Braga: Opções do Plano e Orçamento 2008 (I)

| Partilhar
A Fraude
Ricardo Rio, líder da Coligação Juntos por Braga, denuncia a «fraude» do Estudo de Mobilidade.

Inacreditável
César Gomes insurge-se contra a posição anunciada por Mesquita Machado de chumbar «qualquer proposta da oposição relativa a recuperação da zona envolvente do parque de exposições». O Avenida Central disponibiliza as declarações dos protagonistas à Antena Minho:



Será Vírus ou Milagre?
A denúncia do anúncio de 5.000 contributos para o Orçamento Participativo que nenhum jornalista achou estranho ou descabido.

4 comentários:

  1. Caro Pedro: no post "diz que é uma espécie de estudo" publicado a 29 de Outubro, fiz o comentário que volto a transcrever:

    O exercício da cidadania, quando parece mexer com o poder instituído, corre sempre o riso de caír no esquecimento.
    1 - ao picar o touro todos os dias no mesmo sítio, corremos o risco de ver o assunto banalizado, ridicularizado e, consequentemente esquecido.
    2 - Um cidadão que lance um tema oportuno, tem que saber quando parar e, ao mesmo tempo pôr o poder político a discutir..sózinhos não vamos a lado algum.
    3 - Nesta fase do campeonato, o MM, certamente que tem que dizer "nim" a tudo quanto pareca boa ideia, ser simpático, acolher de braços abertos as opiniões dos cidadãos e....dizer que vai fazer uma "espécie" de estudo...
    4 - Como pode ver, o assunto do eléctrico em Braga, já caíu no esquecimento, porque há "timings" para tudo. Para quando a tal adiência com o nosso edil?
    6 - Eu sei bem o custo de trazer para a praça pública alguns problemas pertinentes.

    No entanto, não desanime, que isto são apenas pequenas rasteiras que nos pregam (aumentando a nossa emoção)e com as quais vamos aprendendo ao longo da vida.
    Cumprimentos.

    18:21
    Como vê, o comportamento dos políticos do tipo Chico-Esperto é completamente previsível

    ResponderEliminar
  2. Caro Raul,

    A partir do momento em que a Petição foi enviada ao Ex.mo Senhor Presidente da Câmara, nunca mais tomei nenhuma iniciativa neste âmbito.

    No entanto, por uma questão de respeito pelo leitores e por todos os que apoiaram a petição, tenho a obrigação de informar sobre as movimentações políticas em torno do Regresso do Eléctrico. É isso que tenho feito.

    Cumprimentos,
    Pedro Morgado

    ResponderEliminar
  3. Este será, porventura, o comentário mais inócuo que farei mas cá vai ainda assim:

    Fraude? Claríssima;

    Inacreditável? Só para quem não segue os habituais tiques "albaneses" do sr. Eng.;

    Será vírus ou milagre? Não pode ser milagre, porque apesar de o sr. Eng. cá estar há 30 (penosos, digo eu) anos consecutivos, não consta que possua laivos de divindade daí que...

    ResponderEliminar
  4. Há várias espécies de jornalistas. Os do CM acham que comentários destes são descabidos. Foram alguns deles que passaram horas a mandar mails para o patrão MM contribuindo assim para os 5000 participantes. Os do DM já não acreditam no que o MM diz portanto passou-lhes ao lado o anuncio das 5000 participações

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores