A "grande marcha" e "o que diz a Europa"

| Partilhar
O excesso de informação é, sem dúvida, uma das mais irónicas formas de manter uma população desinformada. Todos os dias somos bombardeados com Gb de informação pelo que é extremamente difícil arranjar tempo para assimilar e digerir, com a necessária racionalidade, tudo o que nos chega através da internet, dos jornais ou da televisão.
Vou citar 2 exemplos que espelham como se pode manipular informação.

No post que intitula de Sociedade francesa contra o aborto, Orlando Braga diz que "vai-se realizar em Paris a 21 de Janeiro de 2007, uma grande marcha de apoio à vida e naturalmente, contra o aborto."
Curiosamente, a única referência que encontrei ao número de participantes na última grande marcha é conclusiva: "La "Marche nationale pour la vie" a rassemblé le 22 janvier à Paris plus de 5000 personnes selon les organisateurs et 2000 selon la police."
O conceito de grande marcha é relativo. É um facto. Mas duvido que 5.000 pessoas (o número considerado pela organização) possa considerar-se uma grande marcha em Paris (estavam bem mais gente nas manifestações contra o encerramento da Maternidade de Barcelos!).
Mas não é tudo. Quem estava na rua não era, afinal, a "sociedade francesa". Como pode ler-se: "Beaucoup d'étrangers, suisses, allemands, belges et espagnols avaient pris place dans le cortège qui est parti de la place de la République vers l'Opéra."
Será que, em 2007, a grande marcha será diferente? Tenho muitas dúvidas.

O título do post O que diz a Europa sobre o referendo do Aborto, do mesmo Orlando Braga, é concerteza um lapso. O autor quereria dizer "O que se diz na Europa sobre o referendo ao Aborto". É que o post não é mais do que a transcrição de um texto de opinião de um tal "Martin Helme" - uma mera opinião pessoal e nunca "o que a Europa diz sobre o referendo". Mas vejamos quem é esse tal Martin Helme: "Martin also runs the conservative Estonian website Syndicate of Common Sense."
Será que o que diz este conservador é o que diz a Europa?

São pequenos pormenores capazes de (des)informar. Mas só os mais distraídos.

1 comentário:

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores