Apostar no Comércio Tradicional

| Partilhar
na Livraria Centésima Página - Braga
© vÂniAkOstA, Centésima Página (Braga)

Promover que é nosso e fazer bater mais forte o coração das nossas cidades e vilas está ao alcance de todos. Se o comércio tradicional tiver inteligência para se modernizar sem se descaracterizar, ganham os comerciantes e ganham as nossas terras com mais gente e mais vida nos seus centros históricos.

1 comentário:

  1. Infelizmente cada vez mais o comercio tradicional enfrenta mais dificuldades, e a principal é sem duvida a invasão amarela. Já não existe em Portugal um único quilometro em que não encontremos uma loja ou armazém chinês, os benefícios fiscais aliados à facilidade de mão-de-obra quase a custo zero, permitindo-lhes assim praticar horários nas lojas, impossíveis para quem paga mão-de-obra a preço normal, se a isto juntarmos a ignorância do consumidor que dispensa a comparação de preço e qualidade do produto, apenas pelo facto de o vendedor ter os olhos em bico, ficamos aqui com uma combinação mais poderosa que material bélico.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores