Alta Tensão em Braga

| Partilhar
« A revolta popular foi motivada pelo arranque das obras para colocação de um poste nos terrenos da vivenda que o empreiteiro Domingos Névoa possui em frente ao espaço de construção daqueleque será o Hotel Meliá de Braga. Apesar de instalado no terreno do construtor, o poste fica a menos de 10 metros de várias moradias, distância que é bem menor do que a que o separa da residência do empresário bracarense.» [Diário do Minho]

Ao que parece, a intenção inicial de enterrar as linhas de muito alta tensão para permitir a construção do Hotel Meliá foi abandonada. Incompreensivelmente, os monstros de metal estão a ser transferidos para terrenos de Domingos Névoa, ficando a escassos metros de algumas habitações em Nogueiró.

A ver se eu percebi bem: o que não serve para ficar junto ao hotel pode arrumar-se junto às casas daquela gente? Desengane-se quem pensou que já viu tudo nesta cidade... Por aqui, o inacreditável não pára de acontecer.

3 comentários:

  1. Ainda a semana passada passei lá perto e comentei sobre o poste de alta tensão. Disseram-me que seria para enterrar, pois visivelmente é muito complicado construir o que quer que seja (quanto mais um Hotel) nas imediações do mesmo.

    Mas será possível?

    ResponderEliminar
  2. Bem fazendo as contas, o respectivo empresário recebe uma boa maquia de dinheiro já que está a gastar muito no processo de que é alvo(possivel corrupção)e o poste fica mais próximo dos outros do que de ele...
    resultado: Negócios á português

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores