só que depois acabam com canteiros ao longo de 300 metros, Templo Romanos enterrados.

    Temos ainda a outra face, as obras privadas de Hoteis pseudo 5 estrelas, com postes de alta tensão ao redor, e um enorme número de novos prédios por habitar, que por curiosidade mais de metade foram construídos pelas empresas amigas...

    Assim como as epstaculares urbanizações da década de 80 e 90, muitas delas construídas por "amigos"

    E esta hein!?

    Assim continuaremos?

    ResponderEliminar
  3. Acha que sim anónimo? Percebe do ramo? Conhece o projecto?

    Vou dar-lhe um exemplo de edifícios que se desintegram com um sismo de média densidade.

    Conhece o empreendimento da Duarte & Filhos em Lamaçães? Pois bem, quando não se quer "canhotos" de vigas no tecto e para prevenir sismos fazem-se as lajes maciças directamente apoiadas nos pilares (comum em Lisboa). Nesse empreendimento, as vigas interiores são rasas, têm a altura das lajes e são 2 a 3 vezes mais largas que os pilares onde apoiam.

    Agora, os meus 25 anos de Eng.º Civil convidam-no a tirar as suas conclusões.

    ResponderEliminar
  4. (sou o anónimo das 15:59 - esqueci-me de assinar)

    Os meus 21 anos de engenharia também me permitem me dizer o que disse! E continuo a dizer!

    A resposta é muito simples: CR muito diferente de CG (se é engenheiro sabe do que falo e quando assim é as coisas podem-se tornar graves). No entanto caríssimo colega gosto muito do edifício em questão. Uma peça muito bonita de arquitectura mas muito feia de engenharia!

    Quanto ao empreendimento que fala não conheço a execução e por isso não falo do que não conheço!

    João Pinheiro

    ResponderEliminar
  5. É notável todo este ponto de referência que se criou à volta destes edifícios, siza, tavora e em breve souto moura. Procurado por amantes da fotografia, da arquitectura e pelo simples olhar do senso comum estes edifícios captam olhares de muitas gentes.

    Sendo um frequentador assíduo destes espaços...já que trabalho num edifício do Távora - Viana Welcome Center ou Posto Municipal de Turismo para alguns....Apenas aponto que esta "meca da arquitectura moderna" deveria se tornar como um ponto de atractividade de animação, ou seja, o que se passa é que esta praça está "morta" não há gentes, os espaços que existiam nesta praça....70% estão fechados...em breve os serviços como tribunal, finanças, entre outros vão passar para a Praça da Liberdade, mas será que isso vai trazer vida a estes espaços que são criados não só para ser admirados mas para se "encherem" de gente?!
    Não sou aruitecto....mas pergunto ....qual a finalidade de obras como estas?

    ResponderEliminar
  6. Esta imagem é do Hotel Axis de Viana. Bem mais exemplificativo da "Meca da arquitectura", é todo o projecto que envolve a nova Praça da Liberdade, a nova biblioteca, a marina, etc, o que realmente deu o nome de Meca a Viana:) Como já foi escrito, a simbiose perfeita entre o rio, a cidade e a encosta de S. Luzía.

    ResponderEliminar
  7. E esqueci-me ainda de dizer...
    O hotel é óptimo e aconselho! 5***** com preço/qualidade muito acima de qualquer 5*.

    João Pinheiro

    ResponderEliminar
  8. Um pequeno reparo.

    Não há gente ?

    Honestamente não está à espera que num espaço aberto e perto do mar em pleno inverno, esteja cheio.

    No entanto aos fins de semana nomeadamente quando o tempo ajuda como foram o fim de semana de 14 e 15 de Março eram milhares e não é nenhum exagero as pessoas que por lá andavam (as esplanadas falavam por si).

    Os espaços fechados é verdade, mas estes pertencem à administração central, que apesar de já estarem a pagar ainda não se instalarem.

    Mas dou-lhe uma pequena novidade vai abrir novamente o "Tromba Rija" agora com outra gerência.

    Infelizmente, este espaço sofre muito directamente como poucos a crise instalada. Todos temos que esperar.

    Mas o que é importante é que é um espaço único de uma qualidade única como se ouve dizer particularmente a quem vem de fora, até porque são pessoas completamente isentas.

    Uma pequena ajuda quanto ao Hotel Axis, leiam o artigo sobre o mesmo na revista Happy Woman e perceberam e do qual transcrevo um pequeno texto

    "Ia preparada para a novidade e suspresa. Afinal tratava-se do hotel mais moderno do país. Contudo, a prevenção antecipada revelou-se ineficaz. Porque é muito mais do que o futuro e modernidade. Apaixona. Vicia. Deslumbra....

    De um Vianense e Alto Minhoto

    ResponderEliminar
  9. Viana, Meca da Arquitectura, o edificio até é bonito do ponto de vista arquitectónico mas todo o resto da sua envolvente deixa a desejar. Para ajudar a meca agora temos mesmo ao lado o Mc drive, sempre deve ser mais barato que o Meca da arquitectura.
    Quanto ao movimento de Viana, é pena ter que esperarmos pelo o verão para ver gente a passear na rua. Ao contrário de muitas outras cidades. Aproventei e abandonem definitivamente o centro da cidade ... talvez fique como o edificio do 1º de Maio.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores