Morrer na Praia

| Partilhar
92 minutos e 19 segundos, golo de Ronaldinho: o futebol também se tece deste travo amargo de morrer na praia. Ainda assim, foi necessário colocar alguns dos melhores do mundo para vergar um Braga fabuloso em San Siro.

Ainda assim, o Sporting de Braga quebrou o recorde do Benfica e tornou-se no clube português com mais vitórias consecutivas nas competições europeias e Eduardo quebrou o recorde de Vítor Baía e tornou-se no guarda-redes português que esteve mais tempo sem sofrer golos nas competições europeias.

O futebol é isto. Viva o Braga!

12 comentários:

  1. Confesso que me fica a azia da "vitória moral".
    (Eu não faria melhor mas...)O= Renteria deixa-me os cabelos em pé!
    Grande Braga!

    ResponderEliminar
  2. Esse record só vale se contares com a Intertoto, a UEFA não conta e, como tal, o record do glorioso mantém-se.

    Noite infeliz das equipas portuguesas.
    É triste, existe, deve ser fado...

    ResponderEliminar
  3. Caro João Marques,

    Lamento decepcionar-te mas não tens razão. O clube da tua cidade é mesmo aquele que, entre os clubes portugueses, tem mais vitórias consecutivas nas competições europeias.

    Se reparares no site da UEFA são listados os jogos da Taça Intertoto como partidas oficiais. Obviamente.

    Quando se regista um recorde não interessa se foi contra o AC Milão ou contra o Alguidar de Baixo, o que interessa é que o Braga somou 7 vitórias consecutivas em 7 partidas oficiais.

    O mesmo se aplica ao recorde do Eduardo. É oficial e é mesmo do Braga.

    ResponderEliminar
  4. Não se podem falhar tantas oportunidades a este nível..
    O que fica para a histório infelizmente é apenas o resultado...

    BragaSempre
    http://braga-sempre.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Parabéns, mesmo tendo perdido, mostraram que o Braga tem de facto uma equipa equilibrada e sofrer um golo no ultimo minuto....
    Mesmo sendo eu um Vitoriano, confesso que não me custa nada vir aqui dizer que o empate era um resultado histórico e esteve ao alcance do Braga.
    Sei bem o que custa perder nos últimos instantes. Foi assim que a Champions nos fugiu com um golo mal anulado ao Roberto.

    ResponderEliminar
  6. Obrigado, caro jotafundador. Também aqui lamentámos esse golo anulado transbordante de injustiça.

    ResponderEliminar
  7. Estou mal disposto, não me contento com vitórias morais, não dão pontos e isso é que conta. E um avançado que quase marca muitos golos é igual a um guarda redes que quase defende muitos penaltys...
    De qq modo a atitude foi fantástica, é preciso que se mantenha nos próximos jogos

    ResponderEliminar
  8. OBRAGAÉNOSSOATÉMORRER7 de novembro de 2008 às 01:06

    Do AC Milan fica um enorme odor a mijo. O Sp Braga é apenas um... ENORME!

    ResponderEliminar
  9. Para o Benfiquista aí de cima:

    Eduardo bateu recorde com 15 anos

    Foram precisos 15 anos para que o recorde de imbatibilidade de Vítor Baía fosse batido, estando agora cotado em 723'. Aos 54' do jogo de ontem, em San Siro, Eduardo atingia a meta de estar qualquer coisa como 684' sem sofrer qualquer golo em jogos das competições europeias.Notável, sem dúvida. O recorde, que pertencia ao guarda-redes do FC Porto, foi conquistado entre Março e Novembro de 1993. Não fosse o grande golo de Ronaldinho, no último minuto do tempo de descontos, e Eduardo juntava o seu nome ao de mais dois guarda-redes que saíram de San Siro sem ver a bola entrar nas respectivas balizas: Fonseca pelo FC Porto, contra o Milan, e Pudar pelo Boavista, contra o Inter.

    Além do recorde do guarda-redes, o Braga bateu um outro: estar mais de 633' - marca que pertencia ao FC Porto - sem sofrer golos nas competições europeias. Neste registo, juntam-se os 12 minutos que Kieszek esteve sem sofrer na época passada.

    http://www.ojogo.pt/24-260/artigo759356.asp

    ResponderEliminar
  10. P'ra lamparina lá de cima:

    Infeliz foi a noite do Braga que podia facilmente ter ganho ao Milan(!) em San Siro(!) e acabou por sofrer uma grande injustiça...

    Vocês, vocês não foram (são) infelizes, vocês foram (são) apenas uns tristes...

    ResponderEliminar
  11. OBRAGAÉNOSSOATÉMORRER7 de novembro de 2008 às 11:52

    Pelo menos ficámos com a certeza de que o BRAGA pode bater-se com qualquer equipa do mundo, jogando olhos nos olhos, cara a cara, disputando o resultado até ao fim.
    VIVA O BRAGA!!!!!!!!!!! MORTE AOS PROVINCIANOS DA PROVÍNCIA!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  12. Força Braga! Estamos a crescer e isso custa muito, em especial aos lampiões cá do burgo...

    Espero que cada vez mais se sintam pior em Braga...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores