Investimentos que (re)colocam o Nordeste Transmontano no mapa

| Partilhar
Num momento em que tanto se fala acerca dos aeroportos nacionais, a Câmara Municipal de Bragança está apostada em colocar aquela cidade no mapa aeroportuário português, constituindo-se como alternativa ao aeroporto do Porto e destino de voos turísticos de baixo custo. A instalação de uma empresa de Braga, a Aeronorte, com oficinas de reparação de aeronaves, e a aquisição de um sistema de apoio à navegação aérea (investimento de 1,3 milhões de euros) representam uma conjugação de investimentos públicos e privados capazes de tornar o Aeródromo de Bragança apetecível para as operadoras aéreas.

Segundo o Presidente da Câmara de Bragança, citado pelo Primeiro de Janeiro, aquele aeródromo é, no conjunto da rede dos 24 aeródromos do país, o que reúne melhores condições, quer em termos de comprimento quer em termos de qualidade da pista.

Este projecto despertou interesse nos promotores do FunZone Villages, um grande investimento projectado para o Nordeste Transmontano que prevê a construção de um empreendimento turístico com aldeamento de luxo de 200 moradias e 2.000 camas, 9 restaurantes, parques aquáticos, barragem privada, estação de tratamento de esgotos, centro médico, pista artificial de esqui e uma praia privada onde será possível praticar surf. O equipamento estará também totalmente vocacionado para receber pessoas com deficiência [via Jornal de Notícias e Público].

A aposta em equipamentos capazes de potenciar o investimento privado é um exemplo a ser seguido pelas autarquias do país que tantas vezes concentram a sua actividade na criação de serviços desnecessários a custos exorbitantes que não são mais que um pretexto para a criação de empregos clientelares.

5 comentários:

  1. Pedro,

    Não deixes de replicar o post no Norteamos.

    Parece-me que será importante terminar rapidamente a autoestrada até Bragança, para que este aerodromo possa também servir o turismo no Douro (embora me pareça que Vila Real já recebe alguns charters).

    Não me parece que seja um concorrente ao aeroporto do Porto, nas áreas mais próximas deste. Mas sem dúvida serviria melhor Trás os Montes e Alto-Douro.

    ResponderEliminar
  2. Caro Pedro

    Andamos em sintonia..
    Como disse e bem, à mesma hora estava eu a publicar no Norteamos um Post sobre a região de trás-os-montes... É bom saber que estamos em sintonia e acho que devia colocar lá este seu post! Parabéns!

    ResponderEliminar
  3. Caro Pedro Menezes Simões:

    a partir de Vila Real é possivel viajar para Bragança e Lisboa. E de Bragança temos ligações para Lisboa, Vila Real e Paris (Orly). A companhia que efectua estes voos è a aerocondor (www.aerocondor.com)

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. num momento em que se fala tanto da falta de insvestimentos é bom ver que existem algumas iniciativas que lutam contra o centralismo português.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores