Avenidas Breves

| Partilhar
José Saramago diz que «falta em Portugal espírito crítico». Penso que nisso estamos todos de acordo.

Alfredo Maia, presidente do Sindicato dos Jornalistas, veio a Guimarães dizer que os «maus jornais levam à criação de blogues». Penso que nisto também estaremos todos de acordo.


«Braga: O Comércio Está no Centro» é o mote da nova campanha que invadiu a capital minhota. Sejam quem forem os seus autores, nota positiva para o impacto.


Chegou o novo site do jornal "O Balcão". O novo figurino, quer pela forma quer pelos conteúdos disponibilizados, parece suplantar as edições online dos diários minhotos.

7 comentários:

  1. O meu jornal já explicou que esta coisa do Comércio está no centro era um compromisso da associação Comercial no âmbbito do Urbcom. A campanha devia ter sido feita no natal, quando a câmmara acabou a obra da rua D. afonso Henriques. Só que o Órfão Vilaça quis arastá-la para agora, fazendo de conta que estava a anunciar aquela coisa da câmara sobre o passado romano da cidade. Como nunca a ACB participou naquele evento, e ficou envergonhada, arranjou assim forma de fazer d conta que participa na Braga Romana. O que irá fazer mais agora o órfão Vilaça?

    ResponderEliminar
  2. Claro que o Comércio no Centro da Cidade seria o ideal, mas estará a própria Camara interessada?

    ResponderEliminar
  3. A mim só apetece comentar o Alfredo Maia. Sim, esse... que dá um tiro nos pés a cada duas frases proferidas...

    Fica-lhe bem criticar os jornais, tentando atingir os proprietários, como que a querer esquecer que os jornais são dirigidos exclusivamente por jornalistas.

    E já agora... por que raio é que os blogues são motivados por maus jornais?

    Até entendo a relação causa/efeito conjecturada, mas não será ela redutora do fenómeno blogosfera?

    Não haverá blogues motivados por vazio mediático (e isto não é mau jornalismo), por vontades alternativas, por manifestação de bairrismo, por... etc...etc...etc...?

    A minha opinião, apenas...

    ResponderEliminar
  4. Quem parece não estar interessado no comércio no centro de Braga é o Cónego Vilaça.
    Basta atentar no trabalho desenvolvido pela ACB nos últimos anos. Só existe para os concelhos vizinhos de Braga. E vêm agora com esta campanha que em termos de comunicação não tem ponta por onde se lhe pegue.
    Comerciantes de Braga, exijam mais desta malta! Eles que cuidem das vossas verdadeiras preocupações.

    ResponderEliminar
  5. Como a campanha lançada "fora de tempo" o diz, há dois milénios que o centro de Braga é a capital do comércio, e certamente que não será pela animação que o ACB faz no centro, ou pelo investimento feito em uma plataforma em Vila Verde, que serve tudo menos Braga, e tudo menos o seu comércio.

    O que faz afinal a Associação Comercial de Braga, pelo comércio tradicional?
    - Formação a peso de ouro
    - Exposições em Vila Verde
    - Sessões partidárias
    - Folhetos distribuídos fora de tempo para justificar dinheiros recebidos e claramente mal utilizados

    ResponderEliminar
  6. Parabens pelo novo site do "O Balcão".

    ResponderEliminar
  7. Braga carece de um jornal com impacto Nacional.Algo que desfaça ou melhor seja alternativa aos actuais periódicos demasiado limitados pelos apoios que recebem e pelo regionalismo e interesses que representam.Direi o mesmo quanto à própria Universidade que necessita ser confrontada por uma Universidade Católica com mais Cursos, tornando assim o ensino no Minho, mais competitivo e com alternativas especialmente em cursos de letras, onde não sejam necessários laboratórios para experimentações.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores