Boas Leituras!

| Partilhar
«Os bracarenses podem não ir ao estádio e podem preferir o conforto do sofá. Mas isso não significa que não possam ser “braguistas” e que não se envolvam na vida do clube. Por isso, mais importante do que criticar o seu comodismo é encontrar formas de os cativar; formas de, como já escrevi várias vezes, levar a montanha até Maomé.» [Manuel Cardoso, Diário do Minho]

«Os adeptos são produto (ou mesmo espelho) do clube e não o contrário. Cabe ao clube criar condições - todas as condições - que privilegiem a adesão dos simpatizantes. Os resultados desportivos são fundamentais, mas não chegam. Deverão ser acompanhados por incentivos que levem a uma verdadeira identificação entre adeptos e clube - que existe, de facto, em Guimarães. É um trabalho de paciência e, sobretudo, de inteligência. A hostilidade, neste caso, é mais do que uma perda de tempo...» [Fernando Rola, O JOGO]

9 comentários:

  1. Mas se nem com excelentes campanhas no futebol esse comodismo e desinteresse pelo clube termina, que forma haverá que os cativar? Deixar o clube cair para ver se acordam?

    Mas isto não significa que as declarações do vosso presidente sejam as mais indicadas, até porque além de já se ter percebido que não espicaçam os adeptos, apenas o fazem cair no ridículo. Mas eu até compreendo a "dor" dele. Mas uma coisa garanto... presidente do Vitória não teria declarações daquelas, ou se as tivesse... já tinha sido corrido para o rival.

    ResponderEliminar
  2. Acho que a massa associativa do Braga está um pouco dormente. Mas tambem partilho da ideia de que se deve fazer algo para inverter o processo

    ResponderEliminar
  3. Há muita gente em Braga que simplesmente não vai porque não gosta do estádio. Seja na poente ou nascente são muitas escadas para subir e descer. A partir de uma certa idade muitos sentem simplesmente dificuldades em ir. Percebam isto. Até gostavam de ir ao 1º de Maio, não conseguem ir ao novo. Esta é uma das verdades que muitos preferem esconder.

    ResponderEliminar
  4. A massa adepta do Braga até se está a portar muito bem: fartam-se de ser maltratados pela SAD e seu presidente, são constantemente desrespeitados (em declarações e nos preços praticados) e, mesmo assim, mantêm-se fiéis.
    É OBRA!!!
    Este presidente não sabe acarinhar os sócios que tem e muito menos cativar novos associados.
    Que continue assim e verá aonde isso o leva.
    É que a paciência também se esgota!
    Gisela

    ResponderEliminar
  5. De facto acho que o crescimento da envolvência de verdadeiros braguistas é cada vez maior, mas os preços de bilhetes ás vezes praticados, aliados au mau futebol da nossa liga, leva a que se opte pelo sofá.
    O Presidente bracarense já se insurgiu várias vezes contra a falta de público, mas eu pergunto será que é aproveitando-se de um jgo como o Braga bayern para colocar prelos astronómicos nos bilhetes que se leva pessoas ao estádio? Não teria o Braga tido muito melhor assistência e consequentemente melhor receita com preços mais condizentes com o nosso nível de vida?
    Questões para se pensar.
    Um abraço, feliz Natal e um Bom ANO de 2008

    ResponderEliminar
  6. «que forma haverá que os cativar?»

    Um estádio confortável, por exemplo. Claro que agora já esbanjaram dinheiro "naquilo".

    É que para além de desconfortável, não conheço ninguém que tenha ido para as bancadas superiores e tenha gostado de lá estar... e não é por os jogadores parecerem mais pequenos.

    ResponderEliminar
  7. O problema é que o Salvador pensa que está a fazer um grande trabalho para cativar os bracarenses ao estádio. Ele está ciente que é um esforço mamute e que deveria dar resultados.
    Infelizmente, este é um dos casos onde a ignorância não é uma benção. É preciso uma política de marketing muito mais violenta com o regresso dos cobradores, com mais informação aos adeptos e um tratamento especial aqueles que não podem descer quinhental e tal escadas para ir ver a bola. Quanto à questão da comodidade no estádio, aquele que dizem que este é incómodo nunca devem ter visto um jogo no 1º de Maio, com certeza. Ou se foram lembrem-se como doía o traseiro depois de estar quase 2 horas sentado no granito duro e frio...
    No blog arsenal de Braga está escrito um testemunho do que falta fazer para atrair pessoas ao estádio.

    ResponderEliminar
  8. Será que os bracarenses já se aperceberam que há mais mundo para além do futebol? Espero, sinceramente, que sim!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores