Outras Avenidas

| Partilhar
O Primeiro-Ministro quer fugir à «festa da democracia» apenas durante a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia, ou está a pensar que é possível manter este rumo evasivo até 2009? [Paulo Gorjão, no Bloguítica]

Só mesmo iniciativas fora do universo futebolístico para os benfiquistas verem fogo-de-artifício no seu estádio. [Tiago Ribeiro, no Kontratempos]

Quanto aos apupos e pateadas à Estátua da Liberdade, que tal como o Cristo Redentor do Rio de Janeiro nunca deveria estar na tal lista, (porque estão longe de serem postas ao mesmo nível das restantes obras grandiosas) sabemos que existe uma tendência global para misturar os povos com os seus lideres, o que é lamentável. [LNT, no Tugir]

Não é a primeira vez que o PP, sob a direcção de Paulo Portas, recorre ao populismo mais rasteiro e primário para salvar a face num acto eleitoral. Em 2002 foram os ciganos, que "roubavam" o Rendimento Mínimo Garantido. Agora chegámos à purificação da raça. Dêem-lhes tempo. [Pedro Sales, no Zero de Conduta]

Depois de levar uma vaia diluviana no estádio do Benfica o primeiro-ministro descobriu a melhor forma de inaugurar tranquilamente a nova ponte sobre o Tejo, encerrou as vias de acesso e os populares ficaram longe dos ouvidos de Sócrates e dos jornalistas. [no Jumento]

1 comentário:

  1. "Não é a primeira vez que o PP, sob a direcção de Paulo Portas, recorre ao populismo mais rasteiro e primário para salvar a face num acto eleitoral. Em 2002 foram os ciganos, que "roubavam" o Rendimento Mínimo Garantido. Agora chegámos à purificação da raça. Dêem-lhes tempo. [Pedro Sales, no Zero de Conduta]"

    penso que isso nao tem nada a ver com racismo, nem ele estava a dizer que é contra a imigraçao com essa frase ou entao esse partido nao tem coerencia nenhuma, pois esse mesmo partido defendeu por PAulo Portas a entrada da Turquia na UE.
    ISto não é nada de quem se preocupa com a raça e a sua preservação, ja que os Turcos não fazem parte da familia racial europeia ou ariana se preferirem.

    Acho que o senhor apenas queria dizer que somos Portugueses. Nao vejo nenhum racismo ai, ainda por cima depois de saber que o partido defende a entrada da Turquia, do invasor muçulmano que nem sangue europeu tem.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores