Das injustiças divinas

| Partilhar
Eu não acredito no suposto milagre que imputam a João Paulo II.
O homem era bom demais para livrar do Parkinson uma freira francesa quando tantos bons pais de família estão impedidos de trabalhar por sofrerem dessa maleita.

Acho inaceitável que atribuam a João Paulo II uma injustiça divina deste tamanho.

5 comentários:

  1. este post é ridiculo, só pode ter sido escrito por alguem q nao conhece JP2

    ResponderEliminar
  2. O meu amigo não conhece as profissões escondids dos papas, sejam eles quais forem.

    JP2 dominava uma série de habilidades que você ignora: uma delas, a de ser médico para as amigas estrangeiras.

    Experimente olhar a cara alegre e vistosa da freira francesa e diga-me lá se um Papa daquela idade não se esforçava para tratar bem aquela dita solteirona.

    Falta de compreensão a sua !

    ResponderEliminar
  3. O JP2 era um idiota!!! Ele próprio sofria dessa doença, e não conseguiu curar-se. E querem que eu acredite que curou uma freira? Valha-me a pilinha do menino-Jesus, que é benta...!

    ResponderEliminar
  4. Este tipo de comentários não dignifica em nada o teu blog, Pedro. Respeito a tua opinião, mas quem vem comentar devia ser mais comedido. Por respeito.

    ResponderEliminar
  5. Caro Bruno,

    Eu tenho como princípio nunca apagar os comentários, excepto quando atacam alguns dos intervenintes (autor ou comentadores identificados) do blog.

    Como sabes eu não acredito na seriedade dos milagres da Igreja. Já sobre João Paulo II tenho uma opinião algo positiva. Daí custar-me ver o seu nome associado a estes supostos milagres...

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores