Braga Vai Ganhar

| Partilhar
Fato e Gravata
© Direitos Reservados

Braga é uma autêntica cidade de betão. Os prédios proliferam como ervas daninhas que lhe consumem a graça e lhe corroem alma; o património histórico edificado é vítima da incúria e do facilitismo que o destrói e empobrece; o centro histórico esvazia-se pela ausência de coerência nas intervenções que se vão anunciando de forma avulsa; o comércio tradicional definha por manifesto abandono; o trânsito automóvel entope a cidade pela evidente ausência de alternativas ecológicas eficientes; as crianças crescem em jardins de betão, numa cidade em que o espaço verde é escasso e desqualificado; as freguesias rurais crescem desgarradas e sem qualquer projecto de desenvolvimento; o desemprego avoluma-se; a criminalidade aumenta.

Braga é uma cidade mergulhada no imobilismo e no isolacionismo, não havendo qualquer estratégia municipal consistente para enfrentar os desafios do futuro. Não é possível desenvolver a cidade enquanto a perspectivarmos entre a Rotunda do Santos da Cunha e a Variante do Fojo. Braga tem que assumir a liderança da região, empreitada falhada pelo exacerbado umbiguismo daqueles que nos governam ao longo destas décadas. A perda da Bracalândia, os erros cometidos a propósito da Capital Europeia da Cultura e o fracasso da mais que plausível candidatura a Património da Humanidade foram derrotas pessoais do actual Presidente da Câmara que muito prejudicaram os interesses da cidade.

Por tudo isto, porque gosto verdadeiramente desta cidade e porque confio na democracia, acredito que Braga vai responder afirmativamente ao apelo suprapartidário de mudança que lhe habita a alma desde há vários anos. Ricardo Rio tem conseguido congregar apoios à esquerda e à direita, no sentido de trazer a Braga uma nova esperança. É um imperativo democrático votar nestas eleições porque a democracia não é compatível com a cristalização do poder num único partido ou numa única pessoa. O futuro é já no próximo dia 11 de Outubro e, aconteça o que acontecer, Braga vai ganhar.

16 comentários:

  1. Ainda ninguém disse quais são esses apoios à esquerda à coligação da direita. Alguém pode dizer nomes, por favor?

    Obrigado

    ResponderEliminar
  2. Há quem leve estas eleições como um jogo de futebol. Muitos, e não conheço poucos, sempre votaram MM, e continuam a votar. Estes, apenas querem festejar no domingo à noite, ao lado do perpétuo pesadelo bracarense. "GANHAMOS!!".

    Embebedam-se e no dia seguinte lá vão para o seu trabalhinho precário, centro de emprego, ou como muitos, passam la no seu tacho camarário lá pras 16.30 - alguém já terá picado o cartãozito por eles.

    Braga está a definhar a olhos vistos Em todos os aspectos! Pior - A maioria dos bracarenses não consegue ver . A vergonha da linha editorial do pasquim CM é um grande exemplo - relembrem o artigo do "jaquim" – pseudo jornalista de investigação sobre o RR.

    Braga neste momento está isolada e esquecida do resto do Pais – ao contrário do que aquele senhor Miguel Esteves Cardoso disse (que o pasquim supra-referido colocou logo em primeira página), não! Não temos orgulho nisso! Não temos orgulho na cidade. Se Braga lhe parece(senhor opinador) Portugal no futuro, prevejo dias muito negros para Portugal. Felizmente a sua opinião não passa disso, não conhece Braga e pouco conhecerá de Portugal, muito menos do seu futuro. Leia uns artigos que saíram no 24H meses atrás. Se é esse o futuro de Portugal, porque se ri para a foto ó senhor opinador ?

    Braga TEM que mudar. Braga TEM que evoluir. Braga tem que sair dos dias NEGROS em que caiu nos últimos anos. Mais 4 anos ? Não obrigado…4 anos atrás já seria tarde.

    ResponderEliminar
  3. O Pedro Morgado é um apoio de esquerda ou de direita?

    ResponderEliminar
  4. "Braga está a definhar a olhos vistos Em todos os aspectos! Pior - A maioria dos bracarenses não consegue ver... Braga neste momento está isolada e esquecida do resto do Pais"
    - Braga tem uma Universidade moderna e capaz de produzir ciência em várias áreas, capaz de competir, e suplantar, qualquer uma das históricas univerdidades portuguesas
    - Braga terá em funcionamento muito em breve em centro de referencia em nanotecnologia
    - Braga terá dentro de 18 meses o mais moderno hospital do país

    Será por mérito de Mesquita Machado? Algum mérito terá concerteza. A imagem que é dada num dos comentários anteriores sobre a cidade é completamente desajustada. Como qq outra cidade tem os seus defeitos, mas entre o deve e o haver parece-me que o saldo é positivo. Naturalmente que se pode fazer sempre mais.
    Vivo em Braga há cerca de 7 anos e não sou eleitor do concelho, pelo que não apoio nenhuma das facções em disputa. Limito-me a comentar o que vejo eo que já vi noutros locais em que habitei.

    ResponderEliminar
  5. A esmagadora maioria das pessoas não acredita, mas os votos disputam-se à abstenção.

    Os calculismos "só X pode derrotar Y, não votem nem em Z nem em W", não resultam. A transferência de voto é mínima, a grande maioria que tinha dúvidas entre X, Z ou W fica (mais uma vez) em casa.

    A dramatização do voto útil já não resulta. São muitos anos de experiência: todos sabem que se vão arrepender de ter votado útil, só não sabem quando.

    Temos várias opções para dizer BASTA!, e todas elas mostraram uma massa crítica notável (como já se julgava não ser possível em Braga).

    JÁ CHEGA! Não reguemos mais este eucalipto que tem as suas utilidades, mas que nos seca e mata social e economicamente há três décadas.

    Não se juntem aos 40% que ficam em casa, venham dizer BASTA!... LIVREMENTE

    ResponderEliminar
  6. Peguei nos resultados de 2005 do site do MAI, e fiz um pequeno exercício de análise.
    Tentei dividir as freguesias de Braga em Urbanas/Urbanizadas e Rurais (baseia-se apenas no meu entendimento, não pretendo ferir susceptibilidades de Crespos, Adaúfe e similares):

    Urbanas: S VITOR, S JOSE DE S LAZARO, S VICENTE, MAXIMINOS, FERREIROS, NOGUEIRA, PALMEIRA, SE, REAL, LOMAR, GUALTAR, DUME, CELEIROS, LAMACAES, FRAIAO, CIVIDADE, NOGUEIRO, FROSSOS, GONDIZALVES, S JOAO DO SOUTO

    Rurais: ADAUFE, MIRE DE TIBAES, MERELIM(S PAIO), SEQUEIRA, CABREIROS, AVELEDA, ESTE(S PEDRO), ESPOROES, MERELIM(S PEDRO), PADIM DA GRACA, ESTE(S MAMEDE), FIGUEIREDO, PRISCOS, RUILHE, VIMIEIRO, ESPINHO, PANOIAS, ARENTIM, SOBREPOSTA, TEBOSA, PEDRALVA, TADIM, VILACA, TENOES, ESCUDEIROS, MORREIRA, CRESPOS, TRANDEIRAS, FRADELOS, SEMELHE, PARADA DE TIBAES, PASSOS(S JULIAO), LAMAS, ARCOS
    OLIVEIRA(S PEDRO), CUNHA, SANTA LUCRECIA DE ALGERIZ, GUISANDE, PENSO(STO ESTEVAO), POUSADA, NAVARRA, PENSO(S VICENTE)

    O total de votantes foi: 85430
    O total de votantes nas Urbanas foi: 54781
    O total de votantes nas Rurais foi: 30649

    Votos nas Urbanas // Rurais
    BE: 3225 // 715
    PCP-PEV: 4698 // 1665
    PS: 23384 // 16720
    PSD/PP: 23474 // 11549

    Considerando apenas as Urbanas:
    BE: 5,89%
    PCP-PEV: 8,58%
    PS: 42,69%
    PSD/PP: 42,85%

    Considerando apenas as Rurais:
    BE: 2,33%
    PCP-PEV: 5,43%
    PS: 54,55%
    PSD/PP: 37,58%

    Peso por partido nas Urbanas no total Braga:
    BE: 3,78%
    PCP-PEV: 5,50%
    PS: 27,37%
    PSD/PP: 27,48%

    Peso por partido nas Rurais no total Braga:
    BE: 0,84%
    PCP-PEV: 1,95%
    PS: 19,57%
    PSD/PP: 13,52%

    Peso por tipo:
    Rurais: 35,88%
    Urbanas: 64,12%

    ResponderEliminar
  7. Quando há pessoas do Bloco que me dizem que vão votar Ricardo Rio percebo que a Esquerda Consciente Vota em Ricardo Rio para mudar Braga e fazer história.

    ResponderEliminar
  8. Ricardo Rio não é solução. Elegar João Delgado é eleger o vereador que faz falta na Câmara de Braga.

    ResponderEliminar
  9. Não importa se é de esquerda ou de direita. Se ama Braga ajude Braga a mudar para melhor e vote na única lista capaz de destronar democraticamente Mesquita Machado. Seria histórico para a cidade e para o concelho. Seria uma prova de democracia ímpar.

    ResponderEliminar
  10. Ninguém me responde a essa propagada tese do ecomenismo do impossível, em que supostas pessoas de esquerda estão a apoiar a candidatura da direita? Digam-me um único nome; pode ser?!

    Caro Pedro, você disse-o neste post. Tem algum dado que permita afirmar tais apoios, ou é uma simples suposição (estou a ser benevolente!)?

    Ricardo Rio foi questionado no debate da RTP-N sobre esses apoios fantasma e nada disse; nem um único nome mencionou.

    ResponderEliminar
  11. "Eu sou de Celeiros, Vilaça. Sou do PS e sou do MM.
    Eu sei que ele não é grande coisa, mas como jovem que sou, vou votar no meu partido de sempre o PS. Voces podem perguntar porque, mas a resposta é porque sim e mais nada."
    Mesquita vai ganhar porque há muitos burros a pensar como este, as pessoas votam MM porque sim e sem justificação. Esperemos que no dia 11 vença, alguem que não MM, não interessa quem, de certeza que melhor que ele será.
    Mas a única Solução para derrotar MM é votar em RRio. Falta pouco para sabermos o resultado.

    ResponderEliminar
  12. Não sendo eleitor em Braga, nem sequer seu habitante, espero e desejo, que no próximo Domingo os bracarenses apostem na mudança e consequentemente no "derrube" de um líder arrogante, prepotente e gasto para bem da cidade e da região. Não só Braga, mas também o Minho terão a ganhar com a saída de cena de Mesquita Machado. Espero por isso, que Ricardo Rio seja a lufada de ar fresco que o concelho de Braga necessita. Será que Braga vai acordar?

    ResponderEliminar
  13. Eu quero uma cidade livre dos abutres nevoas, machados, sousas, toda essa gente, sempre em familia, pais, filhos, genros, noras, primos, quero braga livre e limpa!!

    Quero viver numa cidade europeia decente!


    Domingo vamos fazer História!!!

    Joao Paixoto

    ResponderEliminar
  14. Querem um apoio de esquerda? Que tal Miguel Bndeira mandatário da candidatura?

    ResponderEliminar
  15. BASTA!!!ACORDEM!!POR FAVOR!!!!

    ResponderEliminar
  16. Caro João, Isso é para rir?!
    Conheço o Miguel Bandeira à mais de 30 anos e, garanto-lhe que nunca foi propriamente uma pessoa de esquerda. Curioso que já estava à espera dessa...
    De facto esse ecomenismo à volta de Ricardo Rio sempre teve água no bico.

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores