Europa, Felizmente!

| Partilhar
«O Tribunal europeu dos direitos do homem condenou hoje Portugal por ter proibido, em 2004, a entrada nas suas águas territoriais de um barco fretado por organizações favoráveis à despenalização do aborto.» [Público]

3 comentários:

  1. Pedro,

    Se fores procurar o documento do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos em que condena o Estado Português, apenas o faz por ter limitado a liberdade de expressão, associação e circulação, ao não deixar o barco e quem ia a bordo aportar para fazer a campanha pela legalização do aborto que era suposto fazer e não pelas razões que levaram o Governo a impedir a sua entrada...

    ResponderEliminar
  2. Quem eram os governantes na altura? que esta situação fique bem clara...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores