Importa-se de repetir?

| Partilhar
O Vitor Pimenta também ficou indignado por um funcionário público ter vociferado contra o nosso querido primeiro-ministro ("o senhor primeiro-ministro é o primeiro-ministro de Portugal") num gabinete onde estavam apenas alguns colegas de trabalho. No ambiente de trabalho, os cidadãos devem ser exemplares. Podem coçar o nariz ou limpar as unhas, mas graçejar sobre o nosso querido primeiro-ministro isso não.

Já imaginaste o que seria se começássemos todos a denunciar as críticas que uns e outros vamos fazendo ao sistema e aos seus agentes? E já agora, quando chamas "filho da p..." a alguém estás a ofender a mãe do visado?

Está bem! Está bem! Viva o fascismo.

8 comentários:

  1. Caro amigo Pedro.

    Até posso acrescentar: " o Senhor Primeiro-ministro é o Presidente do Conselho...".
    É obvio que não defendo o processo disciplinar ao Prof. Charrua. Alias seria contrário à minha militância Southparkiana... Aliás, todo o processo é obscuro e cheira mal. Mas admite, a alguém de bom nome e ex-deputado é um bocado, digamos, badalhoco usar essa linguagem ao nível do Fernando Madureira. Se é que a usou...

    ResponderEliminar
  2. Se é que usou o termo!

    Eu teria de ser expulso do estádio do Braga N vezes já que volta e meia o meu coração apaixonado e meio fanático decide chamar nomes ao homem do apito. Mas qdo isso acontece não me passa pela cabeça a mãe do homem!

    Isto é uma palhaçada!

    O Socrates é o maior fascísta pós estado novo! Ainda bem que assino ASC senão sofriria processos disciplinares já que sou professor, ou seja, um funcionário público, ou melhor, um mau profissional, um preguiçoso, um ignorante. Pertenço àquela classe que agora é insultada por tudo e todos, em especial pelos alunos e seus progenitores, legitimados pelo nosso estadísta Socrates!

    ResponderEliminar
  3. Isto chega a ser histeria colectiva: ter medo do próprio medo. Apre, mas vivemos na Nigéria?!?

    ResponderEliminar
  4. A sorte para as pessoas
    da Sra. Oposição foi apanharem uma directora da DREN, burra como um calhau. E culpam Sócrates por isso, como se a tivesse sido o PM a tomar essa decisão. Ou será que José Sócrates também tem culpa que ainda não tenham arranjado a caixa de saneamento em frente à UM? Eu até acho que sim.. Ah e também tem culpa pelo caso BragaParques e pelos terrenos na Arrábida.Sem dúvida. Isto do "Charrua" é uma mesquenhice típica do 24 horas e andam pessoas tão inteligentes a gastarem o tempo para discuti-la.

    ResponderEliminar
  5. Cao Bruno,

    Quem a nomeou politicamente tem obrigação de a demitir policamente. Se o não faz assume os seus erros. Ponto final.

    ResponderEliminar
  6. Era um pouco mais do que meio-dia, não há muito tempo. Um rapazinho, aparentando não mais do que uma mão cheia de Primaveras, sai porta fora, descalço, a correr desalmadamente e a rir-se. Logo a seguir, sai também uma senhora jovem, de chinelo em punho, aos berros: “Ah, meu filho da puta, se não te calças, mamas!”.

    Dois homens encontram-se de repente, um em frente ao outro. Olham-se, como quem se mede. Até que exclamam, quase ao mesmo tempo: “Olha este filho da puta! Há quanto tempo! Dá cá esses ossos”.

    Processe-se a mãe. Suspendam-se os amigos. Feche-se este blogue.

    ResponderEliminar
  7. quem irá insultar o sr primeiro ministro, em breve, serei eu de certeza ... como se pode ver em http://culpadomedico.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. E lá venho eu aqui de novo. Por esses blogues em diante tem-se falado que isto não passa de uma picardiazinha crispada entre dois boys, ou melhor, entre uma girl e um boy das cortes rosa e laranja respectivamente... Enfim, basta a manteiga passar para o outro lado da tosta que não faltarão outros processos disciplinares e abusos de poder vindos do outro lado da ampulheta. Estas prepotências existem desde a origem do Centrão. Como diziam ontem no "Eixo do Mal" vai do contínuo e da contínua da EB 2-3 de Arco de Baúlhe às direcções gerais do techedo! Faço o Acto de Contrição, para quê tanta merda quando pelos vistos é só filhos da puta na nomenclatura toda. Ok... Prendam-me!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores