Eu Tenho Dois Amores...

| Partilhar
Elisa Ferreira no Parlamento Europeu
© erikamann_mep

As eleições europeias continuam a fazer mossa, depois do resultado desastroso do PS e das peripécias de Dr Jekyll e Mr. Hide (na versão tuga "Animal Feroz e Português Suave”), agora os arautos da democracia, do 25 de Abril e de todas as conquistas democráticas, pois claro, lembraram-se de copiar os reaccionários, trauliteiros e fascistas. Isto para pôr as coisas em termos perceptíveis a qualquer cidadão bom pai de família.

O PS (Partido de Sócrates como o PP é o do Portas) decidiu, por unanimidade e aclamação do líder, que a táctica do vou ali e já volto de Elisa Ferreira e Ana Gomes (a agente infiltrada da internacional socialista na CIA) poderá não ter sido bem gizada. O Argonauta das novas tecnologias, que fez de Magalhães seu companheiro de viagem (se bem que a 32 kbs, que os contratos de internet custam caro e os paizinhos têm mais do que fazer ao dinheiro), lança-se assim à conquista de um novo Bojador, fazer de nós parvos V 2.0. Não temendo crítica que o belisque ,nem vacilando perante cabalas negras ou brancas (que somos todos diferentes mas todos iguais), o Engenheiro (?![sim, convém pôr estas sinaléticas para que não nos esqueçamos das dúvidas que pairam sobre um inglês técnico que logrou derreter em compaixão George W. Bush]) engendra novo plano rumo à maquinização do voto.

Fátima já lá vai, Cabeceiras foi um dia e Belém é particípio que causa arrepios na espinha do mais temerário cooperador estratégico. Donde, esgotadas as técnicas que deram origem a múltiplas obras de belo traço por toda a província das Beiras, sobra a Sócrates esburacar a caverna onde as sombras deixaram de passar e abraçar o Sol.

Como fazê-lo? Muito simples, seguir o trajecto das sombras até ao seu próximo destino, que, a julgar pelo feedback (termo de inglês técnico significando ressonância sonora que provém das entranhas vocais dessa amálgama a que chamamos de povo) fica ali para os lados da São Caetano-à-Lapa. Cá está em meia dúzia de linhas a nova táctica de Sócrates. Quando não sabes, copia, um ensinamento que parece ter estado presente ao longo de toda a sua académica vida.

2 comentários:

  1. Tenha calma com os apartes entre parenteses, o seu texto e praticamente ilegivel.

    ResponderEliminar
  2. Estes "amores duplos" são suspeitos.Não se chamará "amor" á teta?.O cemitério está cheio de imprescindíveis e de grandes cabeças(cabeçudos).

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores