Enterro, comboio, jardins e outras notas

| Partilhar


A Universidade do Minho tem dois campi fantásticos, ao nível do melhor que existe na Europa. Contudo, o campus de Gualtar, em Braga, tem crescido à imagem da cidade: muito betão e poucos espaços verdes.

versão integral no ComUM

10 comentários:

  1. Criei um blogue de opinião que agora estou a divulgar.
    Se tiver interesse, não deixe de fazer uma visita: http://www.cegueiralusa.blogspot.com/
    Caso goste, por favor divulgue, pois pretende ser mais um espaço de discussão em busca de uma cidadania mais activa.
    O meu muito obrigado.
    Com os melhores cumprimentos,
    José Carreira

    ResponderEliminar
  2. Eu diria que até tem espaços... mas é só relva.

    ResponderEliminar
  3. «3. Gostava de conhecer as razões (porque admito que as haja) pelas quais a Biblioteca cumpre horário de expediente durante a pausa lectiva da Páscoa.»

    Em Coimbra abrem as cantinas, durante a noite. :)

    Seria algo perfeitamente possível, até porque existem sempre seguranças à noite.

    ResponderEliminar
  4. Quem anda a assinar coisas na net em seu nome chama-se Duarte Ferreira e tem o seguinte email:

    duarte.ferreira@iese.net

    Dê uma vista de olhos pelos comentarios do blog CFBelenenses.

    ResponderEliminar
  5. Espero que quando referes espaços verdes nõ estejas a falar de relvados que consomem gigantescas quantidades de água e que não dão sombra nenhuma! É que Braga não tem o clima de Dublin ou Londres!
    J.

    ResponderEliminar
  6. lamentavelmente não é apenas em Braga ou no campus de Gualtar é por todo o país que a imobiliária nos tira a cada minuto que passa um pouco mais de qualidade de vida.

    ResponderEliminar
  7. Júlio, relvados em Gualtar não faltam. Até tem uma amostra aí na fotografia.

    ResponderEliminar
  8. O que eu gostava de ver na UM em Gualtar é um Jardim Botânico. Além de ser um instrumento de estudo especialmente para o departamento de Biologia, seria também um espaço aprazível para os estudantes em geral e sem dúvida uma mais valia para a cidade.

    ResponderEliminar
  9. Parabéns pelo artigo. Está bem redigido e com boas ideias!

    ResponderEliminar
  10. Aqueles que dizem que na UM há espaços verdes que vão às universidades no Reino Unido e que vejam o que são espaços verdes. Em Ediburgo existe um espaço do tamanho de três Bracalândias (sim, três, não me enganei!)
    Quanto à arquitectura de espaços verdes, sim, é preciso ter atenção como delinear estes jardins...
    E concordo em absoluto com o Snitrom, um jardim botânico só poderia ser bom para a cidade. Infelizmente, os jardins preferidos do Mesquita são de betão!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores