O Aeroporto do Minho

| Partilhar
O poder centralista de Lisboa tem recusado a entrega da gestão do Aeroporto Francisco Sá Carneiro a um consórcio liderado por empresários do Norte, num processo muito apoiado e mediatizado pelo Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Rio. Os empresários oferecem mil milhões de euros pela concessão por trinta anos de um aeroporto que, segundo a própria ANA, dá prejuízo.

No apoio às intenções dos empresários nortenhos, António Marques, Presidente da Associação Industrial do Minho, fez questão de realçar que «em questões estratégicas de importância para o Norte do país, o Norte fala a uma só voz.» Mas já alguém ouviu a voz dos líderes políticos do Minho sobre esta matéria?

Adenda - Por estar de férias não tive conhecimento da tomada de posição de Ricardo Rio, líder do PSD/Braga, sobre esta matéria. Fica a rectificação.

11 comentários:

  1. Os líderes políticos do Minho têm voz?

    Essa é novidade... :)

    Já todos sabemos que os políticos do Porto fazem ao Norte aquilo que os políticos de Lisboa fazem ao País.

    Enquanto os políticos Minhotos (e não só) não derem um grito de revolta (e não estou a ver a dar), o Minho ficará sempre penalizado pelas escolhas dos políticos.

    ResponderEliminar
  2. Os líderes ouvem-se quando falam!

    Alguém ouviu o Machado sobre o papel de merda que foi destinaado a Braga pelo PRACE?
    Claro que não; mas o Mesquita alguma vez falou sobre tal coisa?

    ResponderEliminar
  3. http://econominho.blogspot.com/2008/08/gesto-do-s-carneiro.html

    ResponderEliminar
  4. Só um cego é que não vê que as viagens lowcoast é o futuro.
    Em vez de Aeroportos mégalomanos façam antes vários aeroportos mais pequenos tipo charleroi Bélgica (http://www.charleroi-airport.com).
    E Braga seria um local estratégico para o minho.
    http://euvibraga.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. em vez de estarem paroquialmente (como sempre) a pedir um "aeroporto" para o Minho deviam estar a fazer força para que seja construída uma pequena ligação ferroviária para conectar directamente o ASC a Famalicão, Guimarães e Braga.Brga ficaria a escassos 30 minutos (ou menos) da porta do aeroporto sá carneiro. Duvido que consigam um local mais bem estrategicamente localizado do que Moreira da Maia. Mas enfim... muitos em Braga continuam a tirar ideias directamente do intestino grosso. Por alguma razão a cidade se resume cada vez mais à Rua do Souto e Praça da República...

    ResponderEliminar
  6. Caro António Alves,

    Penso que não leu bem o post. Nele dou apoio à privatização do ASC e, como já tenho dito, defendo ligação ferroviária directa de Braga ao ASC e ligações regulares entre Braga, Famalicão e Guimarães.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  7. Um aeroporto aqui (Braga) só se justifica quando o ASC atingir os limites, ou caso, por algum milagre, apareça um grupo privado com essa vontade para fazer concorrência ao ASC.
    Agora o que os bracarenses podem fazer é ir reservando uns terrenos para quando o ASC esgotar termos tudo para puxar o 2º aeroporto do norte para aqui. (o pdm termina no dia 31)
    Já é mais que sabido que o actual aerodromo não dá para mais, deixaram construir casinhas à volta... Mas sinceramente no concelho de Braga (melhor, em todo Minho) não vejo local livre para tal. Só com algumas demolições.

    Caro Antonio Alves, eu não conheço ninguém em Braga que não queira uma ligação, por comboio, ao ASC. Nós bracarense só ficariamos a ganhar, e com sorte até ficariamos com uma ligação mais rápida ao aeroporto que o próprio Porto (visto que o metro para em tudo quanto é bairro).

    ResponderEliminar
  8. caro pedro morgado,

    penso que não leu bem o meu comentário. dirigia-me a alguns comentaristas e não a si. aliás, concordo com o seu post.

    ResponderEliminar
  9. caro caeser,

    espero bem q sim. estou consigo nessa luta. o Porto, para ter uma ligação ferroviária ao ASC, para além da do metro, basta-lhe um pequeno ramal de 2 quilómetros. a distãncia que separa a linha de leixões do ASC. Além do Porto, mais ainda Aveiro e Coimbra beneficiariam de tão pequena obra.

    ResponderEliminar
  10. ahhh... e quanto a novos aeroportos. seria mais inteligente colocá-lo no eixo Aveiro-Viseu-Coimbra

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores