Projectos 11 | Avenida da Liberdade

| Partilhar
Projecto de Requalificação da Avenida da Liberdade
© CMB

O projecto de prolongamento do túnel da Avenida da Liberdade vai avançar. Tal como já tive oportunidade de afirmar, trata-se de um excelente investimento para o futuro da cidade.

O elevado tráfego que diariamente desemboca no túnel da Avenida da Liberdade condiciona altos níveis de poluição atmosférica e sonora que é necessário combater. Ainda recentemente, Miguel Bandeira lembrou que «o túnel matou a Avenida da Liberdade» e a própria autarquia assume que a sua saída «impede o bom uso daquele espaço por parte das pessoas, dada a cisão que gera sobre os dois lados da avenida».

O projecto de requalificação da Avenida da Liberdade incluirá a requalificação parcial da superfície da Praça da República, o prolongamento do túnel e requalificação de superfície da Avenida da Liberdade, a requalificação de superfície do largo Dr. João Penha e a renovação urbana de tramo da Rua 25 de Abril. Projectos que servirão para imprimir um novo dinamismo a toda a área Norte de uma das mais importantes Avenidas da cidade. Por outro lado, enquanto a rede de transportes públicos não é reforçada, o aumento da área pedonal afigura-se como uma solução muito interessante para melhorar a convivência entre os peões e os automóveis.

«Requalificação parcial de superfície da Praça da República
A intervenção proposta consiste no prolongamento da Praça da República através da reformulação da zona ajardinada, alargamento/rep
osicionamento de escadaria existente e reformulação de pavimentos.

Prolongamento do túnel e requalificação de superfície da Avenida da Liberdade
Consiste na extensão do túnel desde o topo norte da Avenida da Liberdade recolocando a saída do túnel a sul do cruzamento da Avenida da Liberdade com a Rua do Raio. A nova plataforma a criar permite ampliar e prolongar a zona pedonal já existente para a Avenida da Liberdade, área nobre pontuada de inúmeros equipamentos relevantes no contexto cultural, social e comercial da cidade.


Requalificação de superfície do largo Dr. João Penha
Genericamente, consiste na criação de uma baia de estacionamento destinada aos Transportes Urbanos de Braga e reformulação da área ajardinada, de modo a criar zonas de espera e, consequentemente, um espaço de usufruto para a restante população; zonas de espera que serão cobertas através de estrutura metálica modelada.

Renovação urbana de tramo da Rua 25 de Abril
Consiste na criação de uma baia de estacionamento destinada a Transportes Urbanos de Braga, redefinição das larguras/concordantes dos passeios e pavimentação de faixas de rodagem.»

27 comentários:

  1. Pedro, pessoalmente não acho que o prolongamento do tunel seja a melhor solução, mas também é verdade que não encontro outra. Acho que o comércio tradicional vai sofrer bastante com esta alteração, porque os bracarenses estão demasiado habituados a ir ao centro e deixar o carro em 2ª fila para tratarem do que quer que seja. Espero sobretudo que as obras não se arrastem eternamente como é comum nesta cidade. O trânsito na avenida da liberdade está a tornar-se um problema (ou melhor, já é) e mais um ou dois anos de obras vai ter um impacto muito profundo na vida comercial do centro da cidade. Esta medida devia avançar na mesma altura em que o projecto do eléctrico pudesse também fazer parte integrante dessas alterações, pois ir ao centro sem carro, não é normal em Braga.

    ResponderEliminar
  2. Completamente de acordo! O prolongamento da área pedonal até à rua mais abaixo (que não me lembro o nome) é genial!
    Braga pode carecer de estacionamento em Rua e a área pedonal quase ser execessiva, mas neste caso é uma mais valia.

    Uma avenida como a da Liberdade, nos termos em que se encontra, é obsoleta, mal pensada, com limites estranhos, desorganizados e impeditivos de um bom uso por parte dos cidadãos.

    Mas tenham em conta... as obras vão demorar muuuito tempo!


    [Acho engraçado aquele pormenor, em frente ao Theatro Circo de abrirem o àngulo daquelas coisas a laranja. Serão bancos ou bancas?]

    ResponderEliminar
  3. Claudette,
    quanto à demora da obra, quero dizer-te que ouvi agora na rádio o Mesquita a falar numa duração de cerca de um ano e que as propostas de trânsito em quanto estas durarem é um dos ítems a avaliar em sede de concurso.
    Disse também que prevê a conclusão desta importante obra em Abril do próximo ano...
    Ora, devemos ter em conta que em 2009 há eleições autárquicas e o Mesquita já tem a tradição de inaugurar obras de relevo alguns meses antes. Este facto, pelo menos, dá-nos algumas garantias de que estará pronta em prazos razoáveis.
    Apesar dos transtornos que vai causar, temos que admitir que é uma intervenção que muito vai dignificar, estou convencido, esta zona nobre da cidade.
    Que se faça depressa, é o que espero.

    ResponderEliminar
  4. Parabéns, Pedro.
    Esta foi bem sacada. ainda o home não falou e o Avenida Central já está a falar da vizinha do lado, a da Liberdade.
    Assim é que é.
    Deixa-me só dizer: não dá ainda para pereceber muito bem como é que aquilo vai ficar, mas só o facto de atirar o túnel lá mais para baixo, já merece o meu aplauso.
    Força Mesquita

    ResponderEliminar
  5. A Baixa de Braga vai ser muito beneficiada com este prolongamento!

    ResponderEliminar
  6. Novo C.C. “Espaço Braga”
    http://www.bouygues-imobiliaria.pt/index.php?page=33&view=empreendimento:View&id=27

    ResponderEliminar
  7. o pgrande problema está no facto de se facilitar cada vez mais o trânsito na cidade.enquanto outras cidades começam a pensar e m restringir, acidade de Braga é cada vez mais uma auto-pista.
    p.s. espero que a obra não seja tão "fenomenal" como aquela que se fez na variante do continente...
    já agora, lisboeta, esta obra é feita com o nosso dinheiro.

    ResponderEliminar
  8. O prolongamento do tunel da avenida foi um dos temas hoje da reuniao de camara. Gostava de ter ido assistir a reuniao de camara de hoje. Pelo que li, estas reunioes sao sempre muito animadas. Podem ver o relato em www.geracaobraga2009.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. são bastante animadas: o chefe diz "orai senhores" e os caciques dizem: "amén"!

    ResponderEliminar
  10. É de mim, ou na imagem do bog da CMB vão também requalificar a praça Carlos Amarante e vão construir uma rotunda no largo da Senhora a Branca?

    ResponderEliminar
  11. A cloaca vai deixar de drenar veículos à porta do Theatro Circo e passa a drenar mais abaixo!
    Criar uma praça, aumentar a área pedonal, melhorar o fluxo de tráfego, embelezar a fonte, esbanjar dinheiro, estão loucos.

    Invertam o sentido do tráfego!
    Toninho Regadas

    ResponderEliminar
  12. A oposição treme... O que foi planeado para 2008, já esta no terreno com medições e concursos publicos abertos...

    Começa com aumento da area pedonal, reorganização do transito, corredores BUS... vamos esperar pela execução e pelo anuncio das restantes obras prometidas.

    O Eng. Mesquita Machado já deu várias faces a Braga. Faces essas que demonstram estar atento às necessidades dos bracarenses, e que tornaram Braga na 3ª maior cidade do pais, com indices de qualidade de vida e segurança unicos em Portugal, e referência a nivel ibérico e europeu...

    Tabém o LIN deverá ser um grande impulsionador de mais emprego e inovação também na cidade e na população.

    Bom trabalho.

    ResponderEliminar
  13. Caro Rui, não devemos estar certamente a falar e a viver na mesma cidade!

    ResponderEliminar
  14. O Sr Rui, distinto e acérrimo defensor, pelos vistos, da magnifica obra do MM, deverá pedir o desnivelamento daquela autopista que separa a rua D. Pedro V e os Peões para assim os muitos empregados a trabalhar no LIN/NIL possam fazer uma viagem segura de bicicleta ou a penantes entre o centro cívico da cidade (avenida central) e o referido espaço (Já que se discute o eléctrico).
    Já agora podia publicitar, anunciar ou até avisar os referidos trabalhadores, investigadores ou galegos, qual o autocarro dos TUB que os levará da magnífica central de camionagem para o comboio sub-urbano da região do Porto que parte da estação da CP (ou em sentido contrário).
    Mobilidade magnífica.
    Está tudo bebado!
    Toninho Regadas

    ResponderEliminar
  15. Ó Sr. Rui, vamos lá ter calma:
    A estratégia relativa ao aumento da área pedonal que se verifica em Braga, está posta de parte em muitas cidades por essa Europa fora, por várias razões, entre as quais a desertificação.
    A construção do túnel da Avenida, foi o maior disparate, uma vez que qualquer que seja o sistema de organização do tráfego em Braga, tem que ser feito em função do túnel e não em função das necessidades.
    Se o Sr me dissesse que Guimarães está nas quatro primeiras cidades portuguesas relativamente aos atributos que enunciou, eu calava-me pois isso é verdade (e o estudo tem cerca de um ano).
    Oferta cultural?: Multiusos e C.C. V.Flor
    Espaços verdes: muito mais que Braga
    Transportes: o tempo de espera para localidades num raio de 5 km é inferior ao de Braga
    Qualidade do ar....nem falar
    Proximidades de instituições públicas....Guimarães
    E demais aspectos, que fazem de Guimarães uma cidade onde é bom viver. Melhor que em Braga

    ResponderEliminar
  16. Afinal, Guimarães está em 2º lugar, ocupando Lisboa o 1º.
    Peço desculpa, mas, após consulta do do dito estudo, publicado no Expresso (revista Unica)da edição de 6 de Janeiro de 2007, que, consistiu na avaliação de 50 cidades portuguesas, tendo em conta 20 critérios. Dessa avaliação resultou um ranking referente à qualidade de vida em Portugal.
    E Braga, muito muito lá para o meio...aqui se vê que o desenvolvimento quando é confundido com o crescimento, leva ao chamado "desenvolvimento insustentável".
    As gerações vindouras que paguem a factura???....

    ResponderEliminar
  17. Afinal, encontrei referido ranking:
    http://clix.semanal.expresso.pt/imagens/ed1784/fotos/pdfs/IPDF-u0321.pdf

    ResponderEliminar
  18. Ao Zé espanhol, que até gosta de Braga:
    estudos há para todos os gostos... A Cãmara de Braga também divulga de vez em quando estudos do Observatório Europeu que avalia centenas das principais cidades europeias. E Braga lá costuma aparecer bem cotada. Claro que só estudam cidades-referência de cada país, como tal... Guimarães... continua a ser o "berço da nacionalidade"... Assim quis o arcebispo de Braga que acontecesse...
    Querer comparar um aglomerado de aldeias que tem um castelo, um paço e umas casistas recuparadas numa cidade de referência... é muita pretensão.
    A César o que é de César.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  19. Que Braga tem defeitos, todos sabemos...

    Eu ambiciono que Braga tenha a beleza Histórica de Santiago, a dinâmica de Vigo ou a cultura de Barcelona.

    Não quero que Braga seja como Guimarães...

    Guimarães é mais do mesmo.

    ResponderEliminar
  20. Se o túnel fosse para o metro, ainda aplaudia. Agora para os carros, para ter o túnel mais longo da Europa, para quando houver um acidente rodoviário ficar tudo parado, não me agrada.
    Esquecem-se que a Avenida da Liberdade tem um grande declive, o que para uma zona pedonal não abona muito a favor.

    ResponderEliminar
  21. Caro anónimo da 1:13:
    A CMB apenas divulga o que lhe interessa. O estudo a que me refiro, e que pode ser consultado no endereço que indiquei, é um estudo credível e devidamente fundamentado e foi feito tendo como base 20 critéiros. A CMB, também poderá aproveitar os critérios que mais lhe convém e assim justificar que é bom viver em Braga.
    A CMB apenas olha para a árvore que lhe interessa, mas para os cidadãos o que conta é a foresta.

    ResponderEliminar
  22. Uma correcção:
    A CMB apenas olha para a árvore que lhe interessa, mas para os cidadãos o que conta é a floresta.
    o meu pedido de desculpas.

    ResponderEliminar
  23. Atenção rapaziada:
    Sou a informar todo o auditório que um dos meus sonhos da juventude é hoje uma realidade reconfortante. A nação portista já não é só a maior de Portugal; somos 98% dos adeptos do pontapé na borracha.
    Nota: Sondagem de Dezembro, efectuada por mim após um jogo do Porto no Dragão.

    ResponderEliminar
  24. O mal é que os bracarenses são de uma mentalidade pacóvia, parola e provinciana. Própria do novo riquismo. Andar a pé ou de autocarro é para os pobres. Pegam no carro para andar 500mts e estacionam-no em segunda fila.

    A polícia que comece a multar a sério para ver se esses bracarenses pacóvios não começam a ficar espertos...Com certeza que o trânsito iria melhorar e muito. Façam como el Florença onde em determinados lugares do centro só entra de carro quem é morador.

    ResponderEliminar
  25. Era importante que o Centro Histórico fosse efectivamente vedado ao trânsito automóvel.

    Quem o percorre depara diaramente com viaturas a aceder à área pedonal sem qualquer critério, pondo em perigo as crianças que por lá brincam ou os adultos que por lá circulam.

    ResponderEliminar
  26. Pois esta parece-me mais uma obra a la mesquita... com o condimento piroso que todas têm tido...fica aind mais ridicula quando o belissimo monte do Picote se vir transformado em pista de sky... Haja paciencia

    ResponderEliminar
  27. Desculpe, I don't know this language well enough to write about my outrage over the new tunnel to be built on Ave. Liberdade from Rua do Raio to 25 de Abril.

    I live on that corner. I have for 13 years. I will have to move. I understand by reading more than I can write.

    " Para a Rua 25 de Abril está prevista a criação de uma baia de estacionamento destinada a Transportes Urbanos de Braga, bem como a redefinição das larguras/concordantes dos passeios e pavimentação de faixas de rodagem."

    This is totally insane, the noise will make me maluca and this is NOT NEEDED. The hospital is a joke, schools are a joke. This is dirty money being cleaned.

    I am muito zangado agora!!!!!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores