Projectos 9 | Instituto de Nanotecnologias

| Partilhar
Laboratório Internacional de Nanotecnologia - Braga

Laboratório Ibérico de Nanotecnologia - Braga

Agradecendo ao Mr Strangelet do Fórum SkyscraperCity por me ter avisado da existência deste documento, disponibilizo algumas das primeiras imagens do projecto do Laboratório Ibérico de Nanotecnologia. Também em Bracarae Avgvste.

12 comentários:

  1. Julgo saber que este não é o único projecto arquitectónico. São dois.

    GS

    ResponderEliminar
  2. Eu não entendo nada de arquitectura, mas da-me a sensação no boneco que o edificio, ou parte dele vai ficar enterrado. Tudo bem. Agora não entendo é como vão descer a cota do leito do rio. Espero por melhores vistas

    ResponderEliminar
  3. Por acaso também me está a parecer, através de algumas referências geográficas da maqueta, que o projecto está a ocupar mais espaço do que o que supostamente deveria... será que 'alguém' ainda vai receber indemnizações chorudas por ceder as suas vivendas entretanto desvalorizadas...

    ResponderEliminar
  4. Valeu a pena perder a capital europeia da cultura...

    ResponderEliminar
  5. Caro anónimo (11.54),

    Em total desacordo. Essa afirmação é demagogia barata. Uma derrota nunca vale a pena.

    ResponderEliminar
  6. Já não é este o projecto. Houve pequenas alterações a esta maqueta que serão conhecidas dentro de dias. Queria apenas realçar que "o objecto redondo" que se vê no esquerdo do desenho é o Centro de Ciência Viva.

    Pedro Antunes Pereira

    ResponderEliminar
  7. Obrigado, Pedro Antunes. Andas a ler o Diário do Minho. Não é lá que fazem plágios descarados? Então desta vez publicaram cópia de uma maquete ultrapassada?! Só me admira que, desta vez, o Pedro Morgado tenha entrado na onda. Não teria sido melhor arranjar uma boa fonte para credibilizar a informação. É que projectos andam aos montes por esses gabinetes de arquitectura. Até chegarem à versão final, ainda demoram algum tempo.
    Obrigado, contudo, por explicares que o Centro de Ciência Viva já ali está garantido. É só para sublinhar que, além do Instituto de Nanotecnologia, Braga passa a contar também com essa nova valência na área da ciência...

    ResponderEliminar
  8. Caro Pedro,

    Como sabe, era politicamente impossível a Braga acumular a realização da "Capital Europeia da Cultura" com a implantação do LIN.

    Em minha opinião a cidade ficou mais beneficiada com a construção do dito laboratório. Mais importante do que um grande evento cultural é o impulso que o LIN trará à ecomomia bracarense.

    É neste sentido que reafirmo: "Valeu a pena perder a capital europeia da cultura..."

    Um abraço.

    ResponderEliminar
  9. Compreendo o que o anónimo diz em relação a "valer a pena". LIN e capital europeia da cultura é só um exemplo recente (que nem é uma grande derrota, já que Guimarães é aqui mesmo ao lado).

    Já há alguns anos Braga perdeu o Tribunal da Relação (que foi para Guimarães), na altura, como trade-off (a favor de Guimarães, a nível de investimento) pelo novo Hospital (que ainda não existe, mas enfim).

    ResponderEliminar
  10. Parece-me que um dos maiores problemas de Braga (ao nivel das zonas prediais ou do campus, etc...) vai se repetir aqui: a falta de estacionamentos! O edificio ira' acolher centenas de trabalhadores... vejam os lugares de estacionamento previstos!!

    ResponderEliminar
  11. A construção deste novo centro de investigação em Braga é uma boa noticia para a cidade, a região e o pais. Os anuncios que têm sido publicados são de que o centro irá empregar centenas de pessoas, entre os quais « cientistas dos melhores no mundo ».
    Fui investigador em Braga entre 2002 e 2006, vindo do estrangeiro. Ė com essa experiencia que gostaria de deixar aqui uma opinião sobre um assunto que os decisores deveriam tomar em conta e sobre o qual deveriam refletir para que o projecto não se torne num fracasso.
    Para atrair os “melhores do mundo” tem que se ter as condições para isso, i.e. uma qualidade de vida que faça que as pessoas desejem ficar no sitio. Ora Braga é uma cidade que não tem qualidade de vida.
    Posso listar aqui uma série de « pequenos » inconvenientes do dia-a-dia bracarense que me deram vontade de sair dali rapidamente :
    - os numerosos alujamentos nas varias zonas habitacionais construidas nos ultimos anos são horriveis : estacionamento caotico (porque as zonas previstas a esse efeito não são adequadas), transito dificil (será assim tão complicado pôr as ruas em sentido unico ?!) ; os apartamentos (muitos sem aquecimento e com gaz de botija) não têm isolação contra o ruido (ouvem-se os vizinhos, ouve-se a rua) !
    - o estacionamento caotico e as paragens « quando-apetece » pela cidade tornam a minima deslocação numa experiencia chata.
    - falta de zonas verdes onde passear, descansar, correr, andar de patins...
    - andar de bicicleta ? se acha que é possivel, faça a expêriencia ! até na (unica) ciclovia, os carros não respeitam os ciclistas... e se lhes disser algo, ainda leva com insultos !
    - tinha que pagar para estacionar o carro na universidade, o meu sitio de trabalho !
    - não há o minimo controlo do ruido: por exemplo no festival do “enterro da gata” (o qual decorre na cidade), durante uma semana a musica ouve-se em metade da cidade até ao amanhecer!... é tambem tal quinta que durante as suas festas põe os seus altifalantes o dia inteiro... nem se fala das ruas de paralelos onde os carros passam a toda à velocidade...
    - oferta cultural pobre (não : um centro comercial não é uma oferta cultural !)
    - falta de civismo permanente das pessoas.

    Com essas condições, e quando se tem a possibilidade de escolher, quem quererá ficar em Braga ? relembro que o dinheiro não é uma motivação para a maioria dos cientistas...
    Qualidade habitacional, ecologia, lazer, calmo, descanso, respeito das regras por todos... são os elementos primordiais.

    Felizmente no sitio onde vivo e trabalho neste momento nenhum dos inconvenientes listados aqui acima existe... voltar para Braga ? nem pelo triplo do meu salario actual !

    ResponderEliminar
  12. Anonimo das 14h45... deixa lá que Guimarães é muito melhor... fds... estamos em Portugal... melhor que Braga só há 3 ou 4 cidades...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores