Como diz o outro: «O Burro sou eu?!»

| Partilhar
«Designadamente, no facto provado número 22 pode ler-se: O vírus HIV pode ser transmitido nos casos de haver derrame de sangue, saliva, suor ou lágrimas sobre alimentos servidos em cru ou consumidos por que tenha na boca uma ferida na mucosa de qualquer espécie.»

O Conselho Superior da Magistratura orgulha-se de anunciar que um tribunal português deu como provado o que nenhum estudo científico conseguiu provar.

O Conselho Superior da Magistratura orgulha-se de afirmar que há possibilidade de um hotel servir comida com sangue, saliva, suor ou lágrimas dos seus cozinheiros.

É obra! Assim vai a Justiça em Portugal...

5 comentários:

  1. Se não fosse tão grave, daria para rir. Ai, Portugal, Portugal, para onde caminhas?

    ResponderEliminar
  2. Nenhum estudo científico provou que não pode. Se a impossibilidade não é de 100%, então: "pode".

    Há que saber ler e não pretender ler mais do que o que está lá escrito.

    ResponderEliminar
  3. Caro Jam,

    Discordo em absoluto. Aliás, a tua afirmação é uma falácia tremenda que nos conduz a isto:

    Nenhuma estudo provou que A provoca B. Então A não provoca B.

    Nenhum estudo provou que A não provoca B. Então A provoca B.

    ResponderEliminar
  4. Desculpa, mas a tua lógica é que falha em absoluto, pela simples razão de que procuras ignorar dados essenciais.

    Os estudos provam que existem vestígios do vírus em "saliva, suor ou lágrimas".

    Os estudos provam que não existem vestígios do vírus noutras substâncias.

    Assim:

    - Os estudos provam que existirá risco zero de transmissão em tudo o que não for sangue, saliva, suor ou lágrimas.

    - Nenhum estudo prova que através de saliva, suor ou lágrimas existe um risco zero de transmissão. Pelo contrário, admite-se a existência do vírus.

    Como disse logo de início: há que saber ler.

    ResponderEliminar
  5. Caro jam,

    Partes de pressupostos errados. Os estudos provam que há perigo de transmissão por 3 vias. Tudo o resto não está provado.

    E mesmo que houvesse risco de transmissão ele é reduzido a zero pela adopção de medidas sanitárias em TODOS os restaurantes, independentemente de terem cozinheiros HIV positivos identificados.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores