Palavras para quê?

| Partilhar

Via Arrastão

Argumento tão legítimo como o daquelas senhoras que abortaram em Espanha e dizem, agora, que estão arrependidas e que não admitem que outras senhoras que, não tendo dinheiro para suportar a ibérica travessia, abortem com dignidade em Portugal.

0 Comentários

Enviar um comentário

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores