Vitórias e Derrotas | 2

| Partilhar
Ao contrário do que afirma o Jorge Sousa, as eleições de ontem foram inequivocamente ganhas pelo PSD: foi o partido mais votado, ganhando votos em número absoluto e em percentagem comparativamente com as eleições anteriores. O outro vencedor da noite é o Bloco de Esquerda que não só aumenta significativamente a votação como ascende ao terceiro lugar na lista dos partidos mais votados.

12 comentários:

  1. Com a descentralização de votos quem beneficiou directamente dói o BE, o PSD ganhou por demérito do PS.

    ResponderEliminar
  2. "(...)o PSD ganhou por demérito do PS."

    Como sempre acontece em política, não são as oposições que ganham eleições, são os Governos que as perdem.

    Essa analogia do mérito/demérito também encaixa no BE, CDU e CDS - todos subiram à custa do descontentamento com a governação Socialista. Nenhum subiu por mérito - até porque esse só pode ser baseado em acções, e não em palavras.

    ResponderEliminar
  3. Tipicamente português... e nunca vamos sair da cepa torta... Nunca os outros têm mérito, é sempre a demérito de alguém... ou porque foi roubado, ou porque foi batotice. Que raio de espírito social! Acordem! e tentem fazer alguma coisa e não estejam sempre no bota-abaixo!

    ResponderEliminar
  4. Pedro, como esclareci há pouco nos comentários do outro post, não é que não ache que a vitória não tenha sido inequívoca. O PSD ganhou com uma margem de cerca de 5% - apesar de em termos absolutos tal margem se reduzir para menos de 2%. Acho sim, apesar disso, que não foi uma vitória estrondosa do PSD.

    Houve uma subida de todos os partidos, (PSD+PP "apenas" 7%), incluindo uma duplicação dos votos em branco. Mesmo os (todos eles) pequenos partidos/movimentos subiram qualquer coisa. O único que perdeu - 20% - foi o PS. Por estas razões afirmo que houve uma derrota estrondosa, mas não houve nenhuma vitória estrondosa - ainda que inequívoca do PSD -, mas sim uma vitória da oposição, que cresceu em bloco.

    ResponderEliminar
  5. "A oposição cresceu em bloco", mas só um partido mais do que duplicou a votação, e esse partido foi o Bloco de Esquerda.

    ResponderEliminar
  6. Onde escrevi "não é que não ache que a vitória não tenha sido inequívoca."... está um "não" a mais. Deve-se ler:

    "Não é que ache que a vitória não tenha sido inequívoca"

    ResponderEliminar
  7. Que eu saiba o PCP é a 3ª força no parlamento. O resto é treta de quem já apregoava o fim do PC há 20 anos.
    O BE voltará ao que era quando as pessoas voltarem a votar no PS e PSD.

    ResponderEliminar
  8. «Que eu saiba o PCP é a 3ª força no parlamento.»

    A CDU é a 3ª. O PCP tem tantos como o CDS.

    ResponderEliminar
  9. Eu já estava à espera desta tirada do Jorge Sousa.
    Companheiro, o CDS tem tantos como a CDU porque uma deputada da CDU se tornou independente.
    Mas não se engane.
    Em número de votos o PCP teve mais nas últimas legislativas.
    E se não fosse a coerência do PCP ainda teria mais um deputado.
    Esclarecido?
    Tente informar-se melhor.

    ResponderEliminar
  10. @ Anónimo

    Informei-me antes de escrever aquilo. Os dados disponíveis são muito claros.

    O PCP-PEV elegeu 14 deputados. O CDS 12.

    O site do parlamento esclarece depois que 2 desses 14 deputados são do PEV. O mesmo site acrescenta exactamente o que referiu: que há um deputado do ex-PCP que se tornou independente. Da mesma forma que acrescenta que um deputado do CDS se tornou independente.

    A conclusão é que o PCP não é a 3ª força política. Pelo menos não o é sozinho. Tanto PCP como CDS começaram com 12 deputados e ambos têm 11.

    Naturalmente estaria à espera dessa minha "tirada" pois não é errada e é uma mera constatação de um facto.

    ResponderEliminar
  11. O meu amigo continua enganado ou será apenas uma dificuldade em aceitar que o PCP é a 3ª força política?
    Eu entendo...
    O PCP concorre com uma coligação e não faz sentido separar os deputados porque as políticas são concertadas.
    Mas o senhor omitiu um dado importante.
    A CDU e consequentemente o PCP , teve mais votos que o CDS e o BE nas legislativas.
    Por isso é a 3ª força política.
    Quer o senhor queira ou não.
    Outra coisa, e sejamos sinceros, acha que o votos que elegeram os dois do PEV eram mesmo para o PEV ou para o PCP?
    MATEMÁTICO- O PCP TEM MAIS VOTOS PORTANTO É A 3º.
    ENTENDIDO OU VAI DESENHO?

    ResponderEliminar
  12. O PCP é o terceiro mas em breve vai deixar de ser... O Bloco está com a força toda! Vai roubar a maioria absoluta ao PS e vai deixar o pais entregue ao bloco central!

    ResponderEliminar

Antes de comentar leia sobre a nossa Política de Comentários.

"Mi vida en tus manos", um filme de Nuno Beato

Pesquisar no Avenida Central




Subscreva os Nossos Conteúdos
por Correio Electrónico


Contadores