A Estátua

| Partilhar
Ainda há umas horas, o "Não" reunia 51% das escolhas. De repente, o site do Diário do Minho foi invadido por efusivos apoiantes do cónego que colocaram "Sim" e "Não" em igualdade percentual.

O instrumento está longe de ser um bom aferidor das preferências dos bracarenses, mas não deixa de surpreender que no espaço virtual do jornal da Arquidiocese haja tantos opositores à empreitada. Seja como for, não vejo nenhum motivo para erguer no espaço público uma estátua ao cónego enquanto muitos ilustríssimos bracarenses continuarem sem idêntica homenagem.

25 comentários:

  1. Já se sabe que o homem vai ter um estátua mais cedo ou mais tarde com o beneplácito de MM.

    ResponderEliminar
  2. Deixem-me fazer uma sugestão para o problema da estátua do cónego Melo.Pelos vistos a estátua está pronta. O homem é capaz de merecer a estátua pelo que fez. As esmolas que deu e as que ganhou. Pelos afilhados que tem, pelas obras que realizou, pelo Sporting de Braga, pelos hoteis do Bom-Jesus,pelo ISAVE, pelo baile que deu ao COPCON, pelas irmandades do São Bento e do Sameiro. O cónego Melo não é na verdade um ser amorfo na cidade de Braga. Merece, como outros uma estátua com a diferença de que a dele já está pronta e para os outros nem bronze há ainda. Por isso ponham lá a estátua no único sitio onde fica bem-NO SAMEIRO.

    ResponderEliminar
  3. Porque razão a estátua do Cónego se encontra num armazém da Câmara Municipal?

    Será que também posso lá guardar as tralhas que tenho na garagem?...ou é só para os amigos?!

    ResponderEliminar
  4. Avelino Ferreira Torres já um estádio e uma avenida no Marco de Canaveses.
    Não era de bom tom oferecer-lhe uma estátua (em vida) na cidade de Braga?
    Gosto desta gente humilde que aceita estátuas. Em vida, pois claro.
    E se as aceita é porque as merece.

    ResponderEliminar
  5. Porque cada estátua vale o que vale, nâo considero importante que "os tipos da massa" cá do burgo, tenham vontade em ter uma estátua dum amigo, admiro-me seja a do cónego quando seria mais lógica a de Salazar.É o entendimento e o sentido de alguns sobre humanismo, humildade e solidariedade para com os que mais precisam...

    ResponderEliminar
  6. Por que não colocam a estátua nos terrenos da Igreja? De preferência num local escondido.
    Mas...o Arcebispo estará de acordo?
    Gostava de saber a sua (do D. Jorge) opinião.

    ResponderEliminar
  7. se a estátua for feita vamos recorrer ao instrumento preferido do cónego: A BOMBA!

    ResponderEliminar
  8. A estátua do Cónego Melo chora lágrimas de sangue!

    Louvado seja o Senhor e a Virgem Santíssima!

    ResponderEliminar
  9. Porque haverá só anónimos a comentar? Receio de serem identificados?

    Ontem fui votar ao sítio do Diário do Minho, e verifiquei a votação entre os apoiantes da estátua (em terreno da Igreja ou noutro) e os seus opositores estava empatada (50% - 50%). Hoje, os opositores estão 8% à frente. Num total de mais de 10700 votos, é de estranhar esta evolução tão rápida dos números.

    Mas estes inquéritos valem o que valem: nada.

    ResponderEliminar
  10. Quem é o Tiago Laranjeiro?...um ilustre anónimo?!

    Também os registos valem o que valem....digo eu!

    ResponderEliminar
  11. Segundo o dicionário Priberam (http://www.priberam.pt):


    anónimo


    do Lat. anonymu < Gr. anónymos, sem nome

    s. m.,
    aquele que não assina o que escreve;
    adj.,
    sem nome de autor, que não é assinado;
    diz-se da sociedade comercial que é apenas representada por um título.


    O nome com que assino é o que consta no meu Bilhete de Identidade, embora lá esteja mais completo.

    ResponderEliminar
  12. Segundo o "Novo Dicionário Compacto de Língua Portuguesa" de António de Morais Silva, que digamos, é um "bocadinho" mais completo que o Priberam, designa assim a palavra anónimo:

    Anónimo, adj. Sem nome; sem assinatura /Sem dominação/ Diz-se da sociedade comercial que não é designada pelo nome de nenhum dos associados. /S.m. Aquele que não assina o que escreve. /Aquele cujo o nome não é conhecido/ Pequeno quadrúpede da Líbia, com orelhas largas e compridas.

    Compreende agora o que eu queria dizer com "anónimo"?!
    Se quiser eu dou-lhe uma pista: Não é o pequeno quadrúpede da Líbia

    ResponderEliminar
  13. Creio que também não será da sociedade comercial que não é designada pelo nome de nenhum dos sócios.

    Estes são os seus 15 minutos, caro Anónimo. Talvez os meus já tenham sido, ou nunca cheguem a ter lugar, mas não me escondo no meio da multidão, daí atirando pedras sem se saber quem sou. Se não sou conhecido, tanto melhor. Aqui dei a cara, ou o nome. E o dono deste espaço conhece-me - não só de nome -, sabe onde ir para comigo tirar satisfações.

    ResponderEliminar
  14. Ainda eu, o mesmo anónimo.

    Para sua informação, o detentor deste blog tem acesso aos IPs dos comentadores, ou seja, é muito fácil identificar quem comenta.

    Para além disso, não estou registado porque não me apetece. (isto para além de não querer fazer sombra ao Pedro Morgado...Estou a brincar!).

    Não tenho problema nenhum em dar a cara quando for preciso, aliás, dei-a em actos públicos quando da primeira "ofensiva" para a colocação da estátua....sem nenhum tipo de problemas...Era o que faltava!

    Mais, conheci o Cónego pessoalmente (infelizmente!), por razões profissionais, sem nunca esconder a minha opinião em nenhuma circunstância.

    ResponderEliminar
  15. Estou em crer que não terá sido o sr. Anónimo o autor dos 8 comentários anteriores ao meu, nem nos mais de cem que o Cónego já motivou desde o seu falecimento, por aqui.

    Já agora, o Pedro Morgado tem acesso aos IP's, sim, mas nunca à identidade de quem se encontra por detrás deles... Serve, às vezes, para identificar este ou aquele comentador, dado vir de determinado local. Daí a chegar-se à pessoa, vai uma longa e custosa caminhada.

    Quanto à suposta campanha pela estátua, não vejo qualquer problema. E se D. Jorge gosta ou não da ideia, são contas de outro rosário. Opiniães todos temos.

    ResponderEliminar
  16. Ainda o mesmo anónimo (Cada vez menos anónimo).

    Faço minhas as palavras do anónimo das 10:24.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  17. Eles aproveitam tudo para publicitar os seus blogs, tão certinhos, tão bem feitos,os maiores que ninguém comenta ou pura e simplesmente se "borrifa" para o que eles escrevem e vai daí, bota bordoada nos anónimos, que se atravessam a discutir e opinar cidadania (obrigado Pedro).
    Não satisfeitos ainda lançam laranjas à cabeça assegurando que os IPs podem ser identificados (com verdadeiro trabalho de bufo) e o quadrúpede passa a bípede identificado.
    Quanto à estátua já botei palpite e enquanto não tiver uma estátua equestre na cidade sou contra todas as outras.

    PS: já me esquecia. Em que pé está/rá a arvore de Gualtar?

    Toninho Regadas

    ResponderEliminar
  18. Vou deixar de ser anónimo, vou assinar como qq coisa.Mas talvez seja melhor esquecer o que li e partir para outro lado.Passem bem acabo aqui como anónimo e não só.Fiquem bem e bom proveito.

    ResponderEliminar
  19. Aos anónimos peço entendam, as pessoas gostam de mediatismo, a fama, o nome, o dizer...escrevi e disse, é importante para muitos.Vamos ter paciência e entender esta forma"genuína" de ser Português.Participem nunca digam sim por mêdo ou receio, assumam com frontalidade e lealdade as vossas ideias e opiniões.Fácil será sempre dizer sim...

    ResponderEliminar
  20. Aos anónimos peço entendam, as pessoas gostam de mediatismo, a fama, o nome, o dizer...escrevi e disse, é importante para muitos.Vamos ter paciência e entender esta forma"genuína" de ser Português.Participem nunca digam sim por mêdo ou receio, assumam com frontalidade e lealdade as vossas ideias e opiniões.Fácil será sempre dizer sim...

    ResponderEliminar
  21. Por solidariedade a academia de braga vai substituir o enterro da gata pelo enterro da estátua e assim acaba a polémica e sai mais barato do que se fosse destruída á bomba ou de outro jeito.

    ResponderEliminar
  22. Deixem a estátua em Paz.Se o povo a quer nada a fazer.Então não é caso idêntico ao do Museu de Santa Comba? Os Monumentos têm um significado.

    ResponderEliminar
  23. O melhor lugar para a estátua é o Largo da Estação...assim os visitantes, podem admirar a obra à chegada .

    ResponderEliminar
  24. O melhor lugar para a estátua é Rotunda de Celeirós...assim os visitantes, podem admirar a obra à chegada.

    ResponderEliminar
  25. O melhor lugar para implantação da estátua é o cimo do monte do picoto.Assim toda a cidade o"venera",a não ser que o lugar esteja reservado para outro"famoso"

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores