Laicos, Mas Pouco

| Partilhar
«Os socialistas afirmam não perceber «como é possível» que a autarquia organize um espectáculo de folclore no dia da peregrinação à Senhora da Fé. Realçando que na peregrinação «participam milhares de vieirenses» e que manda a tradição que a festa decorra durante todo o dia e seja animada por bandas filarmónicas durante a tarde, a secção de Vieira do Minho do PS sugere que só «a falta de organização» dos eventos da Câmara ou a «vontade de esvaziar» a festa religiosa pode justificar que uma autarquia presidida por um sacerdote organize uma actuação de ranchos folclóricos na vila.» [Diário do Minho]

Depois da organização de peregrinações à Nossa Senhora de Fátima, o Partido socialista, laico e republicano continua a surpreender ao indignar-se pelo facto das actividades culturais promovidas pela autarquia de Vieira do Minho, presidida por um padre, poderem retirar clientes a uma peregrinação religiosa. Não admira que Alegre e Soares se sintam desapontados com um Partido Socialista que, além de ser o mais conservador da Europa, ainda renega alguns dos princípios fundamentais que lhe deram origem. Eleitoralismo a quanto obrigas.

6 comentários:

  1. Só para agradecer ao jovem o artigo.
    Obrigado!

    ResponderEliminar
  2. O PS descobriu a formula para ganhar todas as eleições...

    Fazer a politica do PSD neutralizando parcialmente a sua base de apoio (o célebre "centro")e agitando algum lado social que faz com que tenha ainda um forte apoio dos pobres que têm medo de votar do PCP e não são intelectuais apoiantes do Bloco...

    ResponderEliminar
  3. Estes "Chuchas" são um espanto.Que raio tem a ver uma coisa com a outra.O povo não pode ter liberdade de escolha?

    ResponderEliminar
  4. SEmpre a surpreender este PS. Têm uma gaveta enorme! Depois de la meterem o socialismo agora já meteram o laicismo.

    ResponderEliminar
  5. RTP privatizada já! LOL3 de junho de 2008 às 23:36

    Um partido plural é assim.
    Até o Alegre vai agora aos comícios do Bloco de Esquerda.
    Estamos a viver uma verdadeira revolução nos partidos, fiquem sintonizados!

    ResponderEliminar
  6. Não me admira a posição do PS de Vieira.
    Surpreende-me é a atitude do padre/presidente, que não podendo classificar-se de anti-religioso, promove uma iniciativa susceptível de poder concorrer com um acto religioso (nem sei se a Senhora da Fé ocorre na vila ou eventualmente em freguesia distante, apesar de viver em Braga há mais de 35 anos, mas ter nascido em Vieira (Mosteiro) e lá ter todos os meus antepassados...).
    É que o padre/presidente só terá assim agido porque saberá que há publicos para os eventos, isto também sem saber se a jornada de folclore coincide com algum momento festivo local...

    É o que se chama ser mais papista que o papa (O PS...)

    Mas não me surpreende a reação do PS porque ela é coerente com o que é feito a nivel nacional, pretendendo sempre sempre esvaziar o PSD por via da sua politica neoliberal, para assim se eternizar no poder.

    Mistura explosiva é: politica de direita para penetrar no eleitorado do centro porque a esquerda sempre lhe dará o seu voto porque nunca cai para o PCP por razões culturais nem para o Bloco de Esquerda em razão do seu isolamento intelectual...

    Mais pragmatismo é impossivel!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores