S.C. Braga 2007/08: Uma época de incertezas

| Partilhar
Terminada a pré-época, o Sporting de Braga apresenta-se aos sócios perante um mar de incertezas. Desde logo, a instabilidade causada pelo anúncio da saída de António Salvador que, ao que parece, está mesmo decidido a abandonar a Presidência da SAD e do Clube. Por outro lado, a aposta em Jorge Costa que, pela sua inexperiência e ausência de currículo, é um tiro no escuro que poderá sair muito caro para as legítimas aspirações do clube.

Porém nem tudo são más notícias. E a estabilidade começa logo na baliza onde Paulo Santos e Dani Mallo mantém os seus postos. A não ser que algo de anormal suceda, Paulo Santos deverá manter intacta a sua titularidade, cedendo lugar a Mallo apenas nos jogos menos importantes da Taça de Portugal. A defesa sofreu algumas mexidas com a saída de Luís Filipe e Paíto. Se a saída deste dificilmente será notada, a verdade é que Luís Filipe foi durante muito tempo dono da ala direita e muito dificilmente João Pereira apagará as boas recordações que o seu antecedor deixou no Minho. Na esquerda, Carlos Fernandes ganhou um concorrente de peso chamado César Peixoto que parece já ter ganho a titularidade pela qualidade e regularidade demonstradas em toda a pré-época. No centro da defesa, permanecerá a dupla Paulo Jorge e Rodriguez, coadjuvada pelo promovido Vitor Hugo e pelo brasileiro Anilton, contratado ao Desportivo das Aves. É bom não esquecer que esta defesa tem polivalência, uma vez que Anilton também actua na direita e que Frechaut poderá descer do meio campo para actuar tanto na direita como no centro da defesa.

O meio-campo mais recuado mantém a pedra basilar desta equipa: Madrid terá que voltar as grandes exibições se quer voltar a despertar a cobiça dos colossos europeus. Frechaut e Bruno Tiago preenchem as opções para esta posição, se bem que o último, contratado ao Gil Vicente, estará indisponível por lesão nesta primeira fase da temporada. Para fazer a transposição defesa-ataque, Jorge Costa poderá contar com o bracarense Castanheira, os brasileiros Roberto Brum (que chega da Académica) e Vandinho, o nigeriano Kareem (contratado ao Fulham) e o recém-promovido Stélvio.

No ataque reside muita da classe deste Braga. João Pinto, que dispensa apresentações, continuará a perfumar os relvados com o seu futebol mágico. Este ano terá que disputar com o internacional do Katar Hussaine. A ala esquerda fica entregue a Wender e à direita será interessante assistir à disputa entre Zé Manuel, contratado ao Boavista, e Lenny, uma promessa chegada do Brasil. A frente de ataque será entregue a João Tomás que terá como concorrentes Jailson (emprestado pelo Benfica) e Jair Baylon, um jovem internacional peruano. Philco estará fora destas contas uma vez que será, muito provavelmente, emprestado.

Como se percebe este Braga está recheado de muitos jogadores com grande qualidade individual e Jorge Costa terá várias opções para a mesma posição, ainda que a defesa pareça um pouco carenciada de jogadores. De qualquer modo, falta saber se o antigo internacional português teve mestria para fazer, com estes grandes jogadores, a grande equipa que o Braga precisa para combater em 4 frentes. É que as expectativas estão muito altas. Esperemos que não demasiado...

16 comentários:

  1. Desejo ao Braga uma época cheia de sucessos em todas as competições!
    No campeonato espero que fique em 3º, a seguir ao Benfica e ao Vitória de Guimarães, é claro!!!

    ResponderEliminar
  2. Jorge Costa sem curriculo??? Em Portugal melhor que ele só o Baía!!
    Já agora, menina Helena, isso são classificações do campeonato da divisão nacional de matraquilhos... Sujeite-se à realidade por favor...

    ResponderEliminar
  3. Abilio,

    Sem currículo como treinador. Obviamente.

    ResponderEliminar
  4. Abílio, começou mal a época para o teu FCP! Mais derrotas virão!
    Não fiques chateado, fair-play :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Mais uma estrondosa demonstração de fervor clubístico: 5.000 adeptos nas bancadas !!!

    Estamos condenados a acreditar.

    ResponderEliminar
  6. Estavam cerca de 6.000. O JN fala em menos de 10.000!!!

    De qualquer modo, para um jogo-treino em Agosto acho que não esteve mal...

    ResponderEliminar
  7. O problema do Braga é não conseguir ser como o Vitória de Guimarães: o quarto grande.

    ResponderEliminar
  8. Eu só não fui porque não gosto de jogos-treino à noite, de borla, com variedades e pirotecnia. Ainda por cima estava a jogar o meu Sporting na TV.

    ResponderEliminar
  9. Helena aqui o assunto não era o F.C.Porto por isso deixe o Porto e os portistas em paz. Pedro tendo em conta o plantel do Braga penso que podem fazer uma boa época. Já agora gostava de te fazer uma pergunta:

    Porque é que o António Salvador vende os jogadores a meia dúzia de tustos ao SLB e do Porto quer milhões?

    ResponderEliminar
  10. O JN é bom a Matemática: cerca de 6.000 é menos de 10.000.

    Onde ficaram os restantes CERCA de 24.000 que o Salvador prometeu ?

    ResponderEliminar
  11. Pedro,
    Entendo as tuas reservas em relação ao Jorge Costa, mas eu espero e desejo que tudo lhe corra muito bem... E será que o factor experiência conta assim tanto? (vejamos o caso do Mourinho quando foi para o Benfica). O Jorge Costa traz consigo grandes credenciais! Uma vontade de vencer que lhe está no sangue, um espírito de trabalho e dedicação assinaláveis, a capacidade de entrega a um projecto, um admirável espiríto de liderança... Além disso vem de um balneário habituado aos maiores desafios! É óbvio que lhe reconheço estas características como jogador, mas tenho a certeza que as tem também como treinador! Esperamos que tenha sorte... Desejo-lhe o 2º lugar (a seguir ao FCP)!

    Cumprimentos...

    ResponderEliminar
  12. boa cronica colega de equipa no FAT..
    mas olha todos treinadores começam sem curriculum.. temos o exemplo do paulo bento que está a sair-se muito bem...vamos la ver vamos dar o beneficio da duvida...

    este ano o braga tem um GRANDE equipa...pena é ter porcos adedptos...na apresentação esperava muito mais..mas prontos...

    força braga..

    abraços

    ResponderEliminar
  13. Quantidade não é Qualidade14 de agosto de 2007 às 00:17

    Acho que o forista Ricardo não queria dizer «porcos adeptos» mas sim POUCOS ADEPTOS.

    ResponderEliminar
  14. Sinceramente não me parece de todo uma época de incertezas para o Braga. E uma equipa totalmente estável, a excepccão dos treinadores com Salvador na liderança. Reforçou-se bem, manteve praticamente toda a sua espinha dorsal da época passada por isso a sua "obrigação é lutar de novo pelos lugares logo a seguir aos 3 do costume e do... Vitória!

    Pena a primeira jornada do meu clube não ser logo em Braga... era da maneira que o estádio enchia... Já que mesmo de borla só lá conseguem arrastar cerca de 5 mil espectadores...

    ResponderEliminar
  15. Começou mal e da forma que se viu cara helena... Quanto ao assunto que interessa, o nosso Bicho vai querer mostrar contra a equipa do coração que pode fazer uma grande época, tenho pena que seja o jogo errado... Mas acho que o Braga este ano vai fazer uma gracinha... Tem um plantel equilibrado... Esqueçam os bastidores, o que interessa são os 3 pontos no final de cada jogo....

    ResponderEliminar
  16. kuanto á pergunta do pete, tenho a resposta em forma de pergunta!!! Qual a empresa que executa todas as empreitadas entregues á Somague do Vieira....hum....será a Britalar do Salvador??? deixo á vossa consideração....

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores