Exame: Um Desafio para os Leitores

| Partilhar
«O escudo era uma arma defensiva que consistia, essencialmente, numa chapa de metal, madeira ou couro, usado para se proteger de golpes inimigos. A sua origem é difícil de datar. Presume-se que o homem primitivo começou a usar esta arma quando iniciou as lutas de posse de território, logo após o sedentarismo.
Actualmente é utilizado pela polícia, embora de materiais sintéticos, à prova de bala. No Brasil, a polícia que possui escudo é chamada de tropa de choque especializada em controlar grandes multidões. Em Portugal a mesma força é mais conhecida por polícia de choque, embora a utilização de tropa seja também a adequada, dado o regime militarizado desta força de intervenção.» [wikipedia .org]

Com base no texto respondam às seguintes perguntas.

1. Relativamente ao escudo, assinale a afirmação verdadeira:
a) o homem primitivo não usava escudo
b) a sua origem é difícil de datar
c) presume-se que começou a ser usado após o sedentarismo
d) actualmente o escudo não é utilizado
e) em Portugal não se usa escudo

2. O escudo consistia numa chapa de um dos seguintes materiais, excepto:
a) metal
b) madeira
c) couro
d) diamante
e) todas as anteriores

3. Escolha a associação verdadeira:
a) Portugal - polícia de choque
b) Brasil - tropa de choque
c) China - polícia de choque
d) EUA - tropa de choque
e) Itália - tropa de choque

8 comentários:

  1. Há, sem dúvida, talentos insuspeitos em matéria de elaboração de testes e afins. Podemos estar descansados porque o sistema de ensino está garantido! É só acrescentar uns erros ortográficos e fica perfeito...

    Depois de, na passada quarta-feira, os nossos cérebros terem ficado ligeiramente perturbados com o estudo de mobilidade, promovido pela JSD em plena Assembleia Municipal (disponível em http://geracaobraga2009.blogspot.com/), surge agora mais um verdadeiro quebra-cabeças.

    Confesso que assim, à primeira, sem a ajuda de psicotrópicos não consigo responder ao desafio...

    Mas este talento deve ser aproveitado por todos quantos quiserem fazer inquéritos para boi dormir! Ou testes que decidem a vida das pessoas...

    ResponderEliminar
  2. Julgo ter percebido o alcance. Mas no fundo já deviamos estar habituados ao carácter ambíguo de muitos testes. Também na própria vida, mais do que uma resposta é verdadeira e no fundo nenhuma delas o é completamente.

    ResponderEliminar
  3. este tipo de perguntas soam-me familiares...
    Talvez há pouco tempo tenha feito um exame que decidia cerca de 40 anos da minha vida (isto é, toda a minha vida profissional) e estava repleto de perguntas semelhantes...
    Terás feito o mesmo exame que eu???(lol)

    ResponderEliminar
  4. Temos que compreender e motivar quem elabora questionários assim. São certamente pessoas que tiveram os habitruais, e agora tão normais, traumatismos de infância; que estavam a dormitar no fundo dum vale profundo, muito abrigado do vento, quando Deus distribui a inteligência; que andam a fazer licenciatura, mestrado ou doutoramento, mas daqueles de aviário, sem qualquer maturamento, só para colocar no "currículo", para depois serem nomeados para uma coisa qualquer; que são professores universitários a apressarem a carreira que a inteligência retardou - ou então serão daqueles, dos tais da educação, com doutoramentos feitos em "Director de Turma", ou em "Da importância de nunca se marcar falta", ou de outras coisas assim.
    É claro que estes questionários , pelo absurdo que são, dão um jeito muito grande a todas as iluminárias que têm de escolher "aqueles que já estão escolhido," antes de se fazer o concurso.
    E fica de fora quem fez este questionário aqui, que o seu propósito é outro. Mas sem saber qual é, com toda a exactidão, a intensão que ele tem, a sua iontenção é crítica, quer ele queira quer não.

    ResponderEliminar
  5. Não percebi muito bem onde está o desafio ...
    Afinal é só responder a 3 respostas sobre um texto onde nem é preciso raciocionar porque as respostas estão directamente no texto!

    Não é dito se isto é tirado de um exame verdadeiro. Se for só pode ser piada. O "valor acrescentado" de perguntas deste tipo para educar e formar pessoas é nulo.

    ResponderEliminar
  6. numa coisa este exame tem as suas semelhanças com o do Harrison, existe quase sempre mais do que uma resposta certa. Contudo, falta uma série de respostas que contenha as opções todas as anteriores e nenhuma das anteriores.
    Como termos de história do escudo até é um bom exame. Diferindo bastante do Harrison nisso, pois não existe nenhuma questão sobre a quantidade de couro com que eram feitos os escudos ou qual a percentagem de metal que eles tinham....

    um grande abraço e espero que te "safes" no meio desta selva.

    ResponderEliminar
  7. Alguém alguma vez dá valor ao que a Wikipédia diz??? (Vá, de vez em quando) Só o meu professor de Sistemas Políticos é que seguia as aulas por lá (sim, há professores desses na Universidade do Minho)... mas eram aulas ao nível de um Levanta-te e Ri...

    ResponderEliminar
  8. Realmente as semelhanças com o exame "rídiculo" do Harrisson são muita, mas falta uma coisa essencial! As percentagens!!! Os números!!! De preferência com uma diferença mínima entre eles... ;)

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores