Mitos Urbanos

| Partilhar
Sempre que alguém acorda de um estado comatoso prolongado ou que sucede uma cura inesperada vem o relato de que os médicos tinham dito que só tinha X meses de vida...

Já levo alguns anos de estágio hospitalar e nunca vi nenhum médico dizer a ninguém: - Olhe, já não chega ao Ano Novo...

Adenda - Outros horizontes

4 comentários:

  1. Eu temo é que o Bicho não chegue ao Natal em Braga...

    ResponderEliminar
  2. Dificilmente um médico dirá tal coisa a quem está apto para o ouvir. Para quem não estiver apto, ou seja, inconsciente, também não adianta dizer coisa nenhuma. O senhor em questão alega que ouvia os médicos darem esse prognóstico à família.
    À parte o caso em questão, se eu tivesse uma doença incurável gostava que o meu médico mo dissesse e me desse um prognóstico exacto. Ou será que isso vai contra a deontologia médica?

    ResponderEliminar
  3. Não vai contra a deontologia dar toda a informação aos pacientes caso eles manifestem essa vontade. De qualquer modo, não existem prognósticos exactos, porque os prognósticos baseiam-se em cálculos estatísticos.

    E, como citava um professor, "a estatística é como um biquini: mostra muito mas o que esconde é essencial"

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores