Exército não entra no Circo Monárquico

| Partilhar
«Todos os grupos parlamentares mandataram o presidente, o socialista Miranda Calha, para expressar ao ministro o repúdio pela participação daquelas unidades do Exército em cerimónias não oficiais, para mais organizadas por correntes monárquicas.» [Sol]

2 comentários:

  1. Não nos devemos esquecer que tivémos um Presidente da República, o seu representante máximo, que compareceu e apadrinhou o casamento de um descendente da ex-monarquia Portuguesa e um declarado anti-republicano.
    Mas logo depois um primeiro-ministro socialista pouco laico (Opus segundo alguns).

    Agora um PM socialista um pouco totalitarista...

    Com tamanha confusão na cabeça dos nossos políticos até é de admirar como nos vamos orientando. Se calhar é como a antimatéria... é matéria na mesma só que ao contrário!

    ResponderEliminar
  2. É justo reconhecer o papel do Bloco de Esquerda nesta decisão do Ministro não lhe ficava mal.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores